Em casa, CAP perde para o Votuporanguense e tem invencibilidade quebrada

votuporanguense .jpg

Penapolense vai mal e perde a primeira na Série A2 (Foto: Silas Reche/CA Penapolense)

Jogando diante da sua torcida pela 5ª rodada da Série A2 do Paulistão, o Penapolense foi mal e acabou derrotado pela Votuporanguense por 2 a 1. Essa foi a primeira derrota do time comandado por Thiago Oliveira na competição. Com a derrota, o CAP continuou com 10 pontos, agora na terceira posição, enquanto que o CAV chegou a nove pontos e pulou para 7º lugar na classificação.

Votuporanguense começa melhor e sai na frente

Jogando em casa, o Penapolense era quem tinha a obrigação de buscar o jogo e sofria com os passes errados depois do meio campo. Já o Votuporanguense se fechou e buscava a velocidade de seus atacantes para tentar surpreender. Foi assim que o time visitante criou as melhores chances.

A primeira boa chance veio aos 34 minutos, quando Fio fez ótimo lançamento para Adriano Paulista, que driblou o zagueiro e acabou derrubado pelo goleiro Velloso. Na cobrança, Fio bateu forte, o goleiro acertou o canto e fez ótima defesa, mas no rebote Daniel completou para o gol, fazendo 1 a 0 para o time de Votuporanga.

Com a vantagem no placar, o CAV se fechou ainda mais e viu o CAP sofrer com a falta de criação no meio campo, a situação ficava complicada para o time da casa que não conseguia criar boas chances para empatar. E o castigo veio ainda no primeiro tempo, Elvinho fez ótima roubada de bola e lançou para Adriano Paulista que bateu cruzado, sem chances para o goleiro Velloso, fazendo 2 a 0 para os visitantes.

CAP desconta no final, mas perde a primeira

Depois do intervalo, o Penapolense partiu para o ataque para tentar descontar logo no início da partida, mas o time continuava esbarrando na boa marcação do adversário e nos erros de passe.

Já o Votuporanguense administrava a partida e se segurava lá atrás, sem dar muito espaço para o ataque capeano.

Mesmo lutando muito, o CAP só conseguiu o gol de honra aos 46 minutos, quando uma bola foi cruzada na área e Coppetti colocou no fundo das redes, fazendo 2 a 1.

Na base do abafa, o time da casa até tentou, mas não conseguiu o empate e conheceu a primeira derrota na competição.

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo na sexta-feira de Carnaval, o time de Penápolis enfrenta o Oeste, na Arena Barueri, pela 6ª rodada da Série A2, às 19h.

Anúncios

Penapolense fica no empate com o São Bernardo e perde a liderança da A2

sao bernardo.jpg

Penapolense e São Bernardo fazem jogo equilibrado no Tenentão (Foto: Silas Reche/ CA Penapolense)

Penapolense e São Bernardo se enfrentaram nesse domingo no Estádio Tenente Carriço pelo encerramento da 4ª rodada da Série A2 do Campeonato Paulista.

O time da casa que era líder acabou caindo para o segundo lugar da competição, o time de Penápolis tem os mesmos 10 pontos do Oeste, de Barueri, mas perde no saldo de gols. Já o Bernô chegou aos oito pontos e subiu para a terceira posição na tabela.

Love aparece e CAP sai na frente

Jogando em casa e buscando manter a liderança, o Penapolense demorou para se encontrar na partida e o que se viu no Tenentão foram vários passes errados e nenhuma chance de gol.

A primeira boa chance da partida foi do time visitante, quando Matheus Jussa bateu forte e viu a zaga desviar para escanteio.

Depois de sofrer uma pequena pressão, o Penapolense foi para o ataque e conseguiu abrir o placar aos 39 minutos, com Leandro Love, que recebeu ótimo passe e bateu sem chances para o goleiro do Bernô, fazendo 1 a 0.

Antes do apito do árbitro, o time do ABC quase empatou com Fernando Jr que acertou o travessão.

Pênalti polêmico, Lei do Ex e empate no Tenentão

Buscando o resultado, o São Bernardo partiu para o ataque desde o primeiro minuto da segunda etapa. E criou inúmeras chances de igualar o marcador.

Enquanto isso, o CAP apostava nas jogadas de velocidade para surpreender e garantir o resultado. E o estilo de jogo deu resultado até os 29 minutos, quando o zagueiro do CAP derrubou o atacante dentro da área. Na cobrança, Franscimar (que já atuou no CAP) deslocou o goleiro e deixou tudo igual, 1 a 1.

Com o empate no placar, as duas equipes bem que tentaram sair com a vitória, mas com muitos erros de passe e pouca criatividade, o placar se manteve empatado até o apito final.

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo no próximo domingo, às 10 horas, para receber a Votuporanguense, no Tenentão, pela 5ª rodada da competição.

Penapolense empata com Marília em amistoso de preparação

amistoso.jpg

Amistoso com o Marília terminou empatado em 1 a 1 (Foto: Silas Reche/ CA Penapolense)

O Penapolense continua se preparando para a disputa da Série A2 de 2018. No segundo amistoso da temporada, o CAP saiu atrás no placar, mas empatou em 1 a 1 com o Marília, o gol do time da casa foi anotado por Everton Sena. O time somou seu segundo empate nessa pré-temporada – já havia empatado com o Noroeste por 0 a 0.

Próximo jogo

O time de Penápolis volta à campo amanhã (30), para enfrentar o Linense, fora de casa, às 10 da manhã. Depois da partida, o time receberá folga e se reapresenta no dia 2 de janeiro. O time ainda deve fazer alguns amistosos até a estreia da Série A2 no dia 17 de janeiro diante do Sertãozinho, em casa.

Reforços

matheus humberto

Matheus Humberto já defendeu o XV de Piracicaba/SP e estava no São Paulo/RS (Foto: Assessoria XV de Piracicaba)

E a busca por reforços continua nesse fim de ano, o Penapolense anunciou mais dois jogadores para o meio campo: Branquinho (ex-Santo André/SP) e Mateus Humberto (ex-São Paulo/RS).

Confira a lista atualizada de jogadores do Penapolense:

Goleiro:
Thiago Passos (ex-São Caetano/SP)
Velloso (ex-Novorizontino/SP)

Laterais:
Grafite (ex-Caldense/MG)
Dênis (ex-Guarani/SP)

Zagueiro:
Nino Santos (ex-futebol árabe)
Felipe Barros (remanescente)
Marcelo Bispo (ex-Linense/SP)
Thiago Gasparetto (ex- São Bernardo/SP)
Fandinho (ex-São Bento/SP)

Volantes:
Renato (ex- Jataíense/GO)
Cleberson (remanescente)
Carlos Coppetti (ex-São Caetano/SP)
Felipe Alves (ex-América de Natal/RN)

Meias:
Erik Mamadeira (ex-São Bento/SP)
Lucas Mineiro (ex-Tombense/MG)
Yamada (ex-União Barbarense/SP)
Everton Sena (ex-Água Santa/SP)
Renato Xavier (ex-Anapolina/GO)
Branquinho (ex-Santo André/SP)
Mateus Humberto (ex-São Paulo/RS)

Atacantes:
Diego Lira (ex- Goiânia/GO)
Leandro Love (remanescente)
Malaquias (ex-Guarani/SP e Bragantino/SP)
Tauã (ex-Tombense/MG)
Geovane (ex-Itabaiana/SE)
Nilo (ex-Espírito Santo/ES).