Fora de casa, Penapolense empata com a Portuguesa Santista

Penapolense e Portuguesa Santista não saíram do 1-1 em Santos (Foto: Assessoria Portuguesa Santista)

Jogando em Santos, o Penapolense conseguiu um empate com a Portuguesa Santista. A equipe de Penápolis saiu atrás no marcador, mas conseguiu o empate em 1-1. 

Com o empate, a Portuguesa Santista ficou no terceiro lugar da Série A2, enquanto o CAP chegou aos cinco pontos e está no 14º lugar, o primeiro fora da zona de rebaixamento. 

Briosa sai na frente

Jogando em casa, a Portuguesa Santista não demorou para abrir o marcador, logo aos 4 minutos. Gabriel Terra em cobrança de falta enganou Léo Lopes e mandou a bola direto para as redes, fazendo 1-0 para a Briosa. 

Com vantagem, a Portuguesa continuou a pressionar e criou boas chances com Galego e Gabriel Terra, mas não conseguiu ampliar o marcador. 

O ritmo diminuiu e o Penapolense começou a se arriscar mais no ataque, a equipe visitante só não empatou por falta de pontaria de seus jogadores.

Washington empata de falta e CAP quase vira

A Briosa voltou dominando na segunda parte, Santiago teve boa chance logo aos 5 minutos, depois foi a vez de Rayllan de cabeça quase ampliar para o time da casa.

O CAP continuava a sofrer com seus atacantes e pouco assustava o goleiro adversário. A história começou a mudar aos 20 minutos, quando Washington de falta deixou tudo igual em Santos. 

Depois do gol, as duas equipes se soltaram em busca da vitória. A Briosa tentou aos 31 com Matheus Leal, já o CAP quase virou aos 34, quando Marcelinho chutou para fora a chance de fazer 2-1.

A última chance do jogo foi do time da casa, Kalil tentou de cabeça, mas acabou cabeceando para fora.

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo na próximo sábado, quando enfrenta o Osasco Audax, fora de casa.

Penapolense conhece regulamento e adversários da Série A2 2020

Representantes dos 16 clubes da Série A2 2020 (Foto: Rodrigo Corsi / FPF)

Na última quarta-feira foi definido o regulamento do Campeonato Paulista da Série A2 de 2020. Em reunião realizada na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), representantes dos 16 clubes participaram do Conselho Técnico e definiram o regulamento da disputa do próximo ano.

Fórmula

A fórmula do torneio será o mesmo de 2019, ou seja, 15 rodadas na primeira fase – todos contra todos, com turno único. Os oito melhores passam para as quartas de final e os dois piores são rebaixados para a Série A3. As duas equipes finalistas se classificam para a A1 em 2021, isso se nenhuma dela for o Red Bull Brasil, caso isso aconteça, o terceiro colocado garante a vaga.

Calendário

A Federação Paulista confirmou que a Série A2 começará no dia 22 de janeiro e terminará no dia 25 de abril. As semifinais e finais podem ter VAR (árbitro de vídeo), a confirmação por parte da FPF só virá nos próximos meses.

Transmissão

O presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, confirmou que o Programa Futebol Sustentável estará presente a partir das quartas de final. Além disso, todas as partidas serão transmitidas nas plataformas do Grupo Globo e no FPF TV no Mycujoo.

Participantes

Caíram da A1: São Caetano, São Bento e Red Bull Brasil; subiram do Série A3: Monte Azul e Osasco Audax. Com isso os 16 participantes serão: Atibaia, Osasco Audax, Juventus, Monte Azul, Penapolense, Portuguesa, Portuguesa Santista, Red Bull Brasil, Rio Claro, São Bento, São Bernardo, São Caetano, Sertãozinho, Taubaté, Votuporanguense e XV de Piracicaba.

Penapolense dança o vira e é derrotado pela Portuguesa Santista

Penapolense saiu na frente, mas sofreu a virada no Tenentão (Foto: Silas Reche/ CA Penapolense)

Na manhã deste domingo, o Penapolense recebeu a Portuguesa Santista pela quinta rodada do Campeonato Paulista da Série A2 e perdeu de virada por 2-1. Osmar marcou para os donos da casaRaylan e Carlos Alberto viraram para a Briosa. 

Com o resultado, o Penapolense continua na zona de rebaixamento com apenas dois pontos, ocupando a 15ª posição, já o time de Santos chegou à terceira vitória e está com dez pontos ganhos, na terceira posição da Série A2. 

Osmar enche o CAP de esperança 

O Penapolense começou melhor na partida, aproveitou um vacilo da zaga e abriu o placar com o atacante Osmar. Depois do gol, o CAP continuou melhor e viu Ricardinho e Osmar perderem chances claras ainda no primeiro tempo.  

Apesar do esforço, o Penapolense não conseguiu ampliar e viu a Briosa crescer nos minutos finais do primeiro tempo.  

Vira-vira da Briosa 

No segundo tempo, a Portuguesa Santista aproveitou o espaço que o time da casa deu e começou a dominar o jogo. O treinador do Penapolense fez diversas mudanças para garantir o resultado e acabou sendo castigado aos 29 minutos, com Carlos Alberto empatando aos 29 minutos.  

Depois do gol, o Penapolense se perdeu em campo e acabou sofrendo a virada aos 42 minutos com Raylan. O time de Penápolis bem que tentou o empate no abafa, mas sem efeito. No final, os torcedores vaiaram e pediram a demissão do técnico Thiago Oliveira.  

Próximo jogo 

Penapolense volta a campo no próximo sábado, às 18 horas, para enfrentar a Internacional de Limeira no Major Levy Sobrinho.