Penapolense perde para o Água Santa e precisa de milagre para ficar na A2

Penapolense lutou em Diadema, mas acabou derrotado por 1-0 (Foto: Michael Sanches)

Já classificado para a próxima fase, o Água Santa recebeu o Penapolense e venceu por 1-0. Com o resultado o time de Diadema deu um passo importante para garantir o primeiro lugar geral da primeira fase. Já o CAP continua na zona de rebaixamento e terá duas rodadas para tentar fugir do fantasma da A3. 

Jogo morno e sem grandes chances 

Apesar de já estar classificado, o Água Santa não vinha em uma boa sequência e precisava da vitória para continuar na liderança. E mesmo sem muito esforço, a equipe de Diadema criou as melhores chances.  

Já o CAP utilizava a mesma estratégia do confronto contra o Linense, apostar nos contra-ataque e deixar o adversário ficar mais com a bola. E tudo ia bem para o time de Penápolis até aos 41 minutos, quando o árbitro marcou um pênalti para o time da casa. 

Na cobrança, Dadá fez 1-0 e deixou o time de Penápolis bem perto do rebaixamento para a Série A3.  

CAP tentou… em vão 

No segundo tempo, o CAP voltou desesperado pelo menos para tentar o empate, mas o nervosismo e a falta de criatividade do meio-campo não traduziam a vontade dos jogadores em chances claras de gol. 

E depois dos 15 minutos, o Água Santa começou a segurar o jogo para garantir os três pontos, já o CAP se lançou ao ataque e deixou alguns espaços na defesa e por pouco o time da casa não ampliou o marcador.  

Próximo jogo 

O Penapolense volta a campo no próximo domingo, às 10 da manhã para enfrentar o Nacional, em casa, no Tenente Carriço.  

Em casa, Penapolense só empata com o Água Santa

Jogando em casa, o Penapolense por pouco não foi derrotado pelo Água Santa pela décima rodada da Série A2 do Campeonato Paulista. O placar ficou 1 a 1 no Tenentão. Alex Gonçalves fez o gol dos visitantes e Tauã empatou para o time da casa.

Com o empate, o CAP continua no G4 e chegou a 19 pontos na competição, já o Água Santa continua no Z2 e está na lanterna com apenas sete pontos.

CAP começa melhor e reclama de pênalti não marcado

Jogando em casa, o Penapolense tentou ir para o ataque, mas esbarrava na zaga do time de Diadema – que apostava nos contra-ataques.

E foi assim que o Água Santa quase abriu o placar aos 20 minutos com Matheus Santos.

O time da casa arriscava de longe, já que não conseguia furar a retrancada do time visitante. E Alex Silva bateu bem e a bola passou muito perto da trave.

Já o CAP pressionava e por pouco não abriu o placar aos 35 minutos com Tauã, que foi derrubado por Léo Rigo dentro da área, mas a arbitragem mandou o jogo seguir.

Água Santa sai na frente e CAP consegue o empate

No começo do segundo tempo, o Netuno abriu o placar logo aos quatro minutos, Matheus Santos fez ótima jogada e bateu forte, no rebote Alex Gonçalves bateu firme sem chance para Veloso, fazendo 1 a 0 para o Água Santa.

Depois de sofrer o gol, o Penapolense foi para o ataque e conseguiu o empate aos 26 minutos, com Tauã, que acertou belo chute, sem chance para o goleiro, deixando tudo igual no Tenentão.

Aos 37 minutos, Jefferson Maranhão bateu bem e a bola acertou a trave, impedindo a virada do time da casa. 4 minutos depois, foi a vez da zaga do Netuno salvar e evitar a derrota do time de Diadema.

Próximo jogo

O Penapolense volta à campo na próxima quarta-feira, às 15 horas, em São Paulo diante do Nacional.