Penapolense faz 3 a 1 no Linense e afunda o rival

Jogando no Tenentão lotado, o Penapolense conseguiu um ótimo resultado, o time venceu o Linense por 3 a 1 e saiu da zona de rebaixamento do Paulistão e ainda empurrou o rival para a vice lanterna do estadual.

Os destaques da partida foram o meia Sérgio Mota – que deu dois passes para gol – e o atacante Crislan – que fez o terceiro gol, no momento em que o Linense pressionava em busca do empate.

CAP perde muitos gols, mas Diego Rosa abre o placar

Jogando com o apoio da torcida que lotou o estádio, o Penapolense atacou desde o primeiro minuto de jogo, e se mostrava disposto a decidir o jogo ainda no primeiro tempo. Antes de abrir o placar, o time criou várias chances de gol e pecou nas finalizações.

Mas aos 28 minutos, Diego Rosa recebeu cruzamento de Sérgio Mota e de cabeça, abriu o placar para o CAP. Enquanto isso, o Linense não se encontrava em campo e deixava espaços para o time da casa dominar todas as ações do jogo.

Mesmo depois de abrir o placar, o CAP buscava ampliar a vantagem e perdeu algumas chances antes do árbitro apitar o fim do primeiro tempo.

Samuel Pires aparece e Crislan define a vitória

O segundo tempo nem começou e o torcedor capeano soltou o grito de gol logo aos 2 minutos, depois de falta cobrada por Sérgio Mota, o zagueiro Luiz Gustavo tocou e fez o segundo do CAP.

Depois do segundo gol, o Linense cresceu e começou a criar chances para diminuir, em vários lances esbarrou na boa atuação de Samuel Pires. Mas aos 15 minutos, nem mesmo a boa defesa do goleiro, depois de chute de Bruno salvou o CAP, que viu William Pottker sozinho no rebote, diminuir a vantagem. Os jogadores do Penapolense reclamaram muito do lance, já que a cobrança foi rápida e pegou a zaga ainda se organizando.

Depois do gol, o Linense cresceu ainda mais e esbarrou em Samuel em algumas oportunidades. Foi aí que brilhou a estrela do técnico PC Gusmão e do atacante Crislan.

Aos 18, o time de Penápolis respondeu e mostrou que não deixaria a vitória em casa no clássico escapar. Depois de desvio de Diego Rosa, o goleiro Anderson não alcançou e Crislan completou para as redes, fazendo 3 a 1 e dando números finais à partida.

Próxima rodada e classificação

O Linense volta à campo no próximo sábado, para enfrentar o Bragantino, em Lins, às 18h30. Já o Penapolense terá pela frente o Botafogo de Ribeirão, fora de casa, na terça-feira, às 19h30.

Anúncios

Em casa, Penapolense perde para o Palmeiras por 2 a 0

Jogando em casa, o Penapolense buscava a primeira vitória no Paulistão, pela frente, um Palmeiras embalado e que queria se firmar na liderança do grupo. E mesmo estando no Tenentão, quem ditou o ritmo do jogo foi o Palmeiras, já o CAP jogava fechado e mal conseguia passar da linha do meio campo.

Nesse cenário, o Palmeiras usou o jogo para dar entrosamento ao time e teve pequenos momentos em que Fernando Prass foi acionado.

E brilhou a estrela do argentino Cristaldo, que já havia caído nas graças da torcida em 2014 e vem se firmando como principal atacante do Verdão em 2015.

Palmeiras domina e sai na frente

Num Tenentão lotado, o Palmeiras não se intimidou e foi pra cima do Penapolense desde o primeiro minuto. Com apenas um volante (Gabriel), o Palmeiras atacava e o primeiro gol seria questão de tempo.

Aos 14 minutos, o Palmeiras abriu o placar, com Dudu – mas o lance foi anulado pelo árbitro já que Cristaldo impedido, desviou a bola antes dela entrar no gol de Leandro Santos.

Mas Cristaldo se redimiu aos 45 minutos, depois de um vacilo do zagueiro Gualberto e do goleiro Leandro Santos, o argentino acreditou e mesmo caído, tocou na bola, que bateu na trave antes de entrar. 1 a 0 para o Verdão.

Dudu perde pênalti, mas Cristaldo brilha de novo

O segundo tempo começou com o Palmeiras pressionando o CAP. Aos 6 minutos, Allione sofreu pênalti e Dudu bateu no travessão a chance de fazer 2 a 0 para o Verdão.

Com o pênalti perdido, o Penapolense começou a buscar o empate e teve a chance mais clara com Diego Rosa, que ganhou da zaga na corrida e de frente com Fernando Prass tentou tocar para trás e perdeu a melhor chance.

E o Penapolense foi castigado logo depois, aos 34 minutos, Cristaldo recebeu e bateu forte, o goleiro Leandro Santos tentou defender, mas acabou vendo a bola morrer no fundo da rede.

Depois do segundo gol, o Penapolense sentiu o “baque” e por pouco não tomou mais gols, o Palmeiras se mostrou satisfeito com o resultado e tocou a bola até o apito final.

Classificação e Próximo Jogo

Com a vitória, o Palmeiras é líder do Grupo 3 com 12 pontos. Já o CAP continua na lanterna do Grupo 4, com apenas 2 pontos e ainda sem vencer.

Na próxima rodada, o Palmeiras recebe o Capivariano, no sábado, às 18h30, já o Penapolense vai até Marília, enfrentar o time da casa, no sábado, às 21h.

Penapolense divulga lista de 23 jogadores para o Paulistão 2015

O Penapolense apresentou na última semana alguns jogadores que farão parte do elenco para a disputa do Paulistão 2015. Mas o elenco ainda não está completo, já que muitos dos nomes que vestirão a camisa do CAP em 2015 ainda estavam disputando a Série A e B do Campeonato Brasileiro. A lista divulgada pelo clube na última sexta-feira possui 24 nomes, faltando ainda 4 jogadores para completar os 28 que podem ser inscritos no Campeonato Paulista do ano que vem.

Confira a lista:

Goleiros: Leandro Santos (remanescente), Samuel (remanescente) e Cleiton (remanescente)

Laterais: Arnaldo (ex-Portuguesa), João Lucas (ex-Ponte Preta) e Dener (ex-Coritiba)

Zagueiros: Jailton (remanescente), Gualberto (remanescente), Malcon (ex-Paulista) e Léo (ex-Icasa)

Volantes: Gilmak (ex-Náutico), Fernando (remanescente), Diego Oliveira (ex-Cuiabá) e Jonatas (remanescente)

Meias: Wellington Bruno (ex-Fortaleza), Rafael Costa (ex-Criciúma), Sérgio Mota (remanescente) e Ronaldo Mendes (ex-Criciúma)

Atacantes: Arthur (ex-Paraná Clube), Crislan (ex-Náutico), Léo (ex-Corinthians), Alex Terra (ex-Ponte Preta e Bahia) e Diego Rosa (ex-CRB).