Penapolense empata com Londrina em amistoso

Nesta terça-feira (30) em Londrina, o Penapolense fez um jogo-treino com o time da casa e empatou em 1 a 1. Foi o primeiro compromisso da equipe comandada por Paulinho Kobayashi na preparação para a disputa da Copa Paulista 2015.

O jogo foi disputado no Estádio do Café, os dois gols saíram no primeiro tempo. Júlio Pacato abriu o placar para o LEC e o atacante Kesley empatou para o CAP.

O técnico Paulinho Kobayashi está usando os amistosos para testar os jogadores que vão vestir a camisa do Penapolense na busca pela vaga na Copa do Brasil em 2016. Já o Londrina mandou a campo o time reserva, que não participou da partida em Pelotas, contra o Brasil, na derrota por 3 a 1.

O CAP foi a campo com:  Samuel, Rodrigo Man, Malcon, William, Samuel Balbino, Batista, Luizinho Melo, Roni, Romarinho, Dimba e Kesley.

Anúncios

Penapolense acerta amistosos contra Londrina/PR e Botafogo/SP

O Clube Atlético Penapolense marcou seus primeiros amistosos de preparação para a disputa da Copa Paulista 2015. O time comandado por Paulinho Kobayashi enfrenta o Londrina/PR na próxima terça-feira (30), fora de casa – o time paranaense é líder do Grupo 02 da Série C.

Na sexta feira (03/07) é a vez do time ir até Ribeirão Preto enfrentar o Botafogo/SP, às 16h. A equipe da casa se prepara para a disputa da Série D e já venceu 3 amistosos nesta preparação, contra São Carlos, Lemense e XV de Piracicaba.

O time de Penápolis ainda busca jogadores para fechar o elenco para a competição que vale vaga na Copa do Brasil e na Série D em 2016.

Penapolense-SP vence o Boavista-RJ e continua vivo na Série D

Mesmo jogando fora de casa, o Penapolense-SP venceu o Boavista-RJ por 2 a 0, e continua com chances de classificação para a próxima fase na Série D do Brasileiro.

Com a vitória, o CAP voltou a ser o segundo colocado do Grupo A8 com 9 pontos, e só pode ser ultrapassado pelo Metropolitano-SC na próxima rodada. Já o Boavista-RJ praticamente deu adeus à Série D, já que ainda não venceu nenhuma partida e tem apenas 3 pontos ganhos.

Fio coloca o Penapolense na frente

O jogo começou com o Penapolense dominando a partida e criando as melhores chances, o técnico Narciso colocou o time no ataque, e viu o CAP dominar o time da casa.

Aos 18 minutos, Fio teve boa chance, mas o goleiro fez ótima defesa.

O mesmo Fio voltou a ter boa chance aos 35 minutos, o atacante recebeu de Guaru cara a cara com o goleiro e bateu no canto, sem chances, fazendo 1 a 0 para o Penapolense.

Oliveira decide e o Penapolense respira

O segundo tempo continuou com o Penapolense dominando, e o Boavista buscando uma reação. A situação do time da casa foi ainda pior quando Anderson foi expulso após falta violenta. Com um a menos, o Boavista não conseguiu reagir e ainda tomou o segundo gol.

E aos 45 minutos, Oliveira recebeu de frente para o gol e bateu forte, sem chances para o goleiro do time da casa, fazendo 2 a 0 e garantindo os 3 pontos do Penapolense.

Próximo jogo

O Boavista-RJ volta a campo no próximo domingo (14), para enfrentar o Pelotas-RS, fora de casa. Já o Penapolense está de folga na penúltima rodada, e só volta a campo no dia 21, diante do Pelotas-RS, no Tenentão, pela última rodada.

Guaru perde pênalti e Penapolense empata com Londrina

Neste sábado, o Penapolense recebeu o Londrina, buscando a segunda vitória na competição. O time da casa precisava da vitória para voltar a zona de classificação da Série D. O placar porém, não foi o que os mais de 600 pessoas que estavam presente no Tenentão esperavam, no apito final, o placar apontava 0 a 0.

Com o resultado, a equipe paranaense foi a primeira a garantir matematicamente a vaga para as oitavas de final.

Penapolense pressiona, mas para na trave

Jogando em casa, o Penapolense saiu para o ataque, o técnico Narciso mudou o esquema de jogo e apostou num trio de atacantes, com Oliveira, Fio e o estreante Léo. E as mudanças deram resultado, o time pressionou e criou várias chances, sempre parando no goleiro Vitor.

A melhor chance do jogo aconteceu aos 39 minutos, após troca de passes de Fio e Ferreira, o volante foi derrubado dentro da área. O árbitro marcou pênalti para o CAP. Na cobrança, Guaru deslocou o goleiro, mas a bola caprichosamente acertou a trave e saiu. Mantendo o 0 a 0 no placar.

Londrina volta pressionando e CAP cansa

Depois do intervalo, o CAP sentiu a chance perdida no fim do primeiro tempo e deixou o Londrina dominar o começo da segunda etapa.

O time paranaense precisava do empata para se classificar e não criava muitas chances, o time da casa por sua vez não conseguia manter o ritmo e começava a dar sinais de cansaço.

Narciso fez as 3 substituições, tirando Léo, Guaru e Rômulo e colocando Sérgio Mota, Ademir e Thiaguinho. Mesmo com o fôlego renovado, o time não conseguiu criar boas chances .

O último lance de perigo do CAP foi com Fernando, que bateu para ótima defesa de Vitor. O Londrina ainda assustou com lance de Rone Dias, que bateu por cima de Leandro Santos, mas que Heleno salvou antes da bola entrar.

Próximo jogo

As duas equipes voltam a campo no próximo final de semana, o Londrina recebe o Pelotas, no estádio do Café, às 16, no sábado. Uma hora antes, o Penapolense vai até Saquarema, enfrentar o Boavista.

Penapolense-SP perde para o Londrina-PR, mas se mantém em 2° no Grupo 8

Neste domingo (17), o Penapolense foi até Londrina, enfrentar o time da casa e conheceu sua primeira derrota na Série D. O time de Penápolis perdeu por 1 a 0 para o Tubarão, mas foi beneficiado pelo empate entre Metropolitano-SC e Pelotas-RS e continua na vice-liderança do grupo. O Londrina é o líder, com 12 pontos.

Poucas chances e nenhum gol

No começo do jogo, o Londrina fez valer o mando de campo e partiu para o ataque, criando boas chances. Do lado do time visitante quem mais apareceu foi Leandro Santos, que fez boas defesas e evitou que o time da casa saísse na frente.

Aos 7 minutos, o atacante Oliveira recebeu livre após passe de Guaru e ficou cara a cara com o goleiro Vitor, porém foi marcado impedimento do camisa 11.

No final do primeiro tempo, Joel faz boa jogada e toca para Bruno Batata, que por pouco não chegou para abrir o placar.

Londrina aperta e sai com os três pontos

Na segunda etapa, o Londrina voltou pressionando e por pouco não abriu o placar logo aos 2 minutos, depois de cruzamento de Lucas, a bola quase vai para o gol, mas Leandro Santos salva o CAP.

A resposta do Penapolense foi rápida, aos 6 minutos, Luiz Gustavo aparece dentro da área e bate forte, a bola vai por cima do gol do goleiro Vitor.

A melhor chance do CAP apareceu aos 18 minutos, depois de jogada de Fio e Guaru, Oliveira recebeu pela esquerda e tocou na saída do goleiro, a bola passou tirando tinta da trave do Londrina.

O time visitante continuou pressionando e por pouco Oliveira – de novo – não abriu o placar, ele teve boa chance, mas a zaga afastou.

O castigo do Penapolense veio aos 33 minutos, depois de boa jogada pelo lado esquerdo, Joel de carrinho fez 1 a 0 para o time paranaense.

Após o gol, o Londrina segurou o jogo e não sofreu mais nenhum lance de perigo,  e só esperou o apito final.

Próximo jogo

No próximo final de semana, o Londrina recebe o Boavista-RJ, novamente no estádio do Café, às 16 horas. Já o Penapolense vai até Blumenau enfrentar o Metropolitano, num confronto direto pelo segundo lugar. O jogo do CAP também será domingo, às 16 horas.

Em confronto direto, Penapolense vence Metropolitano-SC e assume o 2º lugar

O Penapolense continua invicto na Série D do Brasileirão, jogando no estádio Tenente Carriço nesse sábado, o time venceu o Metropolitano-SC por 2 a 0, com dois gols de Oliveira.

Com a vitória, o CAP chegou aos 5 pontos e assumiu a vice-liderança do Grupo 08 e empurrou o time catarinense para o terceiro lugar, com 3 pontos.

CAP aperta e Oliveira faz a diferença

Com o calor forte da cidade de Penápolis, o time da casa partiu para o ataque e buscou o gol desde o começo do jogo. Com boas jogadas de Guaru, o time criava, mas não conseguia abrir o placar no Tenentão.

Enquanto isso, o Metropolitano apostava nos contra-ataques para assustar o goleiro Leandro Santos, que fazia sua estreia como titular no gol capeano. Apesar da proposta, o time visitante não conseguiu criar nenhum perigo.

Na volta da pausa para hidratação dos jogadores, o time de Santa Catarina voltou disposto a atacar e acabou deixando espaço para o CAP, foi assim que Oliveira abriu o placar. Depois de bate e rebate dentro da área, a bola sobrou para o artilheiro do Penapolense, que fez 1 a 0 aos 35 minutos do 1º tempo.

Oliveira aparece de novo e CAP garante a primeira vitória

Depois do intervalo, a mudança foi apenas no lado do campo, o CAP continua pressionando e o Metropolitano buscando os contra-ataques, sem muito perigo.

E o segundo gol do time da casa não demorou a sair, depois de belo lançamento de Guaru, João Paulo apareceu sozinho na cara do goleiro, tendo tempo de deslocar o goleiro Dida e fazer o 2º gol do CAP, aos 17 minutos do 2º tempo.

Com a vantagem, o Penapolense começou a segurar o jogo e esperar o tempo passar, para garantir a primeira vitória nessa Série D. Os dois times criaram poucas chances de mexer no placar.

No final da partida, o Metropolitano foi ao ataque buscando diminuir a diferença, mas não conseguiu alterar o resultado.

Próximos jogos

Os dois times voltam a campo no próximo final de semana, o Penapolense vai até o Paraná para enfrentar o líder Londrina, no domingo, às 16 horas. Já o Metropolitano-SC recebe o Pelotas-RS, no mesmo dia e horário.

Penapolense já tem data para estrear na Série D do Brasileirão

Depois de ser eliminado pelo São Paulo nas quartas de final do Paulistão, o Penapolense volta suas atenções para as semifinais do Troféu Interior – o time vai a Ribeirão Preto enfrentar o Botafogo, em busca de uma vaga na final.

Além disso, no segundo semestre, o time de Penápolis vai disputar a Série D do Brasileirão e além de já conhecer o seu grupo (o 8), a equipe já tem até data para estrear. O time fará a primeira partida da história numa competição nacional no dia 2 de junho, em casa, no estádio Tenente Carriço, diante do Metropolitano, de Santa Catarina.

Até lá, o Penapolense deve “reformular” o elenco, já que peças importantes devem deixar a equipe ao término do Troféu do Interior.

Confira a tabela do Penapolense na Série D:

02/06 – Penapolense x Metropolitano-SC
07/07 – Lajeadense-RS x Penapolense
14/07 – Londrina-PR x Penapolense
21/07 – Penapolense x J. Malucelli-PR
28/07 – Penapolense x Londrina-PR
04/08 – J. Malucelli-PR x Penapolense
11/08 – Penapolense x Lajeadense-RS
25/08 – Metropolitano-SC x Penapolense