Penapolense terá 13 novos jogadores para a sequência da temporada

Adriano Paulista é um dos reforços do Penapolense para a sequência da temporada (Foto: Divulgação)

O Clube Atlético Penapolense voltou a treinar para a Série A2 do Campeonato Paulista, a competição irá retornar, provavelmente no dia 19 de agosto, para que sejam jogadas as três rodadas que faltam para o fim da primeira fase.

Depois da troca no comando técnico da equipe com a saída de Alberto Félix e a chegada de Waguinho Dias, o CAP também terá 13 novos jogadores para tentar escapar na Série A3. Além disso, foram mantidos 10 jogadores que já estavam a defender o time de Penápolis na segunda divisão estadual.

Para o diretor de futebol, Júlio Rondinelli, o time será competitivo no restante da temporada. “Procuramos trazer um grupo experiente, pois sabemos que teremos três jogos decisivos para garantir nossa permanência”, afirmou.

Segundo o diretor, a maioria dos jogadores que estão chegando já atuaram com alguns jogadores que estão no elenco e isso pode ajudar no entrosamento para os jogos que faltam. Para Rondinelli, o tempo de treinamento não será o suficiente para a equipe estar com a preparação física ideal, mas que confia no trabalho da nova comissão técnica.

Confira a lista completa do elenco para o resto da temporada:

Goleiros:
Léo Lopes
Bruno
Thiago

Laterais direito:
Douglas
Neílson (ex-Botafogo/PB)

Lateral esquerdo:
Cleidson (ex-Goianésia/GO)

Zagueiros:
Juliano
Jaílton
Henrique Motta
Renato Silveira (ex-CRAC/GO)

Volantes:
Pablo
Luiz Menezes
Jefferson Parrudo (ex- Atlético Tubarão/SC)
Dudu (ex-Goianésia/GO)
Charles (ex-São Bernardo/SP)

Meias:
Matheus Bispo
Valdeir (ex-Retrô/PE)
Adriano Paulista (ex- Alki Oroklini/Chipre)
Felipe Pará (ex-América/RN)

Atacantes:
Gustavinho (ex-Luverdense/MT)
Alfredo (ex-Penafiel/Portugal)
Marcus Índio (ex-Cabofriense/RJ)
Alef (ex-Goianésia/GO)

Com informações do Diário de Penápolis

Penapolense possui acordo com jogadores e garante que terminará Série A2 em campo

Nilso Moreira garante que o Penapolense terminará a Série A2 em campo (Foto: Silas Reche/CA Penapolense)

No início da pandemia, Nilso Moreirapresidente do clube – garantiu que o CAP não entraria em campo no restante desta temporada, mas acabou por mudar de ideia depois das informações da Federação Paulista sobre punições a quem não encerrar os campeonatos que estão participando.

Durante uma entrevista para a TV TEM, o presidente do Penapolense afirmou que aguarda a definição da FPF e dos orgãos de saúde para definir o regresso da equipe. “Nós estamos mais preocupados neste momento em evitar a disseminação do vírus e o número de óbitos. Acima de tudo está a saúde. A medida que o governo flexibiliza, estamos conversando com a comissão técnica e jogadores preparando a volta. Nós devemos e entendemos que o futebol deva ser resolvido dentro das quatro linha”, afirmou o dirigente capeano.

Nilso Moreira ainda defendeu que algumas mudanças precisam ser feitas para que o campeonato possa ser concluído dentro de campo e sem que ninguém seja prejudicado. “A gente entende que nós devemos concluir tudo. É claro que algumas regras serão alteradas, o regulamento, como o número de inscrições. A gente acredita até que haja uma mudança no número de substituições durante a partida. Também vai ser discutido a questão do descenso e do acesso na próxima reunião. O futebol precisa ser concluído dentro das quatro linhas”, afirmou.

As diferenças na hora dos clubes conseguirem se reforçar também preocupa o dirigente de Penápolis. “Os clubes que estão brigando lá em cima vão se reforçar mais e os clubes que estão lá embaixo, até pelo fator financeiro, vão se reforçar muito menos. Então, se torna um campeonato desigual, porque os clubes da parte de baixo para cumprir três rodadas, que é diferente de contratar jogadores para disputar o título. Vamos debater isso, mas vamos respeitar o que for determinado no próximo conselho”, contou.

O presidente capeano ainda afirmou que possui acordos verbais com os jogadores para que eles regressem ao clube para defender a equipe nos jogos que restam na Série A2. “Nós temos contratos com três ou quatro jogadores, mas estamos apalavrados com vários jogadores que estavam connosco para eles periodizarem a volta ao nosso clube. Então, se receberem alguma proposta de outro clube, primeiro vão escutar a gente”, disse o presidente à TV TEM. 

Com a pandemia, vários clubes estão passando por dificuldades financeiras, mas o Penapolense já conseguiu quitar todos os salários com os atletas, mesmo sem ter recebido ainda o repasse da cota da Federação Paulista. “Todos os valores referentes a Série A2 já foram sanados, não estamos devendo nada nem para a comissão técnica, nem para os jogadores, e isso dá mais credibilidade para nós”, afirmou Nilso Moreira.

O CAP é o atual vice-lanterna da Série A2, em 12 jogos disputados foram: duas vitórias, três empates e cinco derrotas. Se o torneio acabasse hoje, o clube de Penápolis estaria rebaixado para a terceira divisão estadual. 

De virada: Penapolense perde em casa para o São Bento e agora sonha com um milagre

CAP chegou a 7 derrotas na Série A2 (Foto: Silas Reche/CA Penapolense)

Jogando no Tenente Carriço pela 12ª rodada da Série A2, o Penapolense perdeu para o São Bento de virada por 2-1. Essa foi a sétima derrota do CAP na Série A2, o time de Penápolis voltou a marcar um gol em casa depois de mais de um mês, o último tinha sido o terceiro na vitória por 3-2 diante do São Caetano na estreia da competição. 

Com a derrota, o CAP continua com 9 pontos, agora empatado com o lanterna Votuporanguense. Já o São Bento chegou aos 18 pontos e está na oitava posição. 

Jogo igual até no placar

Apesar de jogar em casa mas com pouca torcida, o Penapolense dominou totalmente o jogo pelo menos até os 15 minutos, quando o São Bento começou a explorar os contra-ataques e assustar o goleiro capeano. 

Quando o jogo já estava equilibrado, o zagueiro Jaílton foi ao ataque e depois de boa troca de passe, apareceu na área para fazer 1-0 para o CAP aos 24 minutos. 

Mas a alegria do CAP durou pouco, aos 29, Thiago Primão arriscou de fora da área, Léo Lopes espalmou para o meio da área e Bambam apareceu para empatar a partida. 

Antes do intervalo, o São Bento ainda tentou virar, mas o CAP conseguiu equilibrar a partida. 

Mais uma derrota em casa

No segundo tempo, o CAP ainda tentou tirar a igualdade do placar, mas novamente pecou no último toque e nas finalizações. Além disso, a equipe perdeu a ligação no meio campo e apostava nas ligações diretas, com chutões do zagueiros em busca dos atacantes de velocidade.

Enquanto isso, o São Bento foi gostando do jogo e conseguiu virar o marcador aos 29 minutos, com Ruan recebendo ótimo passe de Bambam num contra-ataque e deixando o time de Sorocaba em vantagem em pleno Tenente Carriço. 

Quando tudo já parecia perdido, aos 40 minutos, Rafinha cobrou escanteio e Henrique Mota subiu para cabecear, o goleiro Lucas Macanham fez um milagre e evitou o empate da equipe da casa. 

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo no próximo domingo às 10 da manhã para enfrentar o Monte Azul fora de casa pela 13ª rodada da Série A2. 

CAP perde para o Juventus e fica mais uma rodada na zona de rebaixamento

CAP perdeu mais uma na Série A2, desta vez para o Juventus na Rua Javari (Foto: Ale Vianna/ C.A. Juventus)

Jogando na Rua Javari pela 11ª rodada, o Penapolense até tentou, mas não conseguiu segurar o time da casa, que venceu por 2-1 e complicou ainda mais a situação da equipe de Penápolis na Série A2. 

Com mais uma derrota, o CAP segue na zona de rebaixamento com nove pontos, já o Moleque Travesso chegou aos 15 pontos e está na sétima posição. 

CAP tenta, mas Juventus sai na frente

Com o apoio da torcida, o Juventus começou pressionando e criou boas chances.

Apesar disso, o CAP conseguiu conter o ímpeto do adversário até o último minuto do primeiro tempo, quando Potiguar ganhou a jogada e encontrou João Lucas para abrir o placar e fazer valer a lei do ex – o meia defendeu o Penapolense em 2019. 

Jaílton empata, mas Juventus garante os três pontos

Depois de sofrer o gol no final da primeira etapa, o CAP voltou pressionando e conseguiu o empate logo aos 5 minutos da segunda etapa, o zagueiro Jaílton subiu mais que a zaga e cabeceou sem chances, deixando tudo igual. 

E o CAP se empolgou com o gol e tentou virar a partida, mas deixou espaço para o time da casa. Num desses momento, Potiguar conseguiu se livrar da marcação e cruzou para Léo Castro encostar de peito para o fundo das redes de Léo Lopes e dar números finais à partida. 

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo no próximo domingo contra o São Bento, no Tenentão pela 12ª rodada da Série A2. 

Penapolense perde para o Atibaia e continua na briga contra o rebaixamento

Penapolense perdeu mais uma na Série A2 de 2020 (Foto: Reprodução FPF TV)

Depois de perder em casa, o Penapolense foi até o estádio Décio Vitta nesta sexta para recuperar os pontos e se aproximar da zona de classificação, mas a equipe de Penápolis esqueceu de combinar com o Atibaia – que vinha de uma derrota por 6-0 e também buscava a recuperação. 

No final, o Atibaia venceu por 2-1 e firmou-se no G8, enquanto que o CAP é o 13º classificado com 8 pontos e continua próximo do Z2.

Atibaia sai na frente, mas CAP empata

Tentando se recuperar, o time da casa começou melhor e abriu o marcador com Judson aos 21 minutos. O médio recebeu o passe dentro da área capeana, teve tempo de cortar o zagueiro Jaílton e abrir o marcador para o Atibaia. 

O empate do Penapolense saiu aos 37 minutos, depois de cobrança de escanteio, Jaílton subiu mais alto que a zaga e testou firme para o fundo das redes, empatando o jogo.

Judson marca de novo e garante a vitória

Na segunda parte, o Atibaia começou melhor e pressionou o CAP desde o primeiro minuto. E essa pressão não demorou para resultar, logo aos 6 minutos, Judson tabelou e saiu sozinho na cara de Léo Lopes, coube ao médio tocar na saída do goleiro e fazer o 2-1. 

Depois do gol, o Penapolense foi em busca do empate e tentou de diversas formas. A mais clara foi com Vitão que fez o cabeceamento e viu Gustavo fazer a defesa e evitar o empate dos visitantes.

Próximo jogo

O Penapolense volta à campo na próxima quarta-feira, às 19h30, no Tenentão, quando recebe o Sertãozinho.

Penapolense se complica em casa e perde para a Lusa

Penapolense bem que tentou, mas acabou surpreendido em casa pela Portuguesa (Foto: Silas Reche/CA Penapolense)

Depois de conseguir bons resultados fora de casa, o Penapolense voltou ao Tenentão com apoio da torcida para tentar entrar no G8 da Série A2. 

Apesar do apoio dos torcedores capeanos, o time acabou derrotado pela Portuguesa por 1-0. 

Com a derrota, o CAP volta a ser ameaçado pelo rebaixamento e ocupa o 13º lugar na classificação, já a Portuguesa chegou aos 10 pontos e agora é o 9º classificado na Série A2.

Sem chances para os dois

O time de Penápolis até começou mais animado, com o apoio da torcida e dos resultados conquistados fora de Penápolis, mas o controle do jogo não se converteu em gols.

Já a equipe paulistana buscava se defender e chegar com perigo em contra-ataques ou em lances de bola parada. 

A melhor chance da primeira parte foi com Rafinha que recebeu passe de Marcelinho e viu Dida salvar a equipe visitante.

Gol no finalzinho e vitória da Lusa

A segunda parte começou do mesmo jeito que acabou a primeira, com os dois times errando diversos passes e não criando muitas oportunidades.

O treinador do Penapolense até tentou mexer no ataque da equipe da casa, mas Vitão não conseguiu mudar o cenário. 

E quando o placar parecia que ia mesmo ficar empatado em 0-0, Roger Gaúcho aproveitou a sobra e fez 1-0 para a Lusa.

Depois do gol, o CAP tentou o empate, mas a falta de organização das jogadas acabou por ajudar os visitantes que viram os minutos passar e o time da casa não criar nenhuma oportunidade clara.

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo na sexta-feira, às 15 horas, para enfrentar o Atibaia, fora de casa.

Penapolense vence o Audax e respira na A2

Penapolense espantou a má fase e vence o Audax (Foto: Assessoria Audax Osasco)

Depois de amargar quatro jornadas com resultados ruins, o Penapolense foi até a Arena Barueri e conseguiu vencer o Audax por 2-0. 

Com a vitória, o CAP subiu para o 10º lugar na classificação com 8 pontos, já o Audax é o 11º colocado.

CAP domina o jogo e sai na frente

Mesmo jogando fora de casa, o Penapolense mostrou-se superior ao time da casa e abriu o marcador aos 23 minutos. Marcelinho fez ótima jogada e finalizou para fazer 1-0 para a equipe de Penápolis. 

Depois do gol, o time da casa tentou aumentar o ritmo, mas parou na boa marcação da equipe visitante.

CAP garante a vitória com golaço de Rafinha

Depois do intervalo, o Audax foi com tudo em busca do empate e deixou espaço para os contra-ataques da equipe de Penápolis. 

E apesar de pressionar, Léo Lopes não foi muito exigido. 

Quando parecia que o resultado seria mesmo 1-0 para o CAP, Rafinha aproveitou o vacilo da zaga adversária e por cobertura, fez o 2-0 e garantiu a segunda vitória do Penapolense na Série A2.

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo no sábado, quando recebe a Portuguesa no Tenentão, às 15 horas pela oitava rodada do campeonato. 

Fora de casa, Penapolense empata com a Portuguesa Santista

Penapolense e Portuguesa Santista não saíram do 1-1 em Santos (Foto: Assessoria Portuguesa Santista)

Jogando em Santos, o Penapolense conseguiu um empate com a Portuguesa Santista. A equipe de Penápolis saiu atrás no marcador, mas conseguiu o empate em 1-1. 

Com o empate, a Portuguesa Santista ficou no terceiro lugar da Série A2, enquanto o CAP chegou aos cinco pontos e está no 14º lugar, o primeiro fora da zona de rebaixamento. 

Briosa sai na frente

Jogando em casa, a Portuguesa Santista não demorou para abrir o marcador, logo aos 4 minutos. Gabriel Terra em cobrança de falta enganou Léo Lopes e mandou a bola direto para as redes, fazendo 1-0 para a Briosa. 

Com vantagem, a Portuguesa continuou a pressionar e criou boas chances com Galego e Gabriel Terra, mas não conseguiu ampliar o marcador. 

O ritmo diminuiu e o Penapolense começou a se arriscar mais no ataque, a equipe visitante só não empatou por falta de pontaria de seus jogadores.

Washington empata de falta e CAP quase vira

A Briosa voltou dominando na segunda parte, Santiago teve boa chance logo aos 5 minutos, depois foi a vez de Rayllan de cabeça quase ampliar para o time da casa.

O CAP continuava a sofrer com seus atacantes e pouco assustava o goleiro adversário. A história começou a mudar aos 20 minutos, quando Washington de falta deixou tudo igual em Santos. 

Depois do gol, as duas equipes se soltaram em busca da vitória. A Briosa tentou aos 31 com Matheus Leal, já o CAP quase virou aos 34, quando Marcelinho chutou para fora a chance de fazer 2-1.

A última chance do jogo foi do time da casa, Kalil tentou de cabeça, mas acabou cabeceando para fora.

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo na próximo sábado, quando enfrenta o Osasco Audax, fora de casa.

Penapolense empata com o Votuporanguense e vai para a zona de rebaixamento

Penapolense e Votuporanguense não saíram do 0-0 e estão no Z2 (Foto: Silas Reche)

Jogando no Tenente Carriço pela 5ª rodada, o Penapolense recebeu o Votuporanguense e não saiu do empate sem gols. Com o resultado, o CAP chega a 4 pontos na competição e é o primeiro time na zona do rebaixamento, enquanto isso, o CAV soma seu segundo ponto e continua na lanterna.

Pouca inspiração e muito sono

Com o apoio da torcida, o CAP buscou ditar o ritmo logo no começo da partida. Na estreia de Alberto Félix, o novo comandante fez diversas mudanças: a principal no gol, trocando Wendell por Léo Lopes.

Com muita vontade e pouca qualidade, as duas equipes esbanjavam dos passes errados e das faltas no meio campo.

A primeira boa chance surgiu com Rafinha que arriscou de fora da área e levou perigo ao goleiro visitante.

Depois foi a vez do Votuporanguense chegar, cruzamento para Misael que tirou do goleiro, mas acabou tirando do gol e por pouco não abriu o marcador.

CAP volta melhor, mas empate leva pro Z2

Com as duas equipes precisando vencer, o CAP retornou com uma mudança, saiu Juliano e entrou Bruno Dipp, com a mexida, o time da casa ganhou mais volume de jogo.

E foi na base da pressão que o Penapolense quase abriu o marcador com Marcelinho, que recebeu cruzamento e cabeceou forte para a defesa do goleiro, na sobra, a zaga aliviou.

O tempo foi passando e o CAV foi gostando do jogo, e teve boas chances com Everton, Tom e Misael.

Perto do apito final, João Marcos quase inaugurou o placar do Tenentão e nos acréscimos, Tom recebeu na área e chutou por cima do gol de Léo Lopes a chance da vitória.

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo na próxima quarta-feira às 20h, em Santos, para enfrentar a Portuguesa Santista no Ulrico Mursa.

Taubaté vence o Penapolense por 1-0

Em Taubaté, CAP conheceu a terceira derrota na competição (Foto: Divulgação)

Jogando em casa, o Taubaté venceu o Penapolense por 1-0 e deixou a equipa de Penápolis próxima da zona de rebaixamento. A partida era válida pela quarta jornada da Série A2 do Campeonato Paulista.

Com a vitória, o time da casa vai dormir na liderança da competição, com 10 pontos. Já o Penapolense conheceu a terceira derrota e continua com três pontos.

Gol no começo e um a menos

Com apenas quatro minutos de jogo, o Taubaté saiu na frente: Chumbinho cruzou e Giovanni Pavani abriu o marcador para os donos da casa.

O gol logo no começo deixou o CAP perdido em campo, e os donos da casa dominavam a partida por completo.

Depois do susto, o Penapolense lançou-se ao ataque e quase empatou com uma boa cabeçada de Mário Sérgio, que parou em William.

Aos 41 minutos, Coutinho que já tinha cartão amarelo voltou a ser punido pelo árbitro e deixou os donos da casa com 10 jogadores. 

Com um jogador a mais, o CAP foi para o ataque, mas não conseguiu criar grande perigo ao gol de William. 

CAP tenta, mas não consegue empatar

Com um jogador a mais, o Penapolense voltou disposto a atacar e fez tudo que pode para isso. Perez mexeu na equipa, mas o time tinha dificuldade para criar chances reais.

Enquanto isso, o time da casa tentava segurar o resultado e não deixava o CAP arriscar tanto e ainda apostava nos contra-ataques para tentar definir a partida.

Nos minutos finais, Marcelinho e Junior Palmares arriscaram de longe e chegaram perto do empate. A última chance veio aos 46 minutos, Junior Palmares recebeu passe, mas finalizou para fora a melhor chance do segundo tempo.

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo no próximo sábado, às 15 horas, para receber o Votuporanguense, no Tenentão. Será a estreia de Alberto Félix no comando do Pantera da Noroeste.