Uma realidade nada animadora

Com o título desse post quero falar um pouco sobre o futebol de Maringá, esse mesmo, que vive muito mais de hipóteses e incertezas, de boatos e de “falação”!

Esse futebol que já venceu 3 campeonatos estaduais, venceu um “Robertinho” e venceu mais algumas competições, e que hoje depende de boatos, de espaços comprados em jornais e rádios, pra alimentar o desejo do maringaense em voltar a ter uma equipe de futebol da cidade, não estou menosprezado o Maringá Iguatemi (única equipe realmente na ativa da cidade), mas o próprio presidente durante o documentário sobre a história do futebol de Maringá afirma que não tem nenhum compromisso em resgatar as conquistas da cidade.

Acho que a principal diferença entre o Maringá Iguatemi e os outros clubes que querem “surgir” ou “ressurgir”, como vocês preferirem, é exatamente essa, não ficar se apoiando em glórias do passado que não tem nada a ver com o time que está tentando voltar, cobrando mais de 200 reais por uma peneira, anunciando amistosos “fantasmas” e coisas do tipo.

Não estou dizendo que o maringaense tem que apoiar o Maringá Iguatemi, estou apenas dizendo que ele é a ÚNICA certeza de futebol para esse ano de 2010, se isso é bom ou ruim, aí é outra história. Mas pelo menos, nunca vi ninguém desta equipe querer mudar pra preto e branco e dizer que é o novo Grêmio, ou que é o Grêmio tricampeão estadual, até porque esse Grêmio não existe, um dos Grêmios foi bi campeão, e na conquista do “tri-campeonato” era outro Grêmio.

Só por essas a gente percebe que podem entender muito de picaretagem, mas de história do futebol local sabem bem pouco, ou quase nada!

Pelo jeito, o que resta para o maringaense em 2010 é torcer pelo futsal do Ciagym ou pelo Maringá Iguatemi na 3ª divisão do estadual. OU melhor ainda, torcer por um milagre no futebol local!

Anúncios

RUC FM apresenta documentário sobre história do futebol maringaense

No próximo dia 19 de dezembro, a Rádio Universitária Cesumar (94,3 FM) vai levar ao ar no programa Arquibancada o documentário “O Passado em Preto e Branco: o futebol profissional de Maringá”. A produção original do estudante Zuba Ortiz foi o seu trabalho de conclusão de curso e narra a história do futebol maringaense.

A apresentação começa às 11 da manhã. A emissora preparou também logo na sequência uma discussão com os integrantes do programa e convidados sobre a atual situação do futebol da Cidade Canção.

A sintonia da Rádio Universitária Cesumar é 94,3 FM ou pelo site: http://www.radiocesumar.com.br

Grêmio Maringá: amistoso contra o Boca Jrs-ARG cancelado

Antes de mais nada, quero deixar claro que o que vou postar aqui é uma opinião MINHA e que não espero que ninguém concorde com ela.

Pra começar, esse amistoso contra o Boca Jrs-ARG e a possível participação do Cafú no time maringaense, ao meu ver foi sempre uma grande jogada apenas para que o Grêmio figurasse nas páginas dos grandes jornais esportivos, como ficou comprovado aqui.

Nada contra o Grêmio, até porque acho que Maringá precisa mesmo de uma equipe de futebol e durante o TCC percebi que 99% das pessoas, pra não dizer 100% preferem que o Grêmio volte. Poucos pra não dizer ninguém prefere que seja criado outro clube na cidade.

Mas acho que está faltando um pouco de transparência nessa volta do Grêmio Maringá, tudo é feito na “surdina”, o pessoal só fica sabendo das coisas através da assessoria, os jogadores, dirigentes e o técnico, são “blindados” nunca falam com ninguém. Enfim, não consigo confiar muito nessa volta, mas torço pra que dê certo.

E aí vou deixar outra opinião aqui, por que trazer Boca Juniors-ARG?

Nosso grande rival está na cidade vizinha,  Londrina, então fica a pergunta aos dirigentes, pq não gastar menos $$ e trazer o Londrina pra reviver o “Clássico do Café” ao invés de inventar moda e trazer um time de fora, que nunca teve nenhuma ligação com o passado do futebol local?

Quarta feira esportiva em Maringá

Nesta quarta-feira, Maringá passa por um dia movimentado, afinal duas equipes esportivas de Maringá estarão com eventos na cidade, enquanto no Country Clube, o Ciagym apresenta seu novo uniforme com os patrocinadores e os reforços.

O futebol maringaense ganha uma cara já conhecida, o Grêmio Maringá, que já foi destaque com as conquistas de 1963 e 1964 no campeonato Paranaense. Volta a ativa para deixar a cidade ainda respirando no futebol.

Um dia como muitos não viam em relação ao esporte da cidade, quem sabe a moda pega e o vôlei também consegue um apoio e volte pra Superliga né? Não custa sonhar!

por Zuba Ortiz