De virada, Penapolense perde para o Noroeste em Bauru

norusca edit.jpg

Noroeste conseguiu a primeira vitória na Copa Paulista diante do Penapolense (Foto: Bruno Freitas/Noroeste)

Em confronto direto pelo G4 da Copa Paulista, o Penapolense foi até Bauru enfrentar o Noroeste neste sábado (19), e acabou derrotado de virada por 2 a 1. Com a derrota, o time de Penápolis caiu para a quinta posição com 7 pontos no Grupo 1, já o Norusca subiu para a quarta posição com 9 pontos e está na zona de classificação.

CAP sai na frente, mas Tiuí empata no finalzinho

Jogando fora de casa, o Penapolense começou melhor e partiu para o ataque em busca do gol. Já o Noroeste esperava o time visitante e apostava nos contra-ataques para surpreender.

Aos 11 minutos a pressão capeana deu resultado, depois do escanteio, o goleiro do Noroeste saiu mal e a bola sobrou para o zagueiro Guilherme fazer 1 a 0 para o CAP.

Depois de sofrer o gol, o time da casa foi para o ataque e começou a pressionar o time de Penápolis. Com mais posse de bola, o time de Bauru buscava de todas as formas furar a zaga do Penapolense. E de tanto tentar, o empate veio no finalzinho do primeiro tempo, aos 46 minutos, a bola foi cruzada na área e Rodrigo Tiuí cabeceou para empatar a partida.

Balotelli brilha e Norusca consegue primeira vitória

No segundo tempo, o Noroeste continuou buscando mais a vitória e viu o Penapolense apostar em jogadas de velocidade. Com o apoio da torcida, o Norusca chegou ao gol da vitória aos 36 minutos, com Igor Balotelli, que viu a zaga do CAP falar e ficar livre para tirar de Márcio e fazer 2 a 1 e garantir a primeira vitória do Noroeste na Copa Paulista.

Próximos jogos

Pela próxima rodada, o Noroeste vai até Piracicaba enfrentar o XV, às 16 horas, no sábado (26). Já o Penapolense vai até Mirassol enfrentar o time da casa, no domingo (27), às 10 horas.

Anúncios

Claudemir Peixoto não é mais técnico do Penapolense

claudemir.jpg

Depois de acidente que vitimou seus filhos, Claudemir Peixoto pediu desligamento do Penapolense (Foto: Reprodução)

Depois da morte dos dois filhos e de um sobrinho em um acidente automobilístico, Claudemir Peixoto tentou seguir no comando técnico da equipe de Penápolis. Sem conseguir bons resultados – duas derrotas diante do XV de Piracicaba e da Ferroviária – e sendo cobrado pela torcida e por parte da imprensa local, o treinador se reuniu com a diretoria do Clube Atlético Penapolense e pediu desligamento do cargo.

Em entrevista à Rádio Luzes de Santa Barbara D’Oeste, o treinador afirmou que está sem cabeça para trabalhar depois do acidente, que conversou com o presidente do clube a respeito do momento que está passando.

De acordo com o treinador, a diretoria atendeu seu pedido (de desligamento) e deixou as portas do clube abertas caso ele queira voltar ao comando do clube. Claudemir disse ainda que vai precisa de uma pausa para pensar qual rumo dará a carreira, e que nesse momento não tem cabeça para pensar em resultados dentro de campo e em classificação para uma segunda fase, por esse motivo preferiu pedir desligamento do clube.

Com a saída do treinador, o ex-zagueiro Perez, que já defendeu o Penapolense e estava como auxiliar de Claudemir desde o começo da Copa Paulista deve assumir o comando do time no restante da competição.

DESEMPENHO

O treinador chego à Penápolis para comandar a equipe na Copa Paulista e fez apenas 7 jogos como técnico do CAP, foram 2 vitórias (2 a 1 no Mirassol e 1 a 0 no Velo), um empate (1 a 1 contra o Noroeste) e quatro derrotas (5 a 0 para o XV de Piracicaba, 3 a 2 para a Ferroviária, 1 a 0 para o Xv de Piracicaba e 3 a 1 para o Linense) e um aproveitamento de apenas 33,3% dos pontos.