Penapolense surpreende, vence o Oeste em Barueri e assume vice-liderança

leandro-love.jpg

Leandro Love fez o 3º e garantiu a vitória diante do Oeste em Barueri (Foto: Silas Reche/ CA Penapolense)

Jogando na Arena Barueri, o Penapolense conseguiu um ótimo resultado diante do Oeste. O time de Penápolis venceu por 3 a 1 e quebrou a invencibilidade do atual líder da Série A2.

Com a vitória, o CAP chegou aos 13 pontos, mesma pontuação do Oeste, a diferença é o saldo de gols (8 a 5 para o Rubro Negro da Grande SP). os dois times podem ser ultrapassados pelo São Bernardo, que tem 11 pontos e ainda joga no fim de semana. Outro que pode chegar na briga é o Rio Claro, que tem 10 pontos – mas  apenas 2 gols de saldo.

Grafite faz golaço e deixa CAP na frente

Na sexta-feira de Carnaval, o Oeste começou a levar o seu bloco pra rua logo cedo. Apesar de insistir no ataque com Marion e Mazinho, foi o CAP que saiu na frente. Aos 27 minutos, Branquinho cobrou falta com perfeição e fez 1 a 0 para o time visitante.

A reação do Oeste foi imediata, três minutos depois, em cobrança de escanteio de Mazinho, Joílson (que já defendeu o CAP) subiu sozinho e deixou tudo igual na Arena Barueri.

Com o placar igual, o time da casa começou a pressionar e buscar a virada, criando boas chances, vendo o goleiro Thiago se destacar.

Foi num contra-ataque, aos 44 minutos, que a bola sobrou para o lateral Grafite, que bateu de primeira, sem chances para o goleiro, fazendo 2 a 1 para o CAP.

CAP se segura e amplia no finalzinho

Na volta do intervalo, o Oeste continuou pressionando e apostando nas jogadas com Mazinho e Nicolas Careca que entrou no intervalo. Apesar das boas chances, a zaga do CAP estava bem posicionada e sofria pouco para bloquear o ataque do time da casa.

Enquanto o time da casa se jogava para o ataque, o CAP se segurava e explorava a velocidade de Malaquias.

E foi em um desses contra-ataques que o time de Penápolis chegou ao terceiro gol, Malaquias bateu forte, a bola sobrou para Leandro Love só completar e fazer 3 a 1, dando números finais à partida e garantindo mais três pontos longe de Penápolis.

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo na próxima terça-feira, em casa, diante da Inter de Limeira, às 18 horas, no Tenentão, pela 7ª rodada da Série A2 do Paulistão. 

Anúncios

Leandro Love marca e Penapolense vence o Oeste

16463621_174905466329258_7354809115176859914_o

Leandro Love fez o gol da vitória e deixou o CAP em 5º na A2 (Foto: Silas Reche/C.A. Penapolense)

Pela quarta rodada da Série A2 do Campeonato Paulista, Penapolense e Oeste entraram em campo neste domingo, às 10h00, no Tenentão. Fazendo valer o mando de campo, o CAP venceu por 1 a 0, com gol de Leandro Love. Com o resultado, o time de Penápolis é o 5º colocado com 8 pontos, já o time de Itápolis fica em 12º com 5 pontos, 2 a mais que o Z6.

Calor forte e poucas chances

Jogando em casa, o Penapolense dava espaço para o Oeste. O time visitante criou as melhores chances no começo da partida, sempre com Mazinho (ex-Palmeiras). Apesar de ter mais chances claras, o time de Itápolis se mostrava satisfeito com o empate.

Apostando nos contra-ataques, o Penapolense jogava recuado e esperava o Oeste partir para o ataque. Mas nenhuma chance clara foi criada, e os dois times foram para o intervalo sem mexer no placar.

Leandro Love aparece e garante a vitória

Diferente do primeiro tempo, o CAP começou o segundo tempo partindo para o ataque e por pouco não abriu o placar com Gilvan – que se complicou dentro da área e perdeu a chance de fazer o primeiro gol da partida.

Pouco depois, aos 17 minutos, depois de bom lançamento, o goleiro Rodolfo falhou e a bola sobrou para Leandro Love fazer o gol do CAP.

Depois do gol, o Oeste foi para o ataque em busca do empate, mas esbarrava na zaga do CAP que se mostrava segura na partida.

No final da partida, o Penapolense quase fez o segundo, mas Iago acabou perdendo uma chance clara, de frente para o gol, ele poderia ter tocado para Leandro Love que estava livre, mas preferiu bater para o gol, e parou na boa defesa do goleiro Rodolfo.

Próximos jogos

O Penapolense volta a campo na próxima quarta-feira, às 20h00, no estádio Fortaleza, diante do Barretos. Já o Oeste só volta a campo no dia 19, diante do Batatais, em casa. O time de Itápolis fará sua estreia na Copa do Brasil no meio da semana, diante do Friburguense/RJ.  

Penapolense vence o Guarani e está a 3 pontos da Série D e das Quartas de Final

O Penapolense chegou ao 5º jogo sem derrota nessa reta final de Paulistão e a “vítima” deste sábado foi o Guarani – que com a derrota está virtualmente rebaixado. O placar foi 3 a 0 para o time de casa, com gols de Guaru (2) e Wellysson (contra). Se o time de Penápolis não perde a 5 jogos, o de Campinas não ganha a 9 rodadas – a última vitória foi há dois meses, contra o São Caetano, por 3 a 1.

O jogo começou com o time da casa criando boas chances com Magrão e Rodrigo Biro. O Guarani só conseguiu assustar o time da casa aos 13 minutos, em lance de Erik. Depois disso, o Penapolense tomou conta do jogo, mas se complicava com as poças de água no gramado.

A história do jogo começou a ser mudada aos 30 minutos, quando Silvinho ganhou na corrida do zagueiro Cássio e foi derrubado dentro da área. O juiz marcou pênalti, Guaru cobrou e fez 1 a 0 para o time de casa. Antes do apito para o final do primeiro tempo, o Penapolense quase fez o segundo, com Silvinho.

No segundo tempo, o Guarani decidiu ir em busca do empate e deu espaços para o Penapolense jogar no contra-ataque, e foi assim que as 14 minutos, Silvinho ganhou na velocidade e bateu para defesa do goleiro Renan, mas na sobra, Guaru chutou para o gol vazio, fazendo 2 a 0 para o Penapolense.

Logo depois do gol, o Guarani chegou a pressionar com Cadu, mas o Penapolense conseguiu segurar o time de Campinas e só administrou o resultado e “abusou” de perder gols com Magrão – que perdeu pelo menos duas chances claras.

No final da partida, aos 43 minutos, Fio cruzou e o zagueiro Wellyson chegou antes de Sérgio Mota e deu números finais aos jogo, fazendo 3 a 0 para o time de Penápolis – que na sua primeira participação na elite estadual está perto de chegar no “mata-mata”.

Com a vitória, o Penapolense chegou aos 27 pontos e é o 8º colocado, com 3 pontos a mais que o Bragantino (9º). Já o Guarani continua com 10 pontos e ocupa a última posição (20º) da competição.

Na próxima rodada, o Penapolense recebe o São Caetano – outro clube ameaçado pelo rebaixamento – enquanto o Guarani vai enfrentar o Palmeiras no Pacaembu e pode ser matematicamente rebaixado.

Fora de casa, Penapolense perde para o lanterna Oeste

Precisando de uma vitória para se aproximar ainda mais dos líderes, o Penapolense foi até Itápolis para tentar um bom resultado contra o lanterna Oeste. No começo da partida, o Penapolense foi melhor e comandou boa parte do primeiro tempo, criando boas chances, a maioria delas em chutes de fora da área.

O Penapolense criou boas chances com Liel que cabeceou na trave e depois continuo comandando o jogo com os dois laterais – Rodrigo Biro e Luis Felipe – descendo ao ataque e criando chances de gol.

Mas aos 21 minutos, o jogo mudou, Gilmar sofreu falta e ele mesmo bateu sem chances para o goleiro Marcelo, fazendo 1 a 0 para o time de casa e fazendo o visitante “sentir” o gol. Depois de sair atrás na partida, o Penapolense acabou “cansando” e não teve poder de reação até o fim do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Oeste voltou melhor e o Penapolense continuava “cansado” e sem criar chances para iniciar uma reação.  Os dois treinadores fizeram alterações, mas pouca coisa mudou e o jogo continuou “pegado” no meio campo.

O Penapolense foi para o ataque em busca do empate e o Oeste apostava nos contra-ataques. Foi em um contra-ataque que Gilmar lançou Serginho que bateu na saída do goleiro Roni – que substitui Marcelo, que sentiu lesão – fazendo 2 a 0 para o time da casa.

E antes do apito final, o zagueiro Jaílton (Penapolense), foi expulso depois de uma entrada sem a bola em Mirandinha. E no final dos 90 minutos, o placar apontou 2 a 0 para o Oeste, que saiu da zona do rebaixamento.

O próximo jogo do Penapolense será sábado, às 18h30, em Ribeirão Preto, contra o Botafogo.