Penapolense empata com Olímpia e mantém liderança do Grupo 1

O time de Penápolis perdeu a chance de se isolar na liderança, neste sábado, o time empatou com o Olímpia no Tenentão. O time da casa abriu o placar com André Cunha e sofreu o empate nos minutos finais da partida com Robinho. O Penapolense continua na liderança do Grupo 1, com oito pontos em 4 jogos, com o Votuporanguense na cola, com 6 pontos. Enquanto isso, o Olímpia também chegou aos 6 pontos, mas está em terceiro por conta do saldo de gols.

Penapolense sai na frente

Com a partida bastante disputada, os dois times se estudaram bastante no meio campo, em busca de espaços para chegar bem em busca do gol. O Penapolense abusava das jogadas aéreas, já o Olímpia se defendia bem e buscava os contra-ataques em velocidade.

A primeira chance clara só aconteceu aos 35 minutos, quando Cassinho bateu de fora da área e Mumu fez boa defesa.

O primeiro gol saiu aos 43 minutos, quando Fio recebeu dentro da área e bateu forte, o goleiro Mumu deu rebote e André Cunha chegou para empurrar para o fundo das redes. Depois do gol, o time visitante partiu em busca do gol, mas o CAP soube segurar o resultado.

No final, Olímpia consegue o empate

No segundo tempo, o Penapolense continuava melhor e criando boas chances de gol, enquanto o time visitante se defendia e buscava velocidade para chegar ao gol do CAP, mas não tinha muito sucesso.

Aos 22 minutos, Fio ficou perto de fazer 2 a 0, o atacante recebeu ótimo lançamento e bateu forte, mas o goleiro fez ótima defesa.

Apesar das poucas chances, o Olímpia conseguiu o empate aos 39 minutos, Marcos Bahia arriscou de fora da área, o goleiro Samuel Pires deu rebote e a bola sobrou para Robinho que não desperdiçou e empatou a partida.

No fim da partida, as duas equipes estavam em busca da vitória, mas não conseguiram tirar o empate do placar.

Próximos jogos

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, para a disputa da sétima rodada do Grupo 1. Às 10 horas da manhã, o Olímpia recebe o Votuporanguense, no Estádio Maria Tereza Breda. Já a tarde, às 16h00, o Penapolense encara o Marília, fora de casa, no Bento de Abreu.

Depois de demitir Paulinho Kobayashi, Penapolense confirma a chegada de Evaristo Piza

capivariano-acesso.jpg

Evaristo Piza foi campeão da Série A2 em 2014 com o Capivariano (Foto: Divulgação)

Pensando na chance de se recuperar na competição, o Penapolense agiu rápido e já anunciou o novo treinador para a sequência da Série A2, trata-se de Evaristo Piza – que estava na Série A1, com o Capivariano.

Depois da saída de Kobayashi, Piza era o principal nome da diretoria para assumir o CAP, inclusive por ter conquistado o título em 2014, com o time de Capivari.

Junto com o treinador chega o auxiliar Nerí Caldeira, que já trabalhou no Fenerbaçe, da Turquia.

E pensando em fugir do rebaixamento, a diretoria ainda anunciou o nome de três reforços: o zagueiro Jorge Miguel (ex-CRAC-GO); Júlio César (ex-Colo Colo-BA) e Diego Higino (ex-Anapolina-GO).

Com a chegada de novos jogadores e com a mudança no comando técnico, os dirigentes esperam uma reação da equipe em busca da classificação para a segunda fase. “A equipe vinha jogando bem, mas não estava ganhando os jogos”, afirmou o presidente Nilso Moreira.

Próxima partida

Evaristo Piza fará sua estreia no próximo sábado, diante do União Barbarense, às 19h30, no Estádio Tenente Carriço, em Penápolis. O CAP está a uma posição do Z6 e busca uma vitória para se distanciar da zona de degola.

Em casa, Penapolense vence o Atlético Sorocaba por 3 a 0 e garante primeira vitória

12697483_1311655632183271_6802085728632180419_o.jpg

Diante do Atlético Sorocaba, o Penapolense garantiu a primeira vitória na A2. (Foto: Silas Reche/CA Penapolense)

Neste domingo (14), o Penapolense recebeu o Atlético Sorocaba no Estádio Tenente Carriço e conseguiu a primeira vitória na Série A2. O placar foi 3 a 0, com gols de Fio, Kesley e Neílson. Com o resultado, o time de Penápolis saiu da zona de rebaixamento e chegou aos 5 pontos na competição, já o Atlético Sorocaba ficou com os mesmos 3 pontos e continua no Z6.

Fio marca e o Penapolense domina o primeiro tempo

Jogando nos seus domínios, o Penapolense conseguiu impor seu ritmo de jogo, e tentou por diversas vezes, mas não conseguia abrir o placar.

O gol do Penapolense saiu aos 44 minutos, depois de bom lance, Fio marcou e deixou o CAP na frente, dando uma calma para o time na segunda etapa.

Kesley e Neílson garantem a vitória

Com o placar a seu favor, o CAP soube administrar o resultado e chegou ao segundo gol com Kesley aos 26 minutos do segundo tempo. Para fechar o placar, Neílson – de pênalti – fez 3 a 0 aos 29 minutos.

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira, às 20h. O Penapolense vai até Taubaté enfrentar o time da casa, enquanto o Atlético Sorocaba vai até Jundiaí enfrentar o Paulista.

 

Penapolense segura o Bragantino e empata fora de casa

bragantino.JPG

Penapolense e Bragantino ficam no empate no Nabizão (Foto: Divulgação/C.A Bragantino)

Jogando em casa, o Bragantino bem que tentou, mas acabou empatando em 2 a 2 com o Penapolense. Um tempo para equipe, foi assim o jogo no Nabizão, pela terceira rodada da Série A2 do Campeonato Paulista. Apesar do resultado, o Braga continua no G8, enquanto que o CAP se mantém no Z6 e ainda busca a primeira vitória na competição.

Penapolense começa melhor

Depois de duas derrotas, o Penapolense começou a partida em busca dos três pontos. Em menos de dez minutos, já tinha criado 3 chances de abrir o placar.

O gol do CAP que já estava maduro, saiu aos 13 minutos com Rodrigo Souto, que de cabeça aproveitou o escanteio e fez 1 a 0 para o time de Penápolis.

A resposta do Bragantino foi imediata, aos 22 minutos, Bruno Pacheco cruzou para Jobinho que ajeitou e bateu forte, sem chances para Samuel Pires, e empatou a partida.

Quando o time da casa estava perto de virar a partida, o Penapolense aprontou de novo, aos 26 minutos, Fio apareceu bem e desviou de cabeça, fazendo 2 a 1 para os visitantes.

Com o placar favorável e a lesão de Luizinho Melo, Paulinho Kobayashi trocou o meia pelo zagueiro Zelão, para tentar segurar o placar.

Bragantino consegue o empate

Com algumas alterações, o Bragantino voltou melhor e teve mais posse de bola em busca do gol de empate.

E o empate veio aos 10 minutos, depois de um pênalti, quando a bola bateu no braço do defensor capeano. Lincom bateu e empatou a partida.

Depois de empatar, o Bragantino foi para cima e o Penapolense se segurou como pode. O destaque foi Samuel Pires que fez boas defesas e garantiu o primeiro ponto na Série A2 para o CAP.

Próximos jogos

Os dois times voltam a campo na próxima quarta-feira (10), o Penapolense recebe o São Caetano, no Tenentão. Enquanto isso, o Bragantino vai até Campinas enfrentar o Guarani, no Brinco de Ouro.

Com muitos gols perdidos, Juventus vence o Penapolense por 1 a 0

0002050140007_img.jpg

Fora de casa, o Penapolense foi derrotado pelo Juventus por 1 a 0 (Foto: Ale Vianna – CA Juventus)

Com um forte sol, o Penapolense foi até a capital paulista enfrentar o Juventus na estreia do Paulistão – Série A2, na manhã deste domingo, na Rua Javari. O time de Penápolis acabou derrotado por 1 a 0, gol de Léo Souza, de pênalti.

Penapolense aperta, mas goleiro salva o Juventus

Com o sol forte, as duas equipes fizeram um jogo muito disputado e com boas disputas até os 35 minutos, quando o Penapolense quase abriu o placar e o Juventus deu a resposta e abriu o placar.

A primeira boa chance do Penapolense veio com Fio, que aumentou a velocidade do ataque capeano e depois de ótima jogada bateu cruzado e parou no goleiro André Luiz que fez ótima defesa, no rebote, o goleiro juventino fez milagre e evitou o gol do time de Penápolis.

A resposta veio na sequência, aos 40 minutos, Adriano livre na grande área teve tempo de escolher o canto, mas acabou acertando a trave. E quando o empate parecia certo, Léo Souza foi empurrado e o árbitro marcou o pênalti. O atacante bateu bem e fez 1 a 0 para o Juventus.

Mais gols perdidos, expulsão e vitória do Juventus garantida

Depois de sofrer o gol, o Penapolense voltou com tudo em busca do empate e pressionou muito o time da casa. Do lado do Juventus, o destaque foi o goleiro André Luiz que salvou o time da capital diversas vezes.

Aos 21 minutos, o Penapolense ficou com um jogador a menos depois da expulsão do zagueiro Ricardo, que levou o segundo cartão amarelo após falta dura.

Com um jogador a mais, o Juventus soube aproveitar a vantagem numérica e por pouco não matou o jogo aos 28 minutos quando Adriano acertou a trave.

Mas a chance mais clara foi aos 39 minutos, quando a bola acertou a trave e sobrou para Adriano, que no rebote conseguiu errar o gol livre e chutou para fora.

Próximo jogo

Os dois times voltam a campo na próxima quarta-feira, o Juventus enfrenta a Portuguesa, enquanto o Penapolense recebe o Paulista às 19h30 no Tenentão.

Penapolense empata com Noroeste em 1 a 1

12628473_1296993986982769_7435245997665719306_o.jpg

O Penapolense empata com Noroeste e chega ao terceiro empate na preparação para a Série A2 (Foto: Silas Reche)

Neste sábado (23), na última partida antes da estreia na Série A2, diante do Juventus na Rua Javari, o Penapolense empatou com o Noroeste em 1 a 1, jogando no Tenentão.

Enquanto o time de Penápolis se prepara para a segunda divisão, o time de Bauru está na terceira divisão paulista (Série A3).

O CAP terminou a preparação invicto, mas também sem vencer. Foram 3 jogos e 3 empates 1 a 1 com Linense, 0 a 0 com Rio Preto e 1 a 1 com o Noroeste.

O técnico Paulinho Kobayashi foi a campo com Samuel Pires, Neílson, Zelão, Ricardo e Elbis; Jairo, Rodrigo Souto, Edmar e Fio; Beto e Kesley. Durante a partida, o treinador fez algumas alterações e só manteve em campo Ricardo, Jairo e Beto.

Se aproveitando das falhas do CAP, o Noroeste criou boas chances, mas foi o Penapolense que abriu o placar com Nandinho, já no segundo tempo.

Quando o Penapolense se aproximava da primeira vitória, o Noroeste conseguiu o empate nos acréscimos com Rafão, depois de um vacilo time de Penápolis, que recuou a bola até o goleiro Samuel Pires e num erro da zaga, entregou a bola para o time de Bauru empatar.

O Penapolense volta a campo no dia 31 de janeiro, diante do Juventus, na Rua Javari, na estreia do time na Série A2 de 2016.

Em jogo-treino, Penapolense e Rio Preto ficam no 0 a 0

12525612_1295435153805319_4223678114072622515_o.jpg

Penapolense não saiu do zero diante do Rio Preto (Foto: Silas Reche/C.A. Penapolense)

Na preparação para a Série A2 do Campeonato Paulista, o Penapolense enfrentou o Rio Preto – que vai disputar a Série A3 – na última quarta-feira (20) e empatou em 0 a 0.

A partida foi bem disputada e com boas chances criadas pelas duas equipes. Diferente do primeiro jogo contra o o Linense, em que a chuva atrapalhou a atividade. Neste jogo-treino, o tempo colaborou, mas as duas equipes pecaram na finalização e não tiraram o zero do placar.

O Penapolense foi a campo com: Samuel Pires, Neílson, Ricardo, Guilherme e Elbis; Jairo, Felipe Merlo, Fio e Kesley, Beto e Leandro. O time do CAP teve várias substituições para que o técnico Paulinho Kobayashi pudesse verificar o ritmo de jogo de todos os jogadores.

No próximo sábado, o time irá enfrentar o Noroeste de Bauru, às 10h, no Tenentão. Será a última partida antes da estreia diante do Juventus, no dia 31, na Rua Javari, às 10h.