De virada, Penapolense perde para a Ponte Preta

Ponte vira pra cima do Penapolense (Foto: Ponte Press)

Em Campinas, Ponte Preta vira para cima do Penapolense e vence por 2 a 1 (Foto: Ponte Press)

Jogando no Moisés Lucarelli, o Penapolense tentava quebrar a escrita e vencer a Ponte Preta pela primeira vez na história. O time de Penápolis saiu na frente, mas tomou a virada do time campineiro no segundo tempo, fazendo 2 a 1.

O Penapolense saiu na frente aos 26 minutos do primeiro tempo, Crislan chegou aos 9 gols e assumiu a artilharia isolada do Paulistão. No segundo tempo, a Ponte voltou disposta a vencer e empatou com Roni e virou com Wellington.

Ponte domina, mas CAP sai na frente

Precisando da vitória, o Penapolense começou o jogo fechado e buscando o contra-ataque, enquanto isso, a Ponte Preta tentava atacar, mas esbarrava na forte marcação do time visitante.

A primeira chance foi do time da casa, Renato Cajá cruzou e por pouco o atacante Biro-Biro não alcançou.

Novamente com Renato Cajá, a Ponte acertou a trave depois de cobrança de falta do camisa 10, assustando o goleiro Samuel Pires.

Quando chegou, o Penapolense abriu o placar. Depois de boa jogada de Ronaldo Mendes, a bola sobrou pra Sérgio Mota que ajeitou para Crislan fazer 1 a 0 com a ajuda do goleiro João Carlos.

Antes do fim do primeiro tempo, Renato Cajá mais uma vez assustou Samuel Pires, que fez ótima defesa.

Roni e Wellington comandam a virada da Ponte

No começo da segunda etapa, a Ponte mostrou que o bate papo no intervalo e a entrada de Adrianinho dariam resultado. Logo aos 3 minutos, Rodinei tabelou com Roni, que bateu na saída de Samuel Pires e empatou a partida.

Com o empate, a Ponte Preta cresceu e continuou buscando a virada, enquanto isso, o CAP buscava o contra-ataque para resolver a partida.

Aos 33 minutos, Juninho lançou Roni que cruzou para Wellington que chegou antes do zagueiro e bateu sem chance para o goleiro, virando a partida.

No final da partida, quase o Penapolense empata, com chute de longe de Fernando, que queimou na mão de João Carlos, e por pouco não foi parar no fundo do gol.

Nos acréscimos, Arnaldo cruzou e Crislan furou, na sobra, Rafael Costa saiu de frente com o goleiro, que fez ótima defesa e garantiu a vitória.

Classificação e Próximo Jogo

Com essa vitória, a Ponte chegou aos 27 pontos e é vice-líder do Grupo B. A partida das quartas-de-final já está decidida e será contra o Corinthians na Arena Corinthians. A última partida da equipe será na quarta-feira, diante do Capivariano.

Já o Penapolense continua brigando com o XV de Piracicaba por uma vaga na próxima fase, pelo Grupo D, para enfrentar o Santos, na Vila Belmiro. O CAP é o terceiro colocado com 15 pontos, 2 a menos que o time de Piracicaba. O time de Penápolis ainda corre o risco de rebaixamento, já que Linense, Portuguesa e Capivariano tem 13 pontos, 2 a menos. Na última rodada, o time de Penápolis recebe o São Bento, no Tenentão.

Fora de casa, Penapolense perde para a Ponte Preta

O Penapolense buscava a 3ª vitória seguida para assumir a liderança provisória do Paulistão 2013, mas acabou sendo derrotado pela Ponte Preta por 2 a 0. Com o resultado, a Ponte assumiu a liderança provisória, com 13 pontos, enquanto isso, o CAP ficou em 4º lugar com nove pontos.

O jogo começou com as duas equipes correndo muito e buscando abrir o placar logo no começo da partida. Guarú e Silvinho foram os principais nomes do time na primeira etapa, Ramírez e William deram trabalho para os zagueiros de Penápolis. Mas o placar no primeiro tempo ficou mesmo em 0 a 0.

No segundo tempo, a Ponte Preta voltou melhor e pressionou mais, já que o Penapolense foi ao ataque e deixou espaços para o time da casa. E os resultados desses espaços surgiram aos 15 minutos, depois de cobrança de falta, William subiu, antecipou o goleiro Marcelo e fez 1 a 0 para a Macaca. O segundo gol foi aos 32 minutos, uma boa jogada entre Alemão e Diego Rosa que haviam acabado de entrar terminou com um belo chute do meia, fazendo 2 a 0.

Na próxima rodada, o Penapolense recebe o União Barbarense, no Tenente Carriço, às 5 da tarde.