Penapolense decide no final e vence São Carlos fora de casa

Nesta quarta feira, o Penapolense conseguiu um excelente resultado, a equipe foi até São Carlos, para enfrentar a equipe da casa, e conseguiu a vitória com dois gols no final do jogo. O time conquistou os 3 pontos e assumiu a vice-liderança com 21 pontos.

O jogo foi equilibrado, no primeiro tempo, os dois times tiveram boas chances, mas os destaques foram os goleiros, tanto Ronaldo, como Ricardo brilharam e garantiram o 0x0 no placar.

Depois do intervalo, o time do São Carlos mudou e foi para cima da equipe visitante, que tentava matar o jogo em contra-ataques.

O time da casa esbarrava em uma boa atuação do goleiro Ricardo que fez ótimas defesas. Quando o jogo tinha “cara” de 0x0, entrou em campo a estrela do técnico Edson Só, que mexeu na equipe e colocou Beto e Guarú, e mudou o rumo do jogo.

Primeiro aos 40 minutos do segundo tempo, Guarú fez ótima jogada e tocou para Beto, que de novo, mostrou que tem estrela e fez 1×0 para o Penapolense, praticamente “matando” a equipe da casa.

E depois aos 47 minutos do segundo tempo, depois de um escanteio em que o goleiro Ronaldo foi tentar o gol, a bola sobrou para Guarú, que fazia sua estréia pelo Penapolense, o meio campista driblou o goleiro e chutou do meio de campo, fazendo um belo gol e dando números finais ao jogo.

Com os resultados desta 11ª rodada, o Penapolense assumiu a vice-liderança provisória (só perde o 2º lugar em caso de vitória do Audax sobre o São José) com 21 pontos, 2 a menos que o líder Red Bull que perdeu a segunda partida e que não vence a 4 jogos (2 empates e 2 derrotas).

No domingo às 10 horas da manhã, o Penapolense recebe a Ferroviária pela 12ª rodada do Paulista Série A2, o jogo marca o encontro entre seu antigo técnico Ito Roque. É o primeira vez que o treinador volta a Penápolis e reencontra a torcida e seus antigos comandados. A Ferroviária é a 6ª colocada com 19 pontos.

Anúncios

Depois de levar goleada no ABC, Penapolense se recupera e goleia no Tenentão

Jogando no estádio Tenente Carriço, em Penápolis, o Penapolense se recuperou da goleada que sofreu na última rodada, e goleou o Grêmio Barueri por 4×1. O duelo foi um confronto entre duas equipes do G8. O jogo foi dividido em dois tempos, no primeiro tempo, o Penapolense pressionou o adversário e foi quem ditou o ritmo, já no segundo o Barueri foi melhor, mas não contava com o pé “calibrado” dos jogadores do time da casa, que fizeram toda a diferença. No primeiro tempo, o time da casa, começou pressionando, e o gol saiu com pouco mais de 1 minutos, com uma jogada que está se tornando rotina no time do Penapolense, passe de Luciano Gigante, cruzamento de Rodrigo Biro e gol de Daniel. Fazendo 1×0 para o time da casa. Depois do gol, o time do Penapolense continuou pressionando e perdeu várias chances de ampliar o placar, mas o 1º tempo terminou apenas 1×0 para o time da casa. No segundo tempo, o Barueri mudou seu estilo de jogo e foi pro ataque, buscando o empate, o técnico Giba colocou Evando e Pessali, e o time quase empatou em 3 chances claras de gol. E para atrapalhar ainda mais o Penapolense, no segundo tempo, o destaque do time, Luciano Gigante, se machucou e teve que sair. Aos 25 minutos, Magrão e Leonardo tabelaram, Leonardo contou com a trave para empatar o jogo e fazer 1×1 no Tenentão. O time visitante ainda teve um gol de Magrão (que já jogou no Penapolense) anulado por marcação de impedimento. Aos 35 minutos, depois de trocar Fio por Beto, o segundo gol saiu, Beto fez a parede e tocou para Dominguinhos, que havia entrado no lugar de Niander, bateu forte sem chance para o goleiro Tiago. Com o segundo gol do Penapolense, o time do técnico Giba foi com tudo para o ataque e abriu espaço para os contra-ataques do time da casa, e foi assim que o Penapolense chegou ao 3º gol aos 42 minutos. Beto deu o passe para Daniel, que bateu e fez 3×1, praticamente matando o jogo e as chances de empate do Barueri. E quando a torcida já se preparava para deixar o Tenentão, Beto que já havia dado dois passes para gol, fez o dele, depois de receber um belo passe de Daniel, aos 47 minutos. Fazendo 4×1 e fechando o jogo com chave de ouro. Com os resultados dessa rodada, o Penapolense subiu para 4º lugar, com 18 pontos, enquanto isso, o Grêmio Barueri ficou com 17 e caiu para 6º. Porém as duas equipes continuam no G8. Na próxima quarta feira, o Penapolense vai até São Carlos, enfrentar o time da casa, às 7 horas da noite, em busca de mais 3 pontos, que podem colocar o time de Penápolis na vice liderança da competição.

Penapolense leva goleada no ABC

Jogando ontem no estádio 1º de maio, o Penapolense acabou levando a primeira goleada na Série A2 do Paulistão. E além, da goleada, o time perdeu a chance de assumir a vice liderança da competição. O destaque do time da casa foi o meia Danielzinho, que fez 3 gols e ditou o ritmo da equipe do ABC. Já pelo lado do Penapolense, o time não se encontrou e segundo o presidente, o “cansaço” foi um dos responsáveis pela derrota fora de casa. No primeiro tempo, o jogo equilibrado, o que fez a diferença a favor do time da casa foram os lances individuais do meia Danielzinho, que aos 13 minutos fez um belo gol depois de uma bobeada da zaga do time visitante. Logo em seguida, o Penapolense acordou e foi ao ataque, em bela jogada de Rodrigo Biro e Luciano Gigante, o lateral cruzou para o atacante Beto que só teve o trabalho de empurrar para as redes. Marcando 1×1. Ainda no primeiro tempo, Luciano Mandi fez jogada na linha de fundo e cruzou na cabeça de Danielzinho que fez 2×1. O segundo tempo começou como terminou o primeiro, com o time da casa e com gol de Danielzinho, que fez seu terceiro, logo aos 10 minutos de jogo. Fazendo 3×1 e praticamente acabando com as chances do Penapolense. Aos 24 minutos do segundo tempo, Fio fez bela jogada e tocou para Luciano Gigante, que fez 3×2 e deu uma “sobrevida” ao time de Penápolis. Que depois do gol, começou a pressionar e quase empatou o jogo. Partindo com tudo para o ataque, o Penapolense deixou a zaga exposta e o castigo veio aos 38 minutos do segundo, com Renato Peixe, fazendo 4×2 e acabando com o sonho do empate do time visitante. Com o resultado, o Penapolense está em 6º lugar com 15 pontos, enquanto isso, o São Bernardo subiu mais algumas posições e já é o 11º com 12 pontos. No próximo domingo, o Penapolense recebe o Grêmio Barueri em casa, no estádio Tenentão, às 10 horas da manhã. O jogo será um confronto direto entre duas equipes que estão no G8.

Folia do Penapolense para cima do Palmeiras B

E neste sábado de carnaval, o Penapolense recebeu o Palmeiras B, no estádio Tenente Carriço, pela 8ª rodada da Série A2 do Paulistão. O time da casa queria fazer uma “folia” no verdinho, mas começou tomando um susto e saiu atrás no placar, mas conseguiu a virada, chegou aos 15 pontos e subiu uma posição, ocupando a 4ª posição do campeonato.

E a folia começou equilibrada, mas logo o time da casa mostrou porque jogar no Tenentão não está sendo fácil na Série A2. O time perdeu várias chances de gol, repetindo o que aconteceu no jogo anterior contra o Rio Claro. Além disso, o time visitante contou com defesas espetaculares do goleiro Pegorarri.

Em um dos melhores lances do 1º tempo, depois de ótima jogada do time do Penapolense, a bola sobrou pra Daniel que sozinho cabeceou para fora, deixando escapar a chance de abrir o placar para o time da casa.

Depois de tanto perder gols na cara do gol, o Penapolense sofreu o gol. No contra ataque, puxado por Peterson, a bola foi rolada para que Rodrigo abrisse o placar, fazendo 1×0.

No lance seguinte, depois de cobrança de falta de Luciano Gigante, Santos empatou e nem deu tempo do alviverde comemorar. Fazendo 1×1 e dando novo ânimo ao time da casa. O time da casa continuou fazendo pressão, mas o placar no primeiro tempo terminou 1×1.

No segundo tempo, o Penapolense continuou melhor, e aos 5 minutos, Niander mandou uma bomba no travessão do goleiro do Palmeiras B. E aos 12 minutos, depois de perder muitos gols, Daniel deixou o dele e virou o placar, fazendo 2×1 para o Penapolense.

E o time da casa continuou pressionando, mas pecando na hora de finalizar. Depois disso, o jogo ficou truncado sem chances para as duas equipes. E nas chances que o Penapolense tinha, o goleiro Pegorarri brilhou e foi o principal destaque da equipe visitante.

Antes do apito final, Pegorarri ainda defendeu o pênalti cobrado por Luciano Gigante. Que poderia ter “matado” o jogo para o time da casa. Ainda sim, depois disso, o time do Penapolense continuou dominando o jogo. No último lance de jogo, o Palmeiras B teve uma falta perigosa, mas que parou nas mãos do goleiro Ricardo.

Com o resultado, o Penapolense ocupa agora a 4ª posição com 15 pontos, 7 pontos atrás do líder Red Bull, já o Palmeiras B caiu para a 9ª posição com 11 pontos. Na próxima rodada, o Penapolense vai até São Bernardo, na quarta feira no estádio Primeiro de Maio, às 7 e meia da noite.

Empate fora de casa e mais 1 ponto na bagagem

Jogando na última quarta-feira, o Penapolense empatou em 1×1 com o Rio Claro, fora de casa, pela Série A2 do Campeonato Paulista.

O jogo foi equilibrado do inicio ao fim, com o time visitante levando muito perigo e o time da casa se preocupando mais em se defender e não levar o gol. E com esse cenário, o placar de 0x0 ficou inalterado nos 45 minutos iniciais.

No segundo tempo, o cenário não mudou, o Penapolense continuava chegando com perigo, e logo aos 3 minutos, Luciano Gigante, fez 1×0 para o time visitante. Depois do gol, o time visitante cresceu no jogo e só não aumentou o placar graças ao goleiro do Rio Claro e à falta de pontaria de seus jogadores.

E o castigo veio aos 35 minutos, com Mirandinha, depois de uma falha do goleiro Ricardo. Com esse resultado, o Penapolense continua no G8, com 12 pontos, já o Rio Claro foi a 9 e continua tentando entrar no grupo que se classifica para a segunda fase.

O Penapolense volta a campo hoje, às 8 da noite, contra o Palmeiras B, no estádio Tenente Carriço, em Penápolis.

Vitória na estréia do novo técnico

O Penapolense conseguiu mais uma vitória na Série A2 do Campeonato Paulista, desta vez, a “vítima” foi o América de São José do Rio Preto.  O jogo marcou a estréia do técnico Edson Só, que substituiu Ito Roque, que aceitou proposta da Ferroviária de Araraquara (adversário do Penapolense na Série A2) e deixou a equipe de Penápolis.

O jogo começou igual, com chances para os dois lados, mas o Penapolense logo tomou as ações do jogo, enquanto o time visitante se fechava e tentava jogar no contra ataque. 

E no primeiro tempo o placar não saiu do 0x0, apesar do domínio do time da casa, as chances não foram convertidas em gols.

No segundo tempo, o time da casa se lançou ainda mais ao ataque, não fugindo da atitude que tinha também com o antigo treinador, mas o primeiro gol só saiu aos 30 minutos, com Beto. E o alívio do time da casa veio aos 45 minutos do segundo tempo, quando o craque da equipe, Luciano Gigante, fez 2×0 e deu números finais para a partida.

Com os resultados, o time de Penápolis assumiu a 5ª posição com 11 pontos, 7 a menos que o líder Red Bull. 

Vitória no Adeus do “Professor”

Jogando nesta quinta-feira, o Penapolense venceu o Rio Preto fora de casa por 3×1. Foi a primeira vitória fora de casa da equipe de Penápolis. A vitória recolocou o time no G8, em 7º lugar com 8 pontos.

A partida marcou também a despedida do técnico Ito Roque, que segundo informações, fechou contrato com a Ferroviária de Araraquara. Para o torcedor capeano, a informação foi recebida com bastante tristeza, já que Ito é um dos principais responsáveis pelo acesso à Série A2 e pelo título da Série A3 (2011), e também foi responsável pela montagem do elenco que disputa o campeonato deste ano e busca uma vaga na elite do futebol paulista.

No primeiro tempo, em jogo muito equilibrado, o Penapolense como nos jogos anteriores pecava nas finalizações, mas tinha domínio do jogo, e a sorte do time visitante começou a mudar quando Luciano Gigante foi cobrar pênalti e fez o 1º gol da equipe penapolense.

No segundo tempo, o time da casa voltou pressionando e fez o gol logo aos 4 minutos, com Erick em cobrança de falta. Depois do gol, o time da casa foi pra cima, mas o Penapolense soube se “segurar” e conseguiu mudar a história do jogo, aos 32 minutos, depois de bela cobrança de falta de Niander, que fez 2×1 e deu um novo ânimo ao time de Penápolis.

Já no final do jogo, o Penapolense foi para o ataque para tentar decidir a partida, e conseguiu o 3º gol com Daniel, aos 45 minutos. Garantindo os primeiros 3 pontos fora de casa. O time volta a campo no domingo às 10 da manhã, contra o América de São José de Rio Preto, no estádio do Tenentão, em Penápolis.