Penapolense vence o Paulista por 3 a 1 e assume vice liderança do grupo

Nova Imagem

Penapolense venceu o Paulista pela Copa Paulista por 3 a 1. (Foto: Silas Reche/C.A. Penapolense)

Jogando na manhã deste domingo (11), o Penapolense venceu o Paulista por 3 a 1, no estádio Tenente Carriço, em Penápolis. Na rodada anterior, os dois times haviam empatado em 2 a 2, em Jundiaí. Com a vitória, o time de Penápolis sobe para a segunda posição do grupo – com 5 pontos, um a menos que o Rio Branco, o Paulista e o Nacional também possuem 5 pontos, mas perdem no saldo de gols (1 gol do CAP contra 0 de Nacional e Paulista).

Neílson brilha e abre 2 a 0

Jogando em casa, o Penapolense buscava a vitória para se manter vivo na Copa Paulista, já o Paulista queria a vitória para assumir a liderança isolada do grupo. Com o fato casa a seu favor, o CAP não se intimidou e foi logo para o ataque, enquanto o Paulista se defendia como podia.

Aos 35 minutos, Dimba foi derrubado por Mayko dentro da área, o árbitro marcou pênalti par o time da casa. Na cobrança, Neílson fez 1 a 0 para o Penapolense.

Antes do intervalo, Neílson apareceu novamente, desta vez com a bola rolando, e aos 43 minutos, fez 2 a 0 depois de um bate-rebate dentro da área do Paulista.

Kesley brilha, garante a vitória e a vice-liderança

Diferente do primeiro tempo, o Paulista partiu para o ataque em busca do empate, que garantiria o time na vice-liderança.

Essa pressão do time visitante foi recompensada aos 20 minutos, quando Rafinha escapou em velocidade e marcou um belo gol para o Paulista, fazendo 2 a 1.

5 minutos depois, Samuel Pires apareceu bem e salvou o CAP de levar o gol de empate, fazendo ótima defesa.

Na sequência, Gabriel Nunes foi expulso e deixou o Paulista com 10 em campo. Com a vantagem numérica, o Penapolense foi pra cima e conseguiu marcar o 3º.

Kesley escapou em contra-ataque, deu o drible da vaca no goleiro Iago e fechou o placar em 3 a 1 para o CAP.

Próximo Jogo

Pela penúltima rodada na quarta-feira (14/10), o Penapolense recebe o líder Rio Branco no Tenentão às 19h30; já o Paulista recebe o Nacional em casa às 19h.

Anúncios

Fora de casa, Penapolense consegue o empate contra o Paulista aos 48 do 2º tempo

Jogando no estádio Jayme Cintra, em Jundiaí, Paulista e Penapolense se enfrentaram pela terceira rodada da segunda fase da Copa Paulista. O placar final foi 2 a 2, com gols de Jader e Gabriel Nunes para o Paulista;  Ricardo Duarte e Dimba empataram para o Penapolense.

Com o empate, o CAP chegou aos 2 pontos e assumiu a terceira posição do grupo; já o Paulista foi a 5 e está na vice-liderança.

Paulista sai na frente, mas Penapolense consegue empate

Jogando em casa e como líder do grupo, o Paulista partiu para o ataque e chegou perto de abrir o placar logo aos 3 minutos – com belo chute de Cajado, que acertou o travessão do goleiro Samuel.

Aos 8 minutos foi a vez de Jader arriscar de longe e passar perto do gol de Samuel. Dois minutos depois, foi a vez do Penapolense chegar, Paraíba recebeu cara a cara com o goleiro e bateu forte para boa defesa de Yago.

O Penapolense equilibrou o jogo e por pouco não abriu o placar com Fio, que aproveitou falha da zaga do Paulista e por pouco não encobriu o goleiro Yago.

Aos 16 minutos, Cajado novamente acertou belo chute, dessa vez acertando a trave, no rebote, Jader empurrou para as redes fazendo 1 a 0 para o Paulista.

3 minutos depois o Penapolense consegue o empate. Na cobrança de escanteio, Ricardo Duarte sobe mais que a marcação e marca para o CAP, fazendo 1 a 1.

Os dois times erraram muitos passes e pouco criavam, até aos 42 minutos, quando Gabriel Nunes quase fez o 2º, mas parou em ótima defesa de Samuel.

Paulista perde pênalti e toma o castigo do Penapolense aos 48 minutos

A segunda etapa começou da mesma forma que a primeira, com o Paulista sufocando o Penapolense em busca do gol. A primeira boa chance surgiu logo aos 4 minutos, Serrano arriscou, Samuel rebateu e a zaga afastou o perigo.

Aos 26 minutos, o árbitro marcou pênalti para o Paulista, depois de Ricardo Duarte tocar com a mão na bola. Na cobrança, Gabriel Nunes bate bem e faz 2 a 1 para o Paulista.

O Penapolense respondeu aos 31 minutos, depois de boa jogada, Paraíba arrisca e a bola passa perto do gol de Ian.

O lance chave da partida aconteceu aos 36 minutos, o juiz marcou mais um pênalti para o Paulista, depois que Neílson derrubou Rafinha dentro da área. Na cobrança, Rafinha acerta a trave e perde a chance de ampliar a vantagem do Paulista.

Um minuto depois, Ian aparece bem e salva o Paulista de tomar o gol de empate, depois de mais uma boa chance de Paraíba.

Depois de ver o Paulista perder o pênalti, o Penapolense cresceu em busca do empate.

Aos 48 minutos, o atacante Dimba que havia entrado 7 minutos antes, apareceu livre no segundo pau para empatar a partida.

Próximo jogo

Os dois times voltam a se enfrentar no próximo domingo (10/10), às 10h, em Penápolis, no estádio Tenente Carriço.

Penapolense vence jogo dos “6 pontos” contra o Paulista

Depois de quatro jogos sem vitória, o Penapolense voltou a vencer, o time fez 2 a 0 no Paulista, pela 11ª rodada do Paulistão e chegou aos 16 pontos e manteve o 9º lugar. Além de voltar a vencer, o time bateu um adversário direto pela vaga no G8 e na Série D, o time de Penápolis também conseguiu a primeira vitória sob o comando do técnico Pintado.

Jogando em casa, o Penapolense foi superior e tomou a iniciativa do jogo, enquanto o Paulista buscava assustar em contra-ataques. O destaque do Penapolense foi o meia Neto que ditava o ritmo do jogo ao lado de Sérgio Mota, que fazia sua estreia, substituindo Guaru – que estava suspenso.

Apesar de comandar o jogo, o gol do Penapolense só saiu aos 36 minutos, quando Sérgio Moto lançou Silvinho, que invadiu a área e bateu por baixo do goleiro, fazendo 1 a 0 para o time da casa.  O Paulista ainda tentou pressionar em busca do empate, mas não conseguiu tirar o zero do placar.

Na volta do 2º tempo, o Penapolense voltou com a mesma vontade do começo do jogo, e o resultado disso apareceu logo aos 2 minutos de jogo, quando o Fio ganhou na corrida da zaga do Paulista e só teve o trabalho de deslocar o goleiro para fazer 2 a 0.

Depois de sofrer o 2º gol, o Paulista foi em busca do gol e deixou espaços para o Penapolense, “invertendo” a situação do começo da partida e deixando o contra-ataque como arma para o time da casa.

Porém, a zaga do Penapolense foi bem e não deixou que o Paulista criasse chances claras de gol, terminando o jogo em 2 a0.

O time de Penápolis volta a campo no sábado, às 16h, quando vai até Bragança Paulista, enfrentar o Bragantino.