Penapolense confirma treinador e já tem 19 jogadores contratados

O zagueiro Gualberto é um dos velhos conhecidos que está de volta ao Penapolense em 2020 (Foto: Divulgação)

O Penapolense conheceu o formato do Paulistão – Série A2 e após o conselho técnico, o presidente do clube, Nilso Moreira confirmou que o treinador será Edison Só, que livrou o clube do rebaixamento em 2019.

Para o presidente eleito, o ano de 2020 será diferente de 2019, quando o clube brigou para escapar da Série A3 até a última rodada.

Nós vamos nos apresentar em novembro, com isso nós teremos cerca de dez semanas antes do início do campeonato, dá para nos prepararmos bem. Nós já estamos com boa parte dos jogadores contratados. Vamos tentar brigar na parte de cima da tabela”, analisou.

Confira a lista de jogadores confirmados:

Goleiros
Wendell
Bruno Barbosa
Thiago

Laterais
Douglas Dias
Gabriel Araújo

Zagueiros
Manoel Merece
Felipe
Gualberto
Maurício
Ranielle *

Volantes | Meias
Luís Meneses
Washington
Mário Sérgio
Renato
Yan
Makelele
Júnior Palmares

Atacantes
Marcelinho
Marlyson
Alexandro Creu
Rodolfo *

*Jogadores ainda não confirmados pela diretoria.

Penapolense conhece regulamento e adversários da Série A2 2020

Representantes dos 16 clubes da Série A2 2020 (Foto: Rodrigo Corsi / FPF)

Na última quarta-feira foi definido o regulamento do Campeonato Paulista da Série A2 de 2020. Em reunião realizada na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), representantes dos 16 clubes participaram do Conselho Técnico e definiram o regulamento da disputa do próximo ano.

Fórmula

A fórmula do torneio será o mesmo de 2019, ou seja, 15 rodadas na primeira fase – todos contra todos, com turno único. Os oito melhores passam para as quartas de final e os dois piores são rebaixados para a Série A3. As duas equipes finalistas se classificam para a A1 em 2021, isso se nenhuma dela for o Red Bull Brasil, caso isso aconteça, o terceiro colocado garante a vaga.

Calendário

A Federação Paulista confirmou que a Série A2 começará no dia 22 de janeiro e terminará no dia 25 de abril. As semifinais e finais podem ter VAR (árbitro de vídeo), a confirmação por parte da FPF só virá nos próximos meses.

Transmissão

O presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, confirmou que o Programa Futebol Sustentável estará presente a partir das quartas de final. Além disso, todas as partidas serão transmitidas nas plataformas do Grupo Globo e no FPF TV no Mycujoo.

Participantes

Caíram da A1: São Caetano, São Bento e Red Bull Brasil; subiram do Série A3: Monte Azul e Osasco Audax. Com isso os 16 participantes serão: Atibaia, Osasco Audax, Juventus, Monte Azul, Penapolense, Portuguesa, Portuguesa Santista, Red Bull Brasil, Rio Claro, São Bento, São Bernardo, São Caetano, Sertãozinho, Taubaté, Votuporanguense e XV de Piracicaba.

Nilso Moreira é eleito novamente presidente do Penapolense

Em eleição com chapa única, Nilso Moreira retorna à presidência do CAP (Foto: Silas Reche)

Na terça-feira (10), foi realizada uma assembleia no Teatro Municipal de Penápolis para definir o novo presidente do Clube Atlético Penapolense, sem chapa concorrente, a eleição foi rápida e definiu a volta de Nilso Moreira à presidência do clube.   

Segundo o novo presidente, ainda esta semana serão anunciados os novos nomes da diretoria que assume o clube na Série A2. O eleito adiantou que já está em contato com vários jogadores que devem compor o elenco do clube na disputa da Série A2 em 2020.  

O clube voltará a utilizar o Centro de Treinamento na primeira semana de novembro, quando a equipe começa a sua preparação para o campeonato estadual sob o comando de Edison Só, que foi confirmado pelo novo presidente.

Nilso Moreira ainda afirmou que a ideia é montar um elenco que brigue pelas primeiras colocações e pelo retorno à elite paulista. E para finalizar, o novo presidente ainda afirmou que a equipe irá disputar a Copa Paulista em 2020, usando a competição como um laboratório para o próximo ano, como já realizou em outros anos quando estava à frente da equipe.

Penapolense terá Nilso Moreira novamente na presidência do clube

Assembleia realizada na última sexta-feira destituiu presidente e toda a antiga diretoria (Foto: Silas Reche)

Em assembleia realizada na última sexta-feira (16), o então presidente Luiz Gomes Mariano e toda sua diretoria foi destituída por votação unânime. O antigo presidente, Nilso Moreira, respondia pela presidência do Conselho Deliberativo e a decisão (destituição) aconteceu por desejo dos sócios do clube, cumprindo o estatuto social. Já que as contas do clube foram reprovadas nos anos de 2018 e 2019.

O primeiro ponto foi a não apresentação ao Conselho de Orientação Fiscal (COFI) e o Conselho Fiscal  do balanço referente ao ano de 2018. Sobre 2019, foi apresentado apenas um singelo demonstrativo de custos e despesas referente à Série A2, mas sem as notas fiscais, recibos ou qualquer outro documento contábil que justificasse os gastos apresentados que chegavam a quase 230 mil reais.

Sem maiores dados sobre os gastos, as contas foram reprovadas pelo COFI e Conselho Fiscal, levado a plenário, e seguindo o protocolo do Estatuto, a votação pela destituição foi unânime, todos os membros presentes votaram pela saída do atual presidente e de toda sua diretoria. Com a destituição, o atual presidente e o vice ficam inelegíveis por cinco anos, conforme prevê o estatuto do clube. Até que uma nova eleição seja marcada, o presidente do Conselho Deliberativo irá gerir o clube. Uma nova eleição será decidida em assembleia nos próximos dias.

Histórico

Foi com Nilso Moreira no comando que o Penapolense viveu os melhores momentos da sua história. Campeão Paulista da Série A3 em 2011, conseguiu o acesso à Série A1 no ano seguinte. No seu primeiro ano na elite paulista venceu o Palmeiras no Pacaembu por 3-2 e chegou nas quartas-de-final sendo derrotado no Morumbi pelo São Paulo por 1-0.

No ano seguinte novamente fez ótima campanha, e numa repetição do ano anterior, encontrou com o São Paulo nas quartas-de-final, mas dessa vez, conseguiu eliminar o tricolor paulista nos penaltis dentro do Morumbi, na semifinal chegou a estar vencendo o Santos, mas tomou o gol da virada nos minutos finais, mas sagrou-se campeão paulista do interior.

Milagre em São Bernardo: Penapolense vence por 2-1 e escapa do rebaixamento

Jogadores reunidos no campo após apito final que livrou as duas equipes da Série A3 (Foto: Divulgação/CA Penapolense)

O Penapolense foi até o ABC Paulista e conseguiu uma vitória importante. Com o resultado, o time de Penápolis escapou do rebaixamento na última rodada, depois de passar boa parte do campeonato no Z2. O CAP chegou a 15ª rodada na lanterna e dependia de outros resultados para conseguir escapar da Série A3. 

O placar também livrou o São Bernardo do Z2 pelo saldo de gols, o time do ABC acabou empurrando o Nacional para a 15ª posição, antes, o Linense havia perdido para o Água Santa e ficado na lanterna da competição.  

O Penapolense terminou a primeira fase em 12º lugar, com 16 pontos conquistados. Já o São Bernardo foi o 14º colocado com 15 pontos.  

Jefferson lesionado e CAP na frente 

Sem nenhuma chance clara logo nos primeiros 15 minutos, a partida acabou paralisada depois de uma lesão grave do avançado Jefferson que fraturou a perna e precisou ser levado ao hospital de ambulância. A partida ficou paralisada por 40 minutos, quando o jogo recomeçou, o Penapolense abriu o placar aos 25, Mário Sérgio cobrou escanteio e Ranielle subiu sozinho para testar e fazer 1-0 para os visitantes. 

Antes do intervalo, o CAP chegou ao 2-0, depois de cruzamento, Rafael Sayão tentou completar para o gol, o volante Fernando Aguiar tentou cortar e acabou mandando contra o próprio gol, fazendo a festa dos pouco mais de 40 capeanos presentes no Primeiro de Maio.   

Bernô consegue gol salvador e escapa da A2 

Com o atraso por conta do atendimento do jogador do Penapolense, aos 30 minutos do segundo, as duas equipes já sabiam os outros resultados e o placar de 2-0 rebaixava o São Bernardo. E o gol saiu aos 36 minutos, Léo Cereja escorou para o meio da área e Careca empurrou para o fundo das redes, deixando 2-1 no marcador.  

Com um resultado favorável para as duas equipes, tanto o CAP como o São Bernardo seguraram a bola e pouco arriscavam, com medo de tomarem o gol e irem para a terceira divisão paulista.  

Jogadores do Penapolense festejaram a permanência na Série A2 (Foto: Divulgação/CA Penapolense)

Depois do apito final, os jogadores do Penapolense foram agradecer aos torcedores que enfrentaram algumas horas de viagem até o ABC Paulista para apoiar a equipe.  

Penapolense vence o Nacional e continua vivo na A2

Penapolense conseguiu vitória que mantém clube vivo na A2 (Foto: Ale Vianna)

Jogando em casa, o Penapolense conseguiu vencer o Nacional por 1-0 e continuar com chances de permanecer na A2 em 2020. Agora, o time de Penápolis chega à última rodada precisando vencer fora de casa no confronto direto na parte de baixo, diante do São Bernardo. 

Com a vitória, o CAP chegou aos 13 pontos, mas continua na lanterna da competição, já o Nacional continua com 15 pontos, na 12ª posição na tabela de classificação. Na última rodada, o Penapolense precisará vencer o São Bernardo e torcer por tropeço de dois rivais diretos na luta contra o rebaixamento, um deles é o Nacional.  

Mário Sérgio coloca o CAP em vantagem 

Com a pressão da torcida, o Penapolense não encontrou seu jogo e viu o Nacional segurar a partida até os 30 minutos da primeira etapa. Enquanto o CAP tentava chegar ao gol, o time da capital paulista segurava a partida e se poupava diante do forte calor da cidade de Penápolis. 

A história começou a mudar aos 38 minutos, quando Franklin fez boa jogada e cruzou, Mário Sérgio de carrinho fez 1-0 para o time da casa, para a felicidade da torcida capeana presente no Tenentão. Em vantagem, o Penapolense começou a segurar mais a bola e não dava espaço para o time da capital criar chances para o empate. 

CAP cansa e Nacional melhora 

Com o ritmo do primeiro tempo, o Penapolense acabou muito mais desgastado na segunda etapa e viu o Nacional melhorar.  Apesar de mais cansado, o CAP quase chegou ao segundo gol com Carlos Henrique que tabelou com Matheus Nolasco e teve chance de ampliar, mas acabou sendo travado na hora do chute. 

O time da capital tentou o empate de chutes de fora da área, mas esbarrou em boa atuação do goleiro Samuel Pires, que não sofreu gol e garantiu a vitória do CAP. Ainda nos acréscimos, Jefferson teve a chance de matar o jogo, mas pegou mal na bola e mandou longe do gol. 

Próximo jogo 

O Penapolense volta a campo no próximo sábado, às 15 horas, para enfrentar o São Bernardo, fora de casa, pela última rodada da primeira fase. 

Penapolense perde para o Água Santa e precisa de milagre para ficar na A2

Penapolense lutou em Diadema, mas acabou derrotado por 1-0 (Foto: Michael Sanches)

Já classificado para a próxima fase, o Água Santa recebeu o Penapolense e venceu por 1-0. Com o resultado o time de Diadema deu um passo importante para garantir o primeiro lugar geral da primeira fase. Já o CAP continua na zona de rebaixamento e terá duas rodadas para tentar fugir do fantasma da A3. 

Jogo morno e sem grandes chances 

Apesar de já estar classificado, o Água Santa não vinha em uma boa sequência e precisava da vitória para continuar na liderança. E mesmo sem muito esforço, a equipe de Diadema criou as melhores chances.  

Já o CAP utilizava a mesma estratégia do confronto contra o Linense, apostar nos contra-ataque e deixar o adversário ficar mais com a bola. E tudo ia bem para o time de Penápolis até aos 41 minutos, quando o árbitro marcou um pênalti para o time da casa. 

Na cobrança, Dadá fez 1-0 e deixou o time de Penápolis bem perto do rebaixamento para a Série A3.  

CAP tentou… em vão 

No segundo tempo, o CAP voltou desesperado pelo menos para tentar o empate, mas o nervosismo e a falta de criatividade do meio-campo não traduziam a vontade dos jogadores em chances claras de gol. 

E depois dos 15 minutos, o Água Santa começou a segurar o jogo para garantir os três pontos, já o CAP se lançou ao ataque e deixou alguns espaços na defesa e por pouco o time da casa não ampliou o marcador.  

Próximo jogo 

O Penapolense volta a campo no próximo domingo, às 10 da manhã para enfrentar o Nacional, em casa, no Tenente Carriço.