No Pacaembu, Penapolense arranca empate contra o Corinthians

O Penapolense continua fazendo boa campanha e dessa vez complicou a “vida” do Corinthians. Mas apesar do empate, o CAP não começou bem, e diante de pouco mais de 13 mil pessoas – entre essas, 550 capeanos – viu o Corinthians abrir o placar logo aos 4 minutos, depois de cruzamento de Emerson Sheik, Heleno tentou cruzar e acabou jogando contra o próprio gol, fazendo 1 a 0 para o Timão.

Apesar de sair na frente, o Corinthians manteve o ritmo e criou boas chances, mas não conseguia fazer o gol. No final do primeiro tempo, o atual campeão do mundo deu espaço e Val Baiano teve algumas chances de empatar a partida.

No segundo tempo, o Corinthians deu menos espaço e tinha o controle do jogo, tocava a bola e esperava o tempo passar. Já o Penapolense esperava um erro do time da casa para tentar buscar o empate. E buscando mudar o ritmo do jogo, Pintado mexeu e tirou o atacante Val Baiano e colocou o veloz Geuvânio.

Depois da alteração, o time ganhou velocidade e assustou mais a zaga corintiana, e foi uma saída errada de Edenilson aos 29 minutos, que essa velocidade fez a diferença: Geuvânio tocou de primeira e Silvinho, de cara para o gol, só precisou tocar por entre as pernas de Júlio César e comemorar o gol de empate do “caçula” do Paulistão.

No final da partida, o Corinthians ainda tentou fazer o gol, mas não conseguiu balançar as redes do goleiro Marcelo. Com o empate, o Corinthians chegou aos 26 pontos e está na 5ª posição, já o Penapolense chegou a 21 e agora é o 8º colocado.

A próxima partida do Penapolense é no sábado, diante do Mirassol – que vem de goleada sobre o Palmeiras – fora de casa, às 18h30.

Anúncios

Penapolense vence jogo dos “6 pontos” contra o Paulista

Depois de quatro jogos sem vitória, o Penapolense voltou a vencer, o time fez 2 a 0 no Paulista, pela 11ª rodada do Paulistão e chegou aos 16 pontos e manteve o 9º lugar. Além de voltar a vencer, o time bateu um adversário direto pela vaga no G8 e na Série D, o time de Penápolis também conseguiu a primeira vitória sob o comando do técnico Pintado.

Jogando em casa, o Penapolense foi superior e tomou a iniciativa do jogo, enquanto o Paulista buscava assustar em contra-ataques. O destaque do Penapolense foi o meia Neto que ditava o ritmo do jogo ao lado de Sérgio Mota, que fazia sua estreia, substituindo Guaru – que estava suspenso.

Apesar de comandar o jogo, o gol do Penapolense só saiu aos 36 minutos, quando Sérgio Moto lançou Silvinho, que invadiu a área e bateu por baixo do goleiro, fazendo 1 a 0 para o time da casa.  O Paulista ainda tentou pressionar em busca do empate, mas não conseguiu tirar o zero do placar.

Na volta do 2º tempo, o Penapolense voltou com a mesma vontade do começo do jogo, e o resultado disso apareceu logo aos 2 minutos de jogo, quando o Fio ganhou na corrida da zaga do Paulista e só teve o trabalho de deslocar o goleiro para fazer 2 a 0.

Depois de sofrer o 2º gol, o Paulista foi em busca do gol e deixou espaços para o Penapolense, “invertendo” a situação do começo da partida e deixando o contra-ataque como arma para o time da casa.

Porém, a zaga do Penapolense foi bem e não deixou que o Paulista criasse chances claras de gol, terminando o jogo em 2 a0.

O time de Penápolis volta a campo no sábado, às 16h, quando vai até Bragança Paulista, enfrentar o Bragantino.

Penapolense empata com o Atlético Sorocaba e deixa escapar a chance de ser líder

Neste domingo, Penapolense e Atlético Sorocaba – que conseguiram o acesso para a elite em 2012 – se enfrentaram e ficaram no empate em 1 a 1, jogando no Tenente Carriço, em Penápolis.

O time de Penápolis precisava vencer para encostar nos líderes, já o Atlético Sorocaba buscava uma vaga no G8 e “fugir” da zona do rebaixamento. O empate acabou por “derrubar” a campanha 100% do Penapolense em casa.

O jogo começou com o CAP atacando e buscando o gol desde o começo, com apoio de mais de 1100 pagantes. Aos 15 minutos, Marcelo Moretto errou na saída de bola e Guaru foi até a linha de fundo e cruzou para Silvinho, de primeira, fazer 1 a 0 para o Penapolense – que naquele momento era líder do Paulistão.

Mas o gostinho de ser líder novamente durou apenas 12 minutos, aos 27, Gérson antecipou a zaga e fez o gol de empate da equipe de Sorocaba.

No segundo tempo, o Atlético Sorocaba voltou melhor e criou boas chances logo depois do intervalo, primeiro com Carlinhos e depois com Rai. O Penapolense respondeu com Guaru que ao invés de cruzar bateu direto para o gol, quase enganando o goleiro adversário.

No final da partida, o Atlético Sorocaba quase conseguiu a virada, primeiro com Misael que chutou para defesa de Roni, no rebote, Jorge Preá chutou na trave e perdeu a chance de conquistar os três pontos.

Com o empate, o Penapolense chegou aos 13 pontos, dois a menos que a líder Ponte Preta. No próximo domingo, o CAP vai até Itápolis enfrentar o Oeste, às 19h30.

Amistoso: Penapolense goleia Novorizontino por 4 a 1

O Penapolense venceu bem o último amistoso antes da estreia no Paulistão 2013, com portões fechados para a torcida e jogando no CT do clube, o time venceu o Novorizontino por 4 a 1.

O time começou pressionando e fez 1 a 0, aos 5 minutos de jogo, com Fio; aos 8, Guarú fez 2 a 0 e quatro minutos depois, o mesmo Guarú fez 3 a 0. No final do primeiro tempo, Fio fez o quarto gol, aos 44 minutos.

No segundo tempo, o time sofreu várias alterações – Biro entrou no lugar de Jailton; Fernando no lugar de Anderson Carvalho; Daniel no lugar de Neto; Luciano Gigante no lugar de Guaru e Silvinho no de Viola. O gol do Novorizontino descontou de falta aos 33 minutos, com Piti.

O time volta a campo no próximo sábado, às 19h30, contra o Ituano, fazendo a estreia no Paulistão 2013.

No primeiro amistoso de 2013, Penapolense vence Monte Azul

Jogando nesta terça-feira, o Penapolense venceu o Monte Azul por 2 a 0, com gols de Guaru e Viola. A partida faz parte da preparação da equipe de Penápolis para a estreia na elite do Paulistão, já o Monte Azul se prepara para a disputar da Série A2 e tentar voltar à primeira divisão estadual.

Como se tratava de um jogo amistoso, não havia número limite para substituições. E apesar do jogo ser apenas “preparatório”, dois atletas acabaram sendo expulsos por reclamação: Jean Pablo (Monte Azul) e Anderson Carvalho (Penapolense).

O Penapolense abriu o placar aos 20 minutos do primeiro tempo com Guaru, que marcou após cobrança de pênalti. Aos 28 minutos, o time chegou ao 2º gol, depois de boa jogada pela direita, Fio tocou para Viola marcar.

No segundo tempo, os times voltaram com várias mudanças, mas o placar continuou o  mesmo, 2 a 0 para o Penapolense.

O time volta a campo na quinta-feira, às 19 horas, para enfrentar o Noroeste de Bauru, também no estádio municipal Tenente Carriço.

O valor do ingresso será R$ 10, e os torcedores que compraram o “passaporte” para os 9 jogos do Paulistão terão entrada gratuita.

Ficha técnica
Penapolense: Marcelo, Luís Felipe (Alex), Jaílton (Perez), Gualberto (Biro) e Rodrigo Biro; Liel (Denis), Anderson Carvalho (Fernando), Neto (Luciano Gigante) e Guaru (Daniel); Viola (Francismar) e Fio (Danilo). Téc. Edison Só.

Monte Azul: André Luís, Marcelo Ferreira (Fábio), Robson, Jean Pablo (Pit) e Flávio; Alex (Denis Willian), Marcelo Godri (Jadson), Tiago Carpini (Betão) e Juca (Daniel); Wellington (Pablo) e Anderson Ataíde (Everton Sena). Téc. Betão Alcântara.

Penapolense recebe dois jogadores do Consadole Sapporo

Na reapresentação desta quarta-feira, o Penapolense mostrou novidades ao torcedor e aos próprios jogadores, dois jogadores japoneses vestiram a camisa do Pantera da Noroeste. Trata-se do meia-atacante Takuma Arano e do atacante Junki Yokono, que ficarão 1 mês em “testes” com a comissão técnica e poderão ser aproveitados no Paulistão 2013.

Durante o período que estarão no CT com os demais atletas será necessário um interprete para repassar as informações aos jogadores. Na apresentação, eles já arriscaram algumas palavras em português.  E se mostraram surpresos com o que encontraram no CT. “Bem mais do que esperávamos”, afirmou Takuma.

Para o diretor de futebol, Mauro Moreira, esse intercâmbio de jogadores é importante para as duas equipes. “A princípio nossa intenção é de estreitar os laços de amizade com o time japonês e estabelecer até mesmo uma parceria”, comentou o diretor.

Apesar de estarem apenas em fase de teste, não está descartada a possibilidade dos jogadores japoneses serem contratados para a disputa da elite estadual, mas que isso só irá ocorrer caso eles consigam se encaixar no perfil dos demais jogadores do elenco. 

Penapolense é derrotado pelo Londrina no 1º amistoso de preparação

No primeiro jogo de preparação para o Paulistão 2013, o Clube Atlético Penapolense foi derrotado pelo Londrina por 2 a 1. O jogo foi realizado em Braúna, na noite desta quinta-feira.

Buscando o time ideal, o técnico Edison Só realizou muitas alterações na equipe para dar ritmo de jogo e conhecer melhor alguns jogadores que chegaram para a disputa do estadual.

Com o time considerado titular no primeiro tempo, o time de Penápolis criou boas chances mas não conseguiu converter em gols – problema esse que atormenta a equipe desde a Copa Paulista deste ano.

Depois de perder diversas chances, o time ainda sofreu o gol do Londrina, depois de um contra-ataque Weverton fez 1×0 para a equipe paranaense.

No segundo tempo, Edison Só fez 8 mudanças no Penapolense e o Londrina aproveitou a falta de entrosamento para fazer 2 a 0, com Celsinho que completou para o gol depois da falha da zaga penapolense.

Com vantagem no placar, o time paranaense apostava nos contra-ataques para vencer a partida, enquanto o time de Penápolis tentava o empate. O gol do Penapolense veio aos 28 minutos com Luciano Gigante. Mas ao final dos 90 minutos, o placar apontava 2 a 1 para o Londrina.

O segundo jogo dessa série de amistosos do Penapolense será dia 30 de dezembro, em Avanhandava, contra o Arapongas.

Confira as equipes:

Penapolense: Marcelo, Luís Felipe (Alex), Perez (Jailton), Gualberto (Biro) e Rodrigo Biro; Liel (Denis), Fernando (Beto), Guaru (Didi), Neto (Daniel) e Silvinho (Luciano Gigante); Viola (Fio). Tec. Edison Só.

Londrina: Danilo, Regis, Rogério, Elson e Wendell; Sílvio, Germano (Sérgio Paulista) e Celsinho (Jean Carlos); Bruno, Neilson e Weverton. Tec. Sérgio Luiz Malucelli.