Em casa, Penapolense vence o Atlético Sorocaba por 3 a 0 e garante primeira vitória

12697483_1311655632183271_6802085728632180419_o.jpg

Diante do Atlético Sorocaba, o Penapolense garantiu a primeira vitória na A2. (Foto: Silas Reche/CA Penapolense)

Neste domingo (14), o Penapolense recebeu o Atlético Sorocaba no Estádio Tenente Carriço e conseguiu a primeira vitória na Série A2. O placar foi 3 a 0, com gols de Fio, Kesley e Neílson. Com o resultado, o time de Penápolis saiu da zona de rebaixamento e chegou aos 5 pontos na competição, já o Atlético Sorocaba ficou com os mesmos 3 pontos e continua no Z6.

Fio marca e o Penapolense domina o primeiro tempo

Jogando nos seus domínios, o Penapolense conseguiu impor seu ritmo de jogo, e tentou por diversas vezes, mas não conseguia abrir o placar.

O gol do Penapolense saiu aos 44 minutos, depois de bom lance, Fio marcou e deixou o CAP na frente, dando uma calma para o time na segunda etapa.

Kesley e Neílson garantem a vitória

Com o placar a seu favor, o CAP soube administrar o resultado e chegou ao segundo gol com Kesley aos 26 minutos do segundo tempo. Para fechar o placar, Neílson – de pênalti – fez 3 a 0 aos 29 minutos.

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira, às 20h. O Penapolense vai até Taubaté enfrentar o time da casa, enquanto o Atlético Sorocaba vai até Jundiaí enfrentar o Paulista.

 

Anúncios

Confira o que mudou na Série A2 do Paulistão para 2016

A edição do Campeonato Paulista – Série A2 passará por mudanças no regulamento a partir de 2016, isso foi definido no arbitral que aconteceu na semana passada na sede da Federação Paulista de Futebol, com votação da maioria dos clubes sobre as mudanças.

A primeira mudança significativa é o número de acesso, se até 2015 eram 4 clubes que garantiam o acesso, ano que vem serão apenas 2. Além disso, o número de rebaixados sobe de 4 para 6, aumentando a preocupação dos clubes menores.

Outra mudança foi na fórmula de disputa, saem os pontos corridos e volta o “mata-mata”- a primeira fase será em turno único, com 19 rodadas, os 8 melhores se classificam para as oitavas, depois quartas e semis, os dois finalistas estarão na Série A1 em 2017. As quartas e semifinais serão disputadas em duas partidas, já a final será partida única (no dia 8 de maio).

O que continua igual é o limite de 28 jogadores inscritos por equipe (25 jogadores de linha e três goleiros). O prazo para inscrição é no dia 4 de março, ou seja, antes da décima rodada.

O calendário dos jogos só deverá ser divulgado em dezembro, um mês antes do inicio da competição.

Outra mudança que segue o que foi definido na Série A1 é que os técnicos só poderão trabalhar em um clube daquela divisão, evitando a troca de técnicos dentro da mesma série.

Dezenove clubes estão confirmados na Série A2 em 2016, 11 já disputaram a competição em 2015 (Atlético Sorocaba, Batatais, Guarani, Independente, Monte Azul, Paulista, Rio Branco, Santo André, São Caetano, União Barbarense e Velo Clube); quatro foram rebaixados da elite (Bragantino, Marília, Penapolense e Portuguesa) e quatro clubes que conseguiram o acesso (Barretos, Juventus, Taubaté e Votuporanguense).

A última vaga está entre Mirassol e Água Santa – o time de Diadema conseguiu o acesso, mas está com problemas em seu estádio e pode ficar de fora por não ter o número mínimo de lugares para receber jogos da Série A1 e assim pode continuar na Série A2, se não entregar os laudos necessários para a Federação.

Penapolense empata com o Atlético Sorocaba e deixa escapar a chance de ser líder

Neste domingo, Penapolense e Atlético Sorocaba – que conseguiram o acesso para a elite em 2012 – se enfrentaram e ficaram no empate em 1 a 1, jogando no Tenente Carriço, em Penápolis.

O time de Penápolis precisava vencer para encostar nos líderes, já o Atlético Sorocaba buscava uma vaga no G8 e “fugir” da zona do rebaixamento. O empate acabou por “derrubar” a campanha 100% do Penapolense em casa.

O jogo começou com o CAP atacando e buscando o gol desde o começo, com apoio de mais de 1100 pagantes. Aos 15 minutos, Marcelo Moretto errou na saída de bola e Guaru foi até a linha de fundo e cruzou para Silvinho, de primeira, fazer 1 a 0 para o Penapolense – que naquele momento era líder do Paulistão.

Mas o gostinho de ser líder novamente durou apenas 12 minutos, aos 27, Gérson antecipou a zaga e fez o gol de empate da equipe de Sorocaba.

No segundo tempo, o Atlético Sorocaba voltou melhor e criou boas chances logo depois do intervalo, primeiro com Carlinhos e depois com Rai. O Penapolense respondeu com Guaru que ao invés de cruzar bateu direto para o gol, quase enganando o goleiro adversário.

No final da partida, o Atlético Sorocaba quase conseguiu a virada, primeiro com Misael que chutou para defesa de Roni, no rebote, Jorge Preá chutou na trave e perdeu a chance de conquistar os três pontos.

Com o empate, o Penapolense chegou aos 13 pontos, dois a menos que a líder Ponte Preta. No próximo domingo, o CAP vai até Itápolis enfrentar o Oeste, às 19h30.

CBF confirma e Paulistão dará duas vagas na Série D 2013

A Confederação Brasileira de Futebol confirmou nesta quarta-feira a participação de 40 equipes na Série D do Campeonato Brasileiro de 2013. Um oficio foi divulgado no site da entidade.

Chegou a ser anunciado que o torneio contaria com apenas 32 equipes, mas a redução infringiria o Estatuto do Torcedor, que possui um prazo para divulgação das equipes que iniciam a competição.

Como o regulamento da Série D de 2013 será o mesmo de 2012, a CBF confirmou duas vagas para os clubes paulistas, que deverão ficar com os melhores clubes do Paulistão – que não disputam nenhuma outra divisão nacional – este ano, a vaga ficou com Mogi Mirim e Mirassol. O Mogi garantiu o acesso a Série C.

Em 2013, 10 equipes vão disputar as duas vagas. Confira as equipes que buscam a vaga na última divisão nacional: Atlético Sorocaba, Botafogo, Ituano, Linense, Mirassol, Paulista, Penapolense, São Bernardo, União Barbarense e XV de Piracicaba.

Para 2014, a Confederação Brasileira de Futebol já confirmou que o número será reduzido para 32 equipes, com apenas uma vaga para os paulistas.