Penapolense empata com Marília em amistoso de preparação

amistoso.jpg

Amistoso com o Marília terminou empatado em 1 a 1 (Foto: Silas Reche/ CA Penapolense)

O Penapolense continua se preparando para a disputa da Série A2 de 2018. No segundo amistoso da temporada, o CAP saiu atrás no placar, mas empatou em 1 a 1 com o Marília, o gol do time da casa foi anotado por Everton Sena. O time somou seu segundo empate nessa pré-temporada – já havia empatado com o Noroeste por 0 a 0.

Próximo jogo

O time de Penápolis volta à campo amanhã (30), para enfrentar o Linense, fora de casa, às 10 da manhã. Depois da partida, o time receberá folga e se reapresenta no dia 2 de janeiro. O time ainda deve fazer alguns amistosos até a estreia da Série A2 no dia 17 de janeiro diante do Sertãozinho, em casa.

Reforços

matheus humberto

Matheus Humberto já defendeu o XV de Piracicaba/SP e estava no São Paulo/RS (Foto: Assessoria XV de Piracicaba)

E a busca por reforços continua nesse fim de ano, o Penapolense anunciou mais dois jogadores para o meio campo: Branquinho (ex-Santo André/SP) e Mateus Humberto (ex-São Paulo/RS).

Confira a lista atualizada de jogadores do Penapolense:

Goleiro:
Thiago Passos (ex-São Caetano/SP)
Velloso (ex-Novorizontino/SP)

Laterais:
Grafite (ex-Caldense/MG)
Dênis (ex-Guarani/SP)

Zagueiro:
Nino Santos (ex-futebol árabe)
Felipe Barros (remanescente)
Marcelo Bispo (ex-Linense/SP)
Thiago Gasparetto (ex- São Bernardo/SP)
Fandinho (ex-São Bento/SP)

Volantes:
Renato (ex- Jataíense/GO)
Cleberson (remanescente)
Carlos Coppetti (ex-São Caetano/SP)
Felipe Alves (ex-América de Natal/RN)

Meias:
Erik Mamadeira (ex-São Bento/SP)
Lucas Mineiro (ex-Tombense/MG)
Yamada (ex-União Barbarense/SP)
Everton Sena (ex-Água Santa/SP)
Renato Xavier (ex-Anapolina/GO)
Branquinho (ex-Santo André/SP)
Mateus Humberto (ex-São Paulo/RS)

Atacantes:
Diego Lira (ex- Goiânia/GO)
Leandro Love (remanescente)
Malaquias (ex-Guarani/SP e Bragantino/SP)
Tauã (ex-Tombense/MG)
Geovane (ex-Itabaiana/SE)
Nilo (ex-Espírito Santo/ES).

Em amistoso, Penapolense vence Marília por 3 a 1

Na tarde desta quarta-feira (11), o Penapolense recebeu o Marília no Tenentão para mais um amistoso de preparação para a Série A2 do Paulistão. O time da casa venceu o adversário que disputará a Série A3 por 3 a 1, com gols de André Cunha, Fio e Augusto Ramos, Gil Paraíba descontou para os visitantes.

O destaque do time capeano foi o volante André Cunha que participou dos 3 gols do time da casa.

Golaço de Fio e vantagem no intervalo

No começo da partida, o CAP partiu para o ataque e não demorou para abrir o placar. André Cunha lançou Gilvan que de costas ajeitou a boa para Fio, que de primeira, fora da área, acertou um belo chute no ângulo, sem chance para o goleiro, fazendo 1 a 0 para o time da casa.

Buscando ritmo de jogo, o Penapolense continuou pressionando o adversário e antes do intervalo conseguiu o segundo gol, após cobrança de pênalti de André Cunha, ampliando o placar antes do intervalo.

MAC diminui, mas CAP garante a vitória

Depois do intervalo, o Marília voltou animado e logo conseguiu diminuir o placar, após pênalti cometido por PV. Na cobrança, Gil Paraíba fez o gol do MAC.

O Penapolense manteve o ritmo e conseguiu o terceiro gol, depois de belo passe de André Cunha, o lateral esquerdo Augusto Ramos bateu cruzado e fez 3 a 1 para o CAP.

O Penapolense entrou em campo com: Samuel; Chrystian, Joílson, Léo Sam e Léo Carvalho; Paulo Vitor, Juliano, André Cunha e Germano; Fio Maravilha e Gilvan. Técnico Edson Só.

Próximo jogo

 O CAP volta a campo no próximo sábado (14) para enfrentar a Matonense, às 10h, no Tenentão. A estreia no Paulistão da Série A2, no dia 29 de janeiro, diante do Batatais, em casa.

De virada, Penapolense bate Marília e mantém liderança na Copa Paulista

O Marília recebeu o Penapolense no estádio Bento de Abreu neste sábado e acabou derrotado por 2 a 1, de virada, pela 7ª rodada da Copa Paulista. O MAC saiu na frente no primeiro tempo e teve um pênalti desperdiçado, no segundo tempo, o CAP virou justamente numa cobrança de pênalti, no final da partida. Com a vitória, o Penapolense abriu vantagem na liderança do Grupo 1, com 11 pontos, mantendo 3 pontos sobre o Mirassol. Já o MAC continua na lanterna, sem vencer, com apenas 1 ponto somado.

MAC sai na frente e perde penalti

Em casa, o Marília entrou com vontade de vencer e conseguiu fazer um primeiro tempo melhor que o CAP. Aos 28 minutos, Luciano Gigante recebeu a bola e não perdeu a chance de abrir o placar, fazendo valer a lei do ex.  Aos 40 minutos, Raul cruzou da esquerda para Luciano Gigante que foi tocado por Léo, dentro da área. Douglas foi para a cobrança, mas parou em Samuel Pires, que fez ótima defesa. Depois da defesa, o CAP cresceu na partida, mas continuou vendo Samuel Pires fazer defesas e salvar o time visitante.

Penapolense vira com pênalti no final

O jogo começou a mudar na segunda etapa, enquanto o MAC tentava se fechar para garantir o resultado, o Penapolense partiu para o ataque. O time visitante apostava nas jogadas aéreas e tentou diversas vezes até que aos 33 minutos, João Victor acertou uma cabeçada e empatou o jogo.

Depois do gol, o Marília se perdeu e o CAP cresceu na partida; aos 41 minutos, a bola pegou na mão do defensor e o árbitro marcou pênalti. A cobrança foi de André Cunha que não perdeu a chance e virou a partida para o Penapolense.

Próximos Jogos

As equipes do Grupo 1 estarão de folga na próxima rodada, mas voltam na 9ª rodada. O Penapolense enfrenta o Catanduvense, fora de casa, no sábado 20 de agosto, no Silvio Salles. Já o MAC vai até Olímpia enfrentar o time da casa, no domingo, às 10h00.

Confira o que mudou na Série A2 do Paulistão para 2016

A edição do Campeonato Paulista – Série A2 passará por mudanças no regulamento a partir de 2016, isso foi definido no arbitral que aconteceu na semana passada na sede da Federação Paulista de Futebol, com votação da maioria dos clubes sobre as mudanças.

A primeira mudança significativa é o número de acesso, se até 2015 eram 4 clubes que garantiam o acesso, ano que vem serão apenas 2. Além disso, o número de rebaixados sobe de 4 para 6, aumentando a preocupação dos clubes menores.

Outra mudança foi na fórmula de disputa, saem os pontos corridos e volta o “mata-mata”- a primeira fase será em turno único, com 19 rodadas, os 8 melhores se classificam para as oitavas, depois quartas e semis, os dois finalistas estarão na Série A1 em 2017. As quartas e semifinais serão disputadas em duas partidas, já a final será partida única (no dia 8 de maio).

O que continua igual é o limite de 28 jogadores inscritos por equipe (25 jogadores de linha e três goleiros). O prazo para inscrição é no dia 4 de março, ou seja, antes da décima rodada.

O calendário dos jogos só deverá ser divulgado em dezembro, um mês antes do inicio da competição.

Outra mudança que segue o que foi definido na Série A1 é que os técnicos só poderão trabalhar em um clube daquela divisão, evitando a troca de técnicos dentro da mesma série.

Dezenove clubes estão confirmados na Série A2 em 2016, 11 já disputaram a competição em 2015 (Atlético Sorocaba, Batatais, Guarani, Independente, Monte Azul, Paulista, Rio Branco, Santo André, São Caetano, União Barbarense e Velo Clube); quatro foram rebaixados da elite (Bragantino, Marília, Penapolense e Portuguesa) e quatro clubes que conseguiram o acesso (Barretos, Juventus, Taubaté e Votuporanguense).

A última vaga está entre Mirassol e Água Santa – o time de Diadema conseguiu o acesso, mas está com problemas em seu estádio e pode ficar de fora por não ter o número mínimo de lugares para receber jogos da Série A1 e assim pode continuar na Série A2, se não entregar os laudos necessários para a Federação.

Nos acréscimos, Penapolense garante a primeira vitória no Paulistão

O Penapolense foi até Marília enfrentar o time da casa, no que era o duelo entre os dois últimos colocados do Paulistão – e as únicas equipes que ainda não haviam vencido no estadual. Melhor para o Penapolense que venceu por 2 a 1 e chegou aos cinco pontos, mas que ainda continua na zona de rebaixamento, já o MAC está em situação preocupante e caminha a passos largos rumo à Série A2.

Léo marca e CAP sai na frente

O jogo começou com as duas equipes nervosas e errando muitos passes. A proposta dos dois treinadores era esperar a equipe adversária. E o jogo só teve mais chances quando o Penapolense começou a explorar o espaço e a falta de objetividade do Marília. Foram chances de perigo, principalmente nos contra-ataques, com a velocidade da dupla de ataque Léo e Diego Rosa.

E foi em uma jogada dessa dupla que o CAP abriu o placar, Diego Rosa avançou do meio campo e tocou para Léo, sozinho empurrar para o fundo das redes e fazer 1 a 0 para o Penapolense.

Ronaldo Mendes salva o CAP aos 50 minutos

O segundo tempo começou com o CAP criando e buscando o segundo gol e o MAC se segurando como podia e contando com boas defesas de seu goleiro.

Em uma dessas chances, Arnaldo bateu a queima roupa e por pouco não abriu 2 a 0 para o Penapolense. Depois disso, o time visitante se fechou e esperou a iniciativa do Marília.

Aos 48 minutos, o MAC conseguiu empatar depois de um cruzamento na área, a bola sobrou para Leandro Costa, que de voleio, empatou a partida parecia garantir pelo menos um ponto para o time da casa.

Na saída de bola, Sérgio Mota foi lançado e o goleiro do MAC fez falta na entrada da área, aos 50 minutos, Ronaldo Mendes bateu a falta e fez o segundo gol do Penapolense, garantindo os três pontos para a equipe de PC Gusmão.

Classificação e Próximo jogo

Com a vitória o CAP assumiu o terceiro lugar no Grupo D, com 5 pontos, 1 a menos que o vice-líder Capivariano. Já o MAC segue na lanterna do Grupo C e na classificação geral com apenas um ponto.

Na próxima rodada, o Penapolense vai até Barueri enfrenta a Portuguesa, no sábado às 21h. Já o Marília recebe o XV de Piracicaba, na sexta-feira, às 19h30.

Federação Paulista define os grupos do Paulistão 2015

Nesta segunda-feira (3), foram sorteados os grupos para o Campeonato Paulista de 2015. As 20 equipes foram divididas em 5 potes com 4 equipes cada. Os cabeça de chave – que estavam no pote 1- foram Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo. Os demais potes estavam divididos de acordo com a classificação do clube no estadual deste ano.

A primeira fase do Paulistão será de 1º de fevereiro a 8 de abril de 2015. As equipes jogam entre si, tirando as do mesmo grupo que não se enfrentam na primeira fase. Na segunda fase, os dois melhores de cada grupo se enfrentam em jogo único. Em caso de empate, a decisão será nos pênaltis.

As quartas-de-final serão dia 12 de abril; já as semifinais serão dia 19 de abril – o time de melhor campanha enfrenta a quarta melhor campanha e a segunda enfrenta a terceira.

A final será decidida em dois jogos – 26 de abril e 3 de maio. Nenhuma equipe terá vantagem por ter melhor campanha. Em caso de empate, a decisão será sempre nos pênaltis.

Confira os grupos do Paulistão 2015:

Grupo 1
São Paulo
Ituano
São Bernardo
Mogi Mirim
Red Bull

Grupo 2
Corinthians
Ponte Preta
Audax
Rio Claro
São Bento

Grupo 3
Palmeiras
Botafogo
Portuguesa
Linense
Marília

Grupo 4
Santos
Penapolense
Bragantino
XV de Piracicaba
Capivariano

Penapolense consegue 3ª vitória seguida e garante vaga na 2ª fase

Penapolense venceu fora de casa e garantiu a vaga na 2ª fase

O Clube Atlético Penapolense conseguiu mais uma vitória, desta vez, contra o Marília. O time fez 3 a 1 no estádio Bento de Abreu e garantiu matematicamente a vaga na próxima fase da Copa Paulista. Os gols do Penapolense foram anotados por Danilo (2) e Biro.

Nos últimos três jogos, o time fez 12 gols e sofreu apenas dois. Nesse embalo, o time já pensa na segunda fase e pode poupar jogadores nas rodadas finais da primeira fase.

O JOGO

Atuando fora de casa, o Penapolense foi para cima logo no começo, aos 6 minutos de jogo, o atacante Danilo abriu o placar. Depois do gol, o Penapolense manteve o ritmo, mas sofreu pressão do time da casa. Essa pressão deu resultado, aos 38 minutos, Márcio Luiz fez o gol de empate do time da casa.

No segundo tempo, o Penapolense voltou  melhor e aos 6 minutos fez 2 a 1 com Biro. O terceiro gol não demorou a sair, 5 minutos depois, Danilo marcou o segundo dele no jogo e fechou o placar em 3 a 1. Antes do apito final, o Marília ainda teve três jogadores expulsos. Apesar da vantagem numérica, o CAP preferiu manter o ritmo. O técnico Edson Só poupou alguns jogadores e apenas esperou o final do jogo.

Com o resultado, o Penapolense chegou aos 19 pontos e garantiu a vaga na 2ª fase, com três rodadas de antecedência.

Na próxima quarta feira, o CAP recebe o Noroeste no estádio Tenente Carriço, às 8 da noite.

Em casa, Penapolense vence o Marília por 2×1

Jogando na manhã deste domingo, o Penapolense recebeu o Marília no Tenentão. O time de Penápolis conseguiu a primeira vitória na competição, 2×1, com gols de Peres e Luciano Gigante. O gol do time visitante foi marcado por Carlinhos.

O jogo começou equilibrado, mas o Penapolense, diante da torcida foi para cima do MAC, e criou as melhores chances, e aos 18 minutos do primeiro tempo, Peres cabeceou sem chances para o goleiro, fazendo 1×0 para o time da casa. Depois do gol, o time da casa diminuiu o ritmo e deu espaço para os visitantes, e o resultado desse espaço apareceu aos 30 minutos, quando Carlinhos deixou tudo igual no estádio Tenente Carriço. 

No segundo tempo, o time da casa voltou disposto a vencer, mas embarrava na forte marcação e não conseguia criar chances reais de gol, mas a história mudou aos 42 minutos do segundo tempo, quando o árbitro marcou um penâlti para o time da casa, e Luciano Gigante, bateu bem e fez 2×1, dando números finais a partida. 

Com o resultado, o Penapolense deixou a lanterna do grupo e subiu para a 5ª posição com 3 pontos em 2 jogos, o líder do grupo é o Noroeste, com 6 pontos em 4 jogos.

O próximo jogo será justamente contra o líder do grupo, na quarta feira, às 15h30, em Bauru. 

FICHA TÉCNICA

Penapolense 2 x 1 Marília
Local: Estádio Tenente Carriço
Árbitro- Camilo Marques Zampelão.
Auxiliares: Osny Antônio Silveira e José Spina Redondo

Penapolense: Washington, Niander, Perez (Domingos Júnior), Biro e Rodrigo Biro; Vagner, Dominguinhos (Patrik), Guarú e Felipe Baiano (Charles); Beto e Luciano Gigante. Técnico Edison Só.

Marília: Luiz Fernando, Felipe Cordeiro (Ricardinho), Negretti, Marcelo e Júlio César; Osmar Coelho, Magal, Carlitinho e Fausto; Márcio Ruiz (Daniel Abelha) e Rafael Aidar. Téc. Guilherme.

 

 

Balanço da 1ª rodada do Paulistão

A 1ª rodada do campeonato Paulista deste ano não teve lá muitas surpresas, dos times considerados grandes, apenas o Santos não venceu na estréia, o time da Vila jogou com a Portuguesa no Morumbi, e acabou sendo derrotado por 2×0, gols de Christian e Marcelo. Jogando na Rua Javari, o time do Juventus que agora conta com Vampeta, não saiu de um empate em 1×1 com o Noroeste de Bauru, o gol do Moleque Travesso foi marcado por Vinícius, já o gol do time do interior paulista foi de Otacílio Neto, que jogou o último Brasileirão pelo Figueirense. Já a Ponte Preta não tomou conhecimento do time do Ituano e aplicou uma goleada por 4×2, o time de Itu que já foi rebaixado no Brasileirão -Série B ano passado, corre o risco de cair no Paulistão neste ano. Os gols do jogo foram: Eduardo Arroz, Wanderley, Elias e Leandro para a Ponte, Márcio Alemão e Eduardo Arroz (contra) descontaram para o time de Itu. A maior surpresa até aqui foi a vitória do Mirassol sobre o Grêmio Barueri por 2×1, os gols do Mirassol foram marcados por Anderson Lobão e Xuxa, Alex Maranhão descontou pro time de Barueri. O Paulista de Jundiaí é outro clube que estava em queda livre no ano passado e continuou o ano da mesma forma que terminou 2007, com derrota, desta vez o time perdeu de 2×0 para o Rio Claro, os gols do Rio Claro foram marcados por Chumbinho e Mirandinha. Na Quinta-Feira, os outros grandes clubes paulistas estrearam no Paulistão, e nenhum quis fazer feio, o Palmeiras venceu o Sertãozinho por 3×1 com 2 gols de Alex Mineiro e 1 de Willian, o ex atacante do Atlético Paranaense fez sua estréia com o pé direito no time do Palestra Itália. Já o São Paulo, atual campeão Brasileiro, terminou o 1º tempo perdendo, mas no 2º outro estreante brilhou e deu a vitória ao time do Morumbi, Adriano, ele mesmo, fez os dois gols do time e deu a vitória por 2×1 contra o time do Guaratinguetá, que saiu na frente em cobrança de falta de Renato. O Corinthians também não quis saber de brincadeira na estréia e venceu o Guarani por 3×0 com 2 gols do artilheiro da “Fiel”, Finazzi, o outro gol do time de Parque São Jorge foi marcado por Dentinho. O Marília venceu o Bragantino por 2×0 e mostrou que chega para o Paulistão deste ano, o time marcou com Wellington Silva e Gum. Para finalizar a rodada, São Caetano e Rio Preto jogaram e acabaram empatando em 2×2, Paulo Roberto e Jorginho fizeram os gols do Rio Preto, Rafinha e Douglas descontaram para o São Caetano, dando números finais ao jogo.


por Zuba Ortiz