Metropolitano vence e convence

Jogando na noite e ontem no estádio Willie Davids, o Metropolitano goleou o Tigrão de Umuarama por 4×1 e segue vivo na briga por uma das vagas para a divisão de acesso no ano que vem. Os gols foram marcados por Léo, Marcelo Soares, Elsinho e Souza, Fontes descontou para os visitantes.

A vitória veio em boa hora, o time pulou de 2 posições e agora é o 3º colocado com 5 pontos, atrás de Iguaçu e Junior Team (que venceu o Grêmio Maringá na terça feira).

No jogo de ontem ficou clara a diferença de ter ou não um treinador de fato na beira do campo, Ivair Cenci gritou e “resmungou” muito com seus jogadores durante toda a partida.

No próximo sábado, o time volta a entrar em campo, dessa vez fora de casa para enfrentar o Andraus. Em caso de vitória, o time fica mais “vivo” do que nunca na competição.

E ainda falando sobre o metropolitano, essa semana saíram duas matérias falando sobre a vinda do Grêmio Prudente para Maringá, e da “fusão” com o metropolitano, nas duas matérias (Paraná Online) e (globoesporte.com) a declaração era de um dos dirigentes, o vereador Zebrão, que ontem depois do jogo desmentiu toda a história.

Confira a declaração: 

http://player.soundcloud.com/player.swf?url=http%3A%2F%2Fapi.soundcloud.com%2Ftracks%2F6494265&show_comments=true&auto_play=false&color=002fff Zebrão – Grêmio Prudente em Maringá by zuba_ortiz

E agora será que o técnico cai?

Jogando ontem no estádio Willie Davids, o Grêmio Maringá perdeu mais uma nessa segunda fase, a derrota foi para o Júnior Team de Londrina. Adriano fez o gol do time maringaense, Rodrigo e Mateus viraram para a equipe de Londrina.

Apesar da derrota, o que mais chamou minha atenção e do @carlosemori foi a maneira de comandar do treinador/presidente Aurélio Almeida, a beira do gramado, ele simplesmente não passava instruções e ficava apenas acompanhando o jogo.

No primeiro tempo, o time maringaense teve várias chances claras de sair com um placar melhor ao final do primeiro tempo, mas esbarrou na ansiedade e na falta de pontaria de seus jogadores.

No segundo tempo, o que se viu foi um time apático (já tinha sido um time apático no primeiro tempo, mas mesmo assim foi melhor que o adversário), mas a diferença dos dois tempos foi que na etapa final o Junior Team resolveu aparecer pro jogo, e aí como diria o velho lobo: “aí sim fomos surpreendidos novamente”, quer dizer, não fomos surpreendidos novamente, já que eu e o @carlosemori “cantávamos” que o time sofreria o empate e talvez a derrota, já que não estava apresentando um futebol digno nem de 5ª divisão do futebol paranaense.

A virada veio, o time foi pros vestiários de cabeça baixa sem querer falar muito sobre a derrota, e na descida para o vestiário escuto o seguinte comentário: “fomos melhores, mas futebol é decidido nos detalhes”, pois é, o detalhe nesse caso foi a incompetência de um time que já se classificou para segunda fase aos trancos e barrancos, e que vem cobrando 20 reais para acompanhar uma partida que não vale nem meia dúzia de bala sete belo.

Depois de mais um péssimo resultado fica a pergunta: “Será que agora o técnico cai?”, acho que não, afinal de contas ele é treinador/presidente/dono do clube.