Penapolense vence o São Caetano na despedida da A2

penapolense

Leandro Love fez o segundo gol do CAP e foi um dos destaques do time na Série A2 (Foto: Silas Reche/CA Penapolense)

Jogando neste domingo (23), pela última rodada da primeira fase da Série A2 do Campeonato Paulista, o Penapolense venceu o São Caetano por 3 a 2 e evitou que o time do ABC fosse o primeiro colocado nessa primeira fase.

O Penapolense chegou aos 27 pontos e ficou na 9ª posição, enquanto isso, o São Caetano ficou com 34 na segunda posição.

O time de Penápolis chegou na última rodada sem disputar nada, não caia para a Série A3 e também não tinha mais chance de conquistar uma vaga na semifinal. Já o Azulão já tinha garantido a classificação e acabou perdendo em casa.

Penapolense abre o placar e Azulão empata

Com os dois times jogando em ritmo de treino e sem muita vontade, as chances apareceram aos poucos. A primeira foi com Thiago Mouro, que aos 11 minutos subiu de cabeça e desviou para fazer 1 a 0 para o CAP.

Em desvantagem no placar, o São Caetano saiu para o jogo, dando espaço para contra-ataques e deixando a partida mais animada.

O empate saiu aos 40 minutos, com Régis aproveitando o rebote de Samuel Pires e deixando tudo igual.

São Caetano passa à frente, mas CAP consegue a vitória

Sabendo que perderia a liderança por conta da goleada do Água Santa, o São Caetano partiu para o ataque e pressionou o CAP. A virada saiu aos 18 minutos, com Lincom, fazendo valer a lei do ex, e virando a partida.

Dois minutos depois, Leandro Love empatou a partida de pênalti, fazendo 2 a 2 e deixando o jogo animado para o final.

Aos 28 minutos, Gilvan usou a cabeça para virar a partida e colocar o CAP em vantagem, fazendo 3 a 2.

Depois do gol, o São Caetano partiu para o ataque e criou boas chances, enquanto isso, o Penapolense apostava nos contra-ataques e também teve boas chances, mas não conseguiu mudar o placar.

Próximos jogos

Como já estava classificado, o São Caetano (2º) agora enfrente o Rio Claro (3º), em busca de uma vaga na final e do acesso à elite paulista. Já o Penapolense deu adeus à competição e agora pensa na Copa Paulista, no segundo semestre.

 

Penapolense empata com Sertãozinho e se distancia do G4

penapolense.jpg

Penapolense ficou no empate com o Sertãozinho e tem chances remotas de ir à semifinal (Foto: Silas Reche/ C.A. Penapolense)

Nesta quarta-feira (12), Penapolense e Sertãozinho jogaram pela 17ª rodada da Série A2 em busca de uma vaga no G4. E o resultado foi péssimo para as duas equipes. O empate em 1 a 1 fez com que as duas equipes chegassem aos 24 pontos, 4 a menos que o Batatais que está na 4ª posição.

O time de Penápolis está a quatro jogos sem vencer e continua na parte intermediária na tabela, atualmente está na 8ª posição. Já o Sertãozinho também chegou aos 24 pontos e é o 7º colocado, por ter uma vitória a mais. Os dois times também estão 4 pontos acima do Z6, o primeiro da zona de degola é o Barretos, com 20 pontos, na 15ª posição.

Pressão e vantagem no intervalo

Vindo de 3 jogos sem vitória, o Penapolense começou no ataque e viu Fio escapar pela esquerda e cruzar para bota defesa do goleiro Márcio. Com os minutos passando, o Sertãozinho começou a equilibrar a partida, mas ainda via o CAP ter as melhores chances.

Primeira grande chance foi com André Cunha que foi travado na hora de finalizar. Depois Leandro Love arriscou de fora da área e viu o goleiro visitante fazer ótima defesa.

Aos 29, Altino bateu a falta e Márcio mais uma vez defendeu e botou para escanteio. Na cobrança, Altino encontrou Joílson, dentro da área, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.

Em vantagem, o time da casa desacelerou o jogo, mas não sofreu pressão do time do Sertãozinho até o apito do intervalo, garantindo a vitória na primeira etapa.

Barboza empata e acaba com “sonho”

O segundo tempo começou diferente, o Sertãozinho foi para o ataque e conseguiu o empate logo aos 9 minutos, com Barboza, depois de falha da defesa capeana.

Diferente do primeiro tempo, o jogo estava muito mais equilibrado e o Penapolense demorou para se encontrar depois de sofrer o empate.

O CAP ainda teve chance de ficar na frente, Leandro Love tocou para André Cunha, que bateu rente a trave. O Sertãozinho chegou de novo com Luciano Sorriso, em ótima cobrança de falta, mas Samuel Pires fez boa defesa.

No final da partida, o Sertãozinho se mostrava melhor e mais perto de chegar ao gol, a torcida capeana não perdoou e começou a vaiar os jogadores.

Próximos jogos

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, às 10 horas, pela penúltima rodada da Série A2. O Penapolense recebe o Bragantino, no Tenentão. Já o Sertãozinho recebe o Mogi Mirim, em casa.

Penapolense perde do Capivariano e fica mais distante do G4

Mesmo estando no Z6, o Capivariano fez o dever de casa e praticamente acabou com as chances do Penapolense de sonhar com o G4. O time de Capivari venceu por 2 a 0, com gols de Douglas e Lucas.

Com a vitória, o time da casa continua vivo na Série A2, na busca pela permanência, já o CAP ficou com 23 pontos e se distanciou do G4. O Capivariano chegou aos 15 pontos e está na 17ª posição.

Capivariano domina e não dá chances

O primeiro tempo da partida foi todo do time da casa, o Capivariano não tomou conhecimento do Penapolense e foi para o ataque. Não demorou para conseguir o primeiro gol, logo aos 4 minutos. A zaga do Penapolense vacilou e deixou Douglas sozinho para abrir o placar para o time da casa.

Depois do gol, o Penapolense continuo assustado e assistindo o Capivariano jogar e dominar a partida.

Aos 30 minutos, num contra-ataque, Lucas saiu na cara do gol e não teve dificuldades para fazer 2 a 0.

Sem grandes chances

Depois de um primeiro tempo sonolento, o Penapolense melhorou no jogo e tentou dominar o jogo. Apesar de melhor, o time continua sem criar boas chances e viu o time da casa criar mais perigo.

Aos 9 minutos, Joílson salvou a bola em cima da linha, que seria o terceiro gol do Capivariano.

Aos 27, mais uma boa chance para o time da casa, Anderson Rosa tentou ampliar, mas parou em Samuel Pires.

Próximos jogos

Os dois times voltam a campo na próxima quarta-feira. O Capivariano recebe o Velo Clube, na Arena Capivari. Já o Penapolense recebe o Sertãozinho, no Tenentão. As duas partidas começam às 20h00.

Love brilha e Penapolense goleia o Mogi Mirim

mogixcap

CAP goleou fora de casa e agora voltou ao G4 ( Foto: Marcelo Gotti/Mogi Mirim EC)

Jogando fora de casa, o Penapolense venceu e convenceu e goleou o Mogi Mirim por 4 a 0, com gols de Fio, Leandro Love e Carlinhos em partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Paulista da Série A2.

Com a vitória, o CAP chegou aos 23 pontos e agora ocupa a 3ª posição e dorme no G4, já o time da casa ficou com 11 pontos e é o vice lanterna da competição, à frente apenas do União Barbarense, que tem 7 pontos.

Penapolense domina e abre vantagem

Apesar de jogar fora de casa, o Penapolense partiu para o ataque e contou com o pouco público para dominar a partida logo no início. A primeira chance apareceu aos 3 minutos, Léo Carvalho cruzou e Leandro Love perdeu a primeira chance de gol.

Mas aos 9 minutos, Carlinhos tocou para Crystian, que em belo cruzamento encontrou Fio, que de perna direita fez 1 a 0 para o Penapolense.

Mantendo o bom ritmo de jogo, o time visitante quase ampliou aos 22, quando André Cunha cruzou para Fio, que perdeu grande chance.

O Mogi só acordou depois dos 25 minutos, quando começou a incomodar o goleiro Samuel Pires.

Apesar da melhora, o Mogi sofreu o segundo gol depois de uma boa tabela entre Paulo Vitor e Leandro Love. O meia saiu cara a cara com o goleiro Poti e foi derrubado. Na cobrança do pênalti, Leandro Love bateu com paradinha e fez 2 a 0 para o CAP.

Mogi melhora, mas CAP goleia

Na volta do intervalo, o Penapolense voltou querendo matar o jogo e chegou logo ao terceiro gol. Aos 3 minutos, Juliano ganhou a bola no meio campo e lançou Crystian, o lateral cruzou, a zaga do time da casa bateu cabeça e a bola sobrou para Carlinhos, que bateu sem chances e fez 3 a 0.

A primeira chance do Sapão no jogo apareceu aos 25 do segundo tempo, com Emerson, que acertou o travessão depois de uma cobrança de falta.

Apesar de ter o jogo nas mãos, o CAP ainda aproveitou um vacilo do Mogi Mirim para fazer o 4º com Leandro Love, em um contra-ataque.

Depois do 4º gol, os dois times pouco fizeram e quando chegaram com algum perigo, pararam nos goleiros.

Próximos Jogos

Os dois times voltam a campo no próximo dia 29, quarta-feira, pela 14ª rodada da Série A2. Enquanto o Mogi Mirim recebe o Batatais às 16h, o Penapolense vai até o Canindé enfrentar a Portuguesa, às 20h.

De virada, Penapolense bate o Juventus e dorme no G4

728x485

Em casa, Penapolense bate o Juventus de virada por 3 a 2 (Foto: Alê Vianna/ Divulgação/ Juventus)

No jogo de abertura da 3ª rodada da Série A2 do Paulistão nesta sexta-feira (3), o Penapolense recebeu o Juventus e venceu de virada por 3 a 2. O destaque da partida foi o volante Juliano, que entrou no intervalo do jogo e fez dois gols para o CAP, que garantiram a primeira vitória do time na competição. Com o resultado, o time de Penápolis é o 4º colocado, com 5 pontos, já o Juventus continua na zona de rebaixamento, com apenas 1 ponto marcado e é o 16º.

Muito calor e boas defesas

Debaixo de um sol forte, as duas equipes entraram no Tenentão em busca da primeira vitória na competição. E no começo da partida, o Juventus mostrou que tinha mais disposição em busca do resultado.

E a pressão do Juventus não demorou para dar resultado, aos 16 minutos, Johnny recebeu belo passe de Judson e fez 1 a 0 para os visitantes.

Na frente do placar, o time da Mooca se fechou e deu espaço para os donos da casa irem em busca do empate, e foi aí que brilhou o goleiro Deola, que apareceu duas vezes, na mais perigosa aos 23, defendeu bom chute do atacante Kesley.

Jogando no ataque e buscando espaços, o gol de empate do CAP saiu com Leandro Love, depois de ótimo cruzamento de Augusto Ramos, que bateu sem chance de defesa para o ex-goleiro do Palmeiras.

Juliano brilha e o CAP vence a primeira

Depois do intervalo, o jogo voltou com o Juventus mais uma vez marcando pressão e buscando o gol. E mais uma vez, ele saiu rápido, Judson recebeu passe e ganhou na corrida do zagueiro e bateu na saída de Samuel Pires, fazendo 2 a 1 aos 12 minutos.

Mais uma vez, o time visitante esperava o adversário no campo de defesa, e foi assim que o CAP empatou novamente, aos 22 minutos, Juliano – que havia entrado no intervalo – subiu sozinho e com uma cabeçada forte, deixou tudo igual mais uma vez no Tenente Carriço.

Quando as duas equipes já demonstravam muito cansaço, aos 44 minutos, Juliano apareceu em cobrança de escanteio e cabeceou para o chão, fazendo 3 a 2 para o time da casa.

Próxima partida

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo, dia 12 de fevereiro. O Juventus recebe o Votuporanguense, na Rua Javari, às 10h. Já o CAP enfrenta o Oeste, no Tenentão, também às 10h.

Leandro Love é o novo reforço do Penapolense

16463621_174905466329258_7354809115176859914_o

Leandro Love já treinou e deve enfrentar o Rio Claro (Foto: Silas Reche/C.A. Penapolense)

Depois de estrear na Série A2 com um empate em 1 a 1 com o Batatais, jogando em casa. O Penapolense volta a campo amanhã (31/01) para enfrentar o Rio Claro, às 20h, fora de casa, pela segunda rodada.

Para buscar uma vaga no G4 e lutar pelo acesso à Série A1, o CAP buscou o atacante Leandro Love – o jogador deve participar da segunda rodada com o time de Penápolis.

O jogador de 31 anos tem passagens por Juventus/SP, ABC/RN, Portuguesa/SP, Melbourne Victory/AUS e Vissel Kobe/JAP.

O atacante está em Penápolis desde sexta-feira (27) e já participou do treino na manhã desta segunda (30), no CT do clube, comandado pelo técnico Edison Só.

Para a segunda rodada, o CAP deve manter o time da última partida e entrar em campo com: Samuel; Crystian, Joílson, PV e Augusto Ramos; Paulo Vitor, Paulinho, André Cunha e Germano; Hygor e Fio.

Edson Só começa a definir o time titular do Penapolense para a estreia na Série A2

Faltando menos de duas semanas para a estreia na Série A2, o técnico Edson Só está buscando ajustes na equipe para enfrentar o Batatais no dia 28, às 16h00, no Tenentão.

Nos amistosos, todos os jogadores foram testados e puderam mostrar seu futebol para que o técnico consiga montar o time com o que considera melhor. “Nós estamos buscando uma definição, ou seja, uma equipe ideal e por isso coloquei em campo todos os jogadores para participarem dos últimos amistosos. Temos agora parâmetros para definir a equipe ideal para começarmos o campeonato”, afirmou Edson Só.

O treinador confirma que com a análise feita durante as partidas, a comissão técnica pode utilizar o melhor de cada um dos jogadores, explorando variações táticas durante os jogos. “Nestes dias que antecedem o jogo contra o Batatais, vamos trabalhar a parte física e ajustes técnicos, dando ênfase às variações que serão importantes no decorrer da competição”, finalizou o treinador.