Penapolense vira pra cima do Rio Claro e continua no G4

O Penapolense foi até Rio Claro na estreia do time da casa no seu estádio, que foi liberado nesta nona rodada. O time visitante venceu de virada por 2 a 1.

Com a vitória, o CAP continua no G4, com 18 pontos, em terceiro lugar. Já o Rio Claro continua com 12 pontos e está na zona intermediária. Foi a quarta vitória em cinco jogos do Penapolense fora de casa nessa Série A2.

Rio Claro pressiona e sai na frente

Jogando com o apoio da torcida pela primeira vez na competição, o Rio Claro teve um começo de jogo empolgante. Antes do primeiro minuto, Kadu Barone acertou a trave do goleiro capeano. Depois disso, o Rio Claro ainda criou três boas oportunidades antes dos dez minutos de jogo.

O gol do time da casa saiu aos 18 minutos, Rafael Tavares deu ótimo passe e Gustavo Sapeka bateu forte na saída de Veloso, fazendo 1 a 0 para o time da casa.

O CAP teve a primeira chance apenas aos 34 minutos com Copetti, que cabeceou pra fora.

CAP vira e conquista mais uma vitória longe de Penápolis

No segundo tempo, o Rio Claro continuou melhor e por pouco não ampliou com Victor Sapo, que acertou a trave de Veloso. Na sequência, Matheus Humberto recebeu ótimo passe e bateu forte para defesa do goleiro dos donos da casa.

Victor Sapo novamente teve a chance de ampliar o placar, dentro da área, o atacante mandou para fora.

Aos 26 minutos, Leandro Love não perdeu a chance e empatou a partida depois de ótimo passe de Coppetti.

6 minutos depois, veio a virada do time visitante, Nilo acertou belo chute de fora da área, sem chance para o goleiro, fazendo 2 a 1 para o Penapolense.

No final da partida, o Rio Claro bem que tentou, mas não conseguiu furar o bloqueio do CAP e acabou derrotado em casa.

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo no próximo sábado, às 19 horas, no Tenentão para enfrentar o Água Santa, pela décima rodada da Série A2 do Paulistão.

Anúncios

Penapolense e XV de Piracicaba ficam no 0 a 0

O Penapolense foi até Piracicaba enfrentar o XV, as duas equipes buscavam ficar mais próximas da semifinal da Série A2, mas o empate em 0 a 0, adiou o sonho das duas equipes.

Com o resultado, o CAP ficou em com 15 pontos, já o XV ficou com 12 pontos e é o 9º colocado.

Poucas chances e 0 a 0 no placar

Jogando em casa, o XV foi quem tomou a iniciativa da partida e criou as melhores chances. Já o Penapolense apostava no contra-ataque e em levar mais um bom resultado como visitante.

Com a pressão de jogar em casa, o time de Piracicaba teve duas boas chances, com Jean Pablo e Fabinho, mas nas duas finalizações, os atacantes foram mal, melhor para o time visitante. Já o CAP, só assustou com Coppetti, que cabeceou com perigo, mas não conseguiu abrir o placar.

0 a 0 se mantém até o fim

Na segunda etapa, o XV mais uma vez teve maior posse de bola e boas chances. A primeira com Everton e depois com Fraga, mas novamente, as finalizações não ajudaram os xvzitas, que não conseguiram abrir o placar.

Do lado capeano, Branquinho era o principal nome do time, que tentava nas bolas paradas e em chute de fora da área, mas também não conseguiu furar a defesa adversária.

Próximos jogos

O Penapolense volta à campo no próximo sábado para enfrentar o Rio Claro, fora de casa, às 18 horas.

Penapolense vacila e empata em casa com a Inter de Limeira

0002050294686_img.jpg

Penapolense e Inter de Limeira ficaram no 2 a 2 no Tenentão (Foto: João Vitor Fedato)

Jogando pela sétima rodada da primeira fase da Série A2, o Penapolense recebeu a Inter de Limeira no Tenentão, no único jogo dessa terça-feira de carnaval (13), e empatou por 2 a 2. Os gols do CAP foram marcados por Matheus Humberto e Branquinho, Moisés e Tom empataram para o time de Limeira. O time comandado por Thiago Olivera estava garantindo a liderança até o finalzinho da partida, quando sofreu o gol de empate e acabou ficando com a vice-liderança.

Com o empate, o CAP chegou aos 14 pontos e assumiu a vice-liderança, já a Inter foi a 11 pontos e está na 5ª posição.

Muita chuva e empate no placar

Debaixo de muita chuva, o Penapolense sofreu para encontrar sua forma de jogar e sofreu muito no começo da partida. Já a Inter de Limeira conseguiu entender melhor o estado do gramado e acabou ditando o ritmo no início da partida.

Enquanto o time visitante explorava as laterais e os cruzamentos na área, o CAP se segurava lá atrás e apostava nos contra-ataques para tirar o zero do placar.

Depois de duas boas chances dos visitantes com Moisés e Tom, o Penapolense conseguiu equilibrar a partida e partiu para o ataque. Ainda assim, a chance mais clara foi da Inter, aos 30 minutos, quando Éder Paulista acertou belo chute e viu Velloso fazer a primeira grande defesa da noite, evitando o gol.

E fazendo valer o velho ditado do futebol, aos 33 minutos, Matheus Humberto havia acabou de entrar no lugar do machucado Gersimar, apareceu de cabeça para abrir o marcador no Tenentão, para a alegria da torcida capeana, fazendo 1 a 0 para o Penapolense.

Atrás do placar, a Inter partiu para o ataque no final do primeiro tempo e conseguiu o empate aos 40 minutos, com Moisés, após cruzamento de Vinícius Pedalada, deixando tudo igual em Penápolis, 1 a 1.

Gol no final tira a liderança do CAP

Depois do intervalo as duas equipe voltaram em busca da vitória, mas tudo continuou igual ao primeiro tempo. A primeira grande chance veio com Zé Mateus, que obrigou Velloso a fazer a segunda bela defesa da noite e evitar a virada da Inter.

O time da casa trocava passes, mas tinha muita dificuldade de criar boas chances de gol. O cenário mudou aos 21 minutos, quando Jussandro encontrou Branquinho na entrada da área, o camisa 10 bateu colocado sem chances para o goleiro, fazendo 2 a 1 para o Penapolense.

Em vantagem no placar, o CAP voltou a se fechar e explorar os contra-ataques. Num lance, o volante Felipe Alves sentiu a lesão, mas o Penapolense já havia feito as três alterações – o time da casa ficou com um a menos tentando segurar a pressão do time de Limeira.

De tanto insistir, a Inter conseguiu o empate aos 40 minutos, Tom bateu forte, a bola desviou na zaga e enganou o goleiro Velloso, deixando tudo igual no Tenente Carriço, 2 a 2.

Com um homem a mais, a Inter bem que tentou sair de Penápolis com a vitória, mas o time da casa conseguiu se segurar e se manteve no G4.

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo no próximo fim de semana, o time vai até Piracicaba, no sábado, enfrentar o XV, às 17 horas.

Penapolense surpreende, vence o Oeste em Barueri e assume vice-liderança

leandro-love.jpg

Leandro Love fez o 3º e garantiu a vitória diante do Oeste em Barueri (Foto: Silas Reche/ CA Penapolense)

Jogando na Arena Barueri, o Penapolense conseguiu um ótimo resultado diante do Oeste. O time de Penápolis venceu por 3 a 1 e quebrou a invencibilidade do atual líder da Série A2.

Com a vitória, o CAP chegou aos 13 pontos, mesma pontuação do Oeste, a diferença é o saldo de gols (8 a 5 para o Rubro Negro da Grande SP). os dois times podem ser ultrapassados pelo São Bernardo, que tem 11 pontos e ainda joga no fim de semana. Outro que pode chegar na briga é o Rio Claro, que tem 10 pontos – mas  apenas 2 gols de saldo.

Grafite faz golaço e deixa CAP na frente

Na sexta-feira de Carnaval, o Oeste começou a levar o seu bloco pra rua logo cedo. Apesar de insistir no ataque com Marion e Mazinho, foi o CAP que saiu na frente. Aos 27 minutos, Branquinho cobrou falta com perfeição e fez 1 a 0 para o time visitante.

A reação do Oeste foi imediata, três minutos depois, em cobrança de escanteio de Mazinho, Joílson (que já defendeu o CAP) subiu sozinho e deixou tudo igual na Arena Barueri.

Com o placar igual, o time da casa começou a pressionar e buscar a virada, criando boas chances, vendo o goleiro Thiago se destacar.

Foi num contra-ataque, aos 44 minutos, que a bola sobrou para o lateral Grafite, que bateu de primeira, sem chances para o goleiro, fazendo 2 a 1 para o CAP.

CAP se segura e amplia no finalzinho

Na volta do intervalo, o Oeste continuou pressionando e apostando nas jogadas com Mazinho e Nicolas Careca que entrou no intervalo. Apesar das boas chances, a zaga do CAP estava bem posicionada e sofria pouco para bloquear o ataque do time da casa.

Enquanto o time da casa se jogava para o ataque, o CAP se segurava e explorava a velocidade de Malaquias.

E foi em um desses contra-ataques que o time de Penápolis chegou ao terceiro gol, Malaquias bateu forte, a bola sobrou para Leandro Love só completar e fazer 3 a 1, dando números finais à partida e garantindo mais três pontos longe de Penápolis.

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo na próxima terça-feira, em casa, diante da Inter de Limeira, às 18 horas, no Tenentão, pela 7ª rodada da Série A2 do Paulistão. 

Em casa, CAP perde para o Votuporanguense e tem invencibilidade quebrada

votuporanguense .jpg

Penapolense vai mal e perde a primeira na Série A2 (Foto: Silas Reche/CA Penapolense)

Jogando diante da sua torcida pela 5ª rodada da Série A2 do Paulistão, o Penapolense foi mal e acabou derrotado pela Votuporanguense por 2 a 1. Essa foi a primeira derrota do time comandado por Thiago Oliveira na competição. Com a derrota, o CAP continuou com 10 pontos, agora na terceira posição, enquanto que o CAV chegou a nove pontos e pulou para 7º lugar na classificação.

Votuporanguense começa melhor e sai na frente

Jogando em casa, o Penapolense era quem tinha a obrigação de buscar o jogo e sofria com os passes errados depois do meio campo. Já o Votuporanguense se fechou e buscava a velocidade de seus atacantes para tentar surpreender. Foi assim que o time visitante criou as melhores chances.

A primeira boa chance veio aos 34 minutos, quando Fio fez ótimo lançamento para Adriano Paulista, que driblou o zagueiro e acabou derrubado pelo goleiro Velloso. Na cobrança, Fio bateu forte, o goleiro acertou o canto e fez ótima defesa, mas no rebote Daniel completou para o gol, fazendo 1 a 0 para o time de Votuporanga.

Com a vantagem no placar, o CAV se fechou ainda mais e viu o CAP sofrer com a falta de criação no meio campo, a situação ficava complicada para o time da casa que não conseguia criar boas chances para empatar. E o castigo veio ainda no primeiro tempo, Elvinho fez ótima roubada de bola e lançou para Adriano Paulista que bateu cruzado, sem chances para o goleiro Velloso, fazendo 2 a 0 para os visitantes.

CAP desconta no final, mas perde a primeira

Depois do intervalo, o Penapolense partiu para o ataque para tentar descontar logo no início da partida, mas o time continuava esbarrando na boa marcação do adversário e nos erros de passe.

Já o Votuporanguense administrava a partida e se segurava lá atrás, sem dar muito espaço para o ataque capeano.

Mesmo lutando muito, o CAP só conseguiu o gol de honra aos 46 minutos, quando uma bola foi cruzada na área e Coppetti colocou no fundo das redes, fazendo 2 a 1.

Na base do abafa, o time da casa até tentou, mas não conseguiu o empate e conheceu a primeira derrota na competição.

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo na sexta-feira de Carnaval, o time de Penápolis enfrenta o Oeste, na Arena Barueri, pela 6ª rodada da Série A2, às 19h.

Penapolense fica no empate com o São Bernardo e perde a liderança da A2

sao bernardo.jpg

Penapolense e São Bernardo fazem jogo equilibrado no Tenentão (Foto: Silas Reche/ CA Penapolense)

Penapolense e São Bernardo se enfrentaram nesse domingo no Estádio Tenente Carriço pelo encerramento da 4ª rodada da Série A2 do Campeonato Paulista.

O time da casa que era líder acabou caindo para o segundo lugar da competição, o time de Penápolis tem os mesmos 10 pontos do Oeste, de Barueri, mas perde no saldo de gols. Já o Bernô chegou aos oito pontos e subiu para a terceira posição na tabela.

Love aparece e CAP sai na frente

Jogando em casa e buscando manter a liderança, o Penapolense demorou para se encontrar na partida e o que se viu no Tenentão foram vários passes errados e nenhuma chance de gol.

A primeira boa chance da partida foi do time visitante, quando Matheus Jussa bateu forte e viu a zaga desviar para escanteio.

Depois de sofrer uma pequena pressão, o Penapolense foi para o ataque e conseguiu abrir o placar aos 39 minutos, com Leandro Love, que recebeu ótimo passe e bateu sem chances para o goleiro do Bernô, fazendo 1 a 0.

Antes do apito do árbitro, o time do ABC quase empatou com Fernando Jr que acertou o travessão.

Pênalti polêmico, Lei do Ex e empate no Tenentão

Buscando o resultado, o São Bernardo partiu para o ataque desde o primeiro minuto da segunda etapa. E criou inúmeras chances de igualar o marcador.

Enquanto isso, o CAP apostava nas jogadas de velocidade para surpreender e garantir o resultado. E o estilo de jogo deu resultado até os 29 minutos, quando o zagueiro do CAP derrubou o atacante dentro da área. Na cobrança, Franscimar (que já atuou no CAP) deslocou o goleiro e deixou tudo igual, 1 a 1.

Com o empate no placar, as duas equipes bem que tentaram sair com a vitória, mas com muitos erros de passe e pouca criatividade, o placar se manteve empatado até o apito final.

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo no próximo domingo, às 10 horas, para receber a Votuporanguense, no Tenentão, pela 5ª rodada da competição.

De virada, CAP vence Taubaté mantém 100% e assume a liderança da A2

taubaté .jpeg

Penapolense joga bem e garante liderança da A2 (Foto: Divulgação/EC Taubaté)

No confronto dos únicos times com 100% de aproveitamento na Série A2, o Penapolense se deu melhor. O time de Penápolis venceu de virada, o Taubaté por 2 a 1, pela terceira rodada da primeira fase.

Com a terceira vitória seguida, o Penapolense chegou aos 9 pontos e é o líder isolado da competição. Já o Taubaté perdeu a invencibilidade e uma vaga no G4, ficando em 5º lugar com 6 pontos.

Primeiro tempo sem grandes chances

Jogando em casa, o Taubaté foi quem comandou o começo da partida, criando boas chances e tendo mais oportunidades de abrir o marcador. A chance mais clara foi com Raniel que recebeu ótimo passe e bateu forte, a bola acabou passando por toda a área, sem encontrar ninguém do time do Vale do Paraíba.

A resposta do Penapolense veio aos 21 minutos, quando Tauã apareceu bem e bateu forte, exigindo boa defesa do goleiro Fábio.

Vira, virou!

No começo da segunda etapa, o Burro da Central saiu logo na frente, aos 4 minutos, Thiago cometeu pênalti em Nathan. Na cobrança, Flávio Carioca bateu sem chances, fazendo 1 a 0 para o time da casa.

A alegria do time da casa durou só cinco minutos, Matheus Humberto aproveitou o vacilo da zaga e bateu forte, o atacante ainda contou com uma ajudinha do goleiro, que viu a bola morrer no fundo das redes, 1 a 1.

Com o empate, os dois times partiram para o ataque e tiveram chances de vencer a partida. O Taubaté criou ótima chance com Gustavinho que parou no goleiro. Depois foi a vez de Leandro Love fazer ótima jogada e acertar a trave, na sequência, Branquinho parou no goleiro do time da casa.

De tanto insistir, Leandro Love conseguiu deixar o dele. Aos 23 minutos, o camisa 9 recebeu ótimo cruzamento e antecipou à zaga, matando o goleiro adversário e virando a partida em Taubaté, 2 a 1 para o CAP.

Em desvantagem, o time da casa foi para o abafa nos minutos finais da partida, tentando encontrar pelo menos o gol de empate. Mas antes do final da partida, Bruno Ré foi expulso e complicou a vida do time da casa, que com um homem a menos sofreu para criar novas chances.

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo no próximo domingo, às 10h, quando recebe o São Bernardo diante da sua torcida, no Tenentão.