Penapolense se complica em casa e perde para a Lusa

Penapolense bem que tentou, mas acabou surpreendido em casa pela Portuguesa (Foto: Silas Reche/CA Penapolense)

Depois de conseguir bons resultados fora de casa, o Penapolense voltou ao Tenentão com apoio da torcida para tentar entrar no G8 da Série A2. 

Apesar do apoio dos torcedores capeanos, o time acabou derrotado pela Portuguesa por 1-0. 

Com a derrota, o CAP volta a ser ameaçado pelo rebaixamento e ocupa o 13º lugar na classificação, já a Portuguesa chegou aos 10 pontos e agora é o 9º classificado na Série A2.

Sem chances para os dois

O time de Penápolis até começou mais animado, com o apoio da torcida e dos resultados conquistados fora de Penápolis, mas o controle do jogo não se converteu em gols.

Já a equipe paulistana buscava se defender e chegar com perigo em contra-ataques ou em lances de bola parada. 

A melhor chance da primeira parte foi com Rafinha que recebeu passe de Marcelinho e viu Dida salvar a equipe visitante.

Gol no finalzinho e vitória da Lusa

A segunda parte começou do mesmo jeito que acabou a primeira, com os dois times errando diversos passes e não criando muitas oportunidades.

O treinador do Penapolense até tentou mexer no ataque da equipe da casa, mas Vitão não conseguiu mudar o cenário. 

E quando o placar parecia que ia mesmo ficar empatado em 0-0, Roger Gaúcho aproveitou a sobra e fez 1-0 para a Lusa.

Depois do gol, o CAP tentou o empate, mas a falta de organização das jogadas acabou por ajudar os visitantes que viram os minutos passar e o time da casa não criar nenhuma oportunidade clara.

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo na sexta-feira, às 15 horas, para enfrentar o Atibaia, fora de casa.

Penapolense conhece regulamento e adversários da Série A2 2020

Representantes dos 16 clubes da Série A2 2020 (Foto: Rodrigo Corsi / FPF)

Na última quarta-feira foi definido o regulamento do Campeonato Paulista da Série A2 de 2020. Em reunião realizada na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), representantes dos 16 clubes participaram do Conselho Técnico e definiram o regulamento da disputa do próximo ano.

Fórmula

A fórmula do torneio será o mesmo de 2019, ou seja, 15 rodadas na primeira fase – todos contra todos, com turno único. Os oito melhores passam para as quartas de final e os dois piores são rebaixados para a Série A3. As duas equipes finalistas se classificam para a A1 em 2021, isso se nenhuma dela for o Red Bull Brasil, caso isso aconteça, o terceiro colocado garante a vaga.

Calendário

A Federação Paulista confirmou que a Série A2 começará no dia 22 de janeiro e terminará no dia 25 de abril. As semifinais e finais podem ter VAR (árbitro de vídeo), a confirmação por parte da FPF só virá nos próximos meses.

Transmissão

O presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, confirmou que o Programa Futebol Sustentável estará presente a partir das quartas de final. Além disso, todas as partidas serão transmitidas nas plataformas do Grupo Globo e no FPF TV no Mycujoo.

Participantes

Caíram da A1: São Caetano, São Bento e Red Bull Brasil; subiram do Série A3: Monte Azul e Osasco Audax. Com isso os 16 participantes serão: Atibaia, Osasco Audax, Juventus, Monte Azul, Penapolense, Portuguesa, Portuguesa Santista, Red Bull Brasil, Rio Claro, São Bento, São Bernardo, São Caetano, Sertãozinho, Taubaté, Votuporanguense e XV de Piracicaba.

Penapolense vence a Portuguesa no Canindé e sai da zona de rebaixamento

Fora de casa, o Penapolense venceu a Lusa por 3-2 (Foto: Everton Calício/Portuguesa)

Penapolense conquistou a primeira vitória na Série A2 de 2019 fora de casa, no Canindé, diante da Portuguesa. Pela nona rodada, o CAP chegou a abrir 3-0, sofreu dois gols, mas garantiu o primeiro triunfo, no confronto direto contra o rebaixamento.  

Com os três pontos conquistados, o CAP abandona a lanterna na mão da Portuguesa e sobe para a 13ª posição, com sete pontos. A Lusa fica agora com cinco pontos em 16º lugar.  

CAP surpreende e sai na frente 

Jogando em casa, a Portuguesa bem que tentou pressionar logo no começo da partida. Mas o time da casa esbarrava nos erros de passes e não ameaçava o gol do goleiro Samuel Pires. Já o Penapolense apostava nas bolas paradas para tirar o zero do placar, mas tinha dificuldade na hora de finalizar as jogadas. 

A primeira boa chance da Lusa apareceu depois de boa tabela entre Hudson e Bruninho, que cruzou para Matheus, livre de marcação chutar para fora a melhor chance da Lusa. 

Depois do susto, o Penapolense cresceu ainda mais na partida e chegou ao gol aos 33 minutos, Douglas cruzou, Lucas Bahia furou e a bola sobrou pra Ricardinho, que bateu forte, fazendo 1-0 para o CAP.  

E no último lance do primeiro tempo, Franklin recebeu passe açucarado de Rafael Sayão e bateu forte de pé esquerdo, fazendo o segundo gol do Penapolense e dando boa vantagem no intervalo. 

CAP sofre, mas garante a vitória 

Em vantagem no marcador, o Penapolense administrava o resultado e abusava dos contra-ataques para tentar fazer o terceiro. Em busca do primeiro gol, a Portuguesa viu Hudson fazer nova boa jogada que novamente foi desperdiçada por Matheus Rodrigues. 

Na sequência, o Penapolense acelerou o ataque e chegou ao terceiro gol, depois de a bola sobrar na meia lua, João Lucas acertou belo chute e fez 3-0.  

Aos 33 minutos da segunda etapa, a Lusa começou a reagir, primeiro com Fernandinho que aproveitou rebote do escanteio e bateu de primeira, fazendo 3-1.  

E aos 38, Fernandinho de pênalti fez o segundo gol e colocou uma dose extra de sofrimento para o torcedor do CAP. Com os dois gols, a Lusa bem que tentou empatar, mas parou nos erros de finalização e no goleiro Samuel Pires. 

Próximo jogo 

O Penapolense volta a campo no sábado, às 19 horas, contra o XV de Piracicaba, atual vice-líder da competição, no Tenentão.   

Confira o que mudou na Série A2 do Paulistão para 2016

A edição do Campeonato Paulista – Série A2 passará por mudanças no regulamento a partir de 2016, isso foi definido no arbitral que aconteceu na semana passada na sede da Federação Paulista de Futebol, com votação da maioria dos clubes sobre as mudanças.

A primeira mudança significativa é o número de acesso, se até 2015 eram 4 clubes que garantiam o acesso, ano que vem serão apenas 2. Além disso, o número de rebaixados sobe de 4 para 6, aumentando a preocupação dos clubes menores.

Outra mudança foi na fórmula de disputa, saem os pontos corridos e volta o “mata-mata”- a primeira fase será em turno único, com 19 rodadas, os 8 melhores se classificam para as oitavas, depois quartas e semis, os dois finalistas estarão na Série A1 em 2017. As quartas e semifinais serão disputadas em duas partidas, já a final será partida única (no dia 8 de maio).

O que continua igual é o limite de 28 jogadores inscritos por equipe (25 jogadores de linha e três goleiros). O prazo para inscrição é no dia 4 de março, ou seja, antes da décima rodada.

O calendário dos jogos só deverá ser divulgado em dezembro, um mês antes do inicio da competição.

Outra mudança que segue o que foi definido na Série A1 é que os técnicos só poderão trabalhar em um clube daquela divisão, evitando a troca de técnicos dentro da mesma série.

Dezenove clubes estão confirmados na Série A2 em 2016, 11 já disputaram a competição em 2015 (Atlético Sorocaba, Batatais, Guarani, Independente, Monte Azul, Paulista, Rio Branco, Santo André, São Caetano, União Barbarense e Velo Clube); quatro foram rebaixados da elite (Bragantino, Marília, Penapolense e Portuguesa) e quatro clubes que conseguiram o acesso (Barretos, Juventus, Taubaté e Votuporanguense).

A última vaga está entre Mirassol e Água Santa – o time de Diadema conseguiu o acesso, mas está com problemas em seu estádio e pode ficar de fora por não ter o número mínimo de lugares para receber jogos da Série A1 e assim pode continuar na Série A2, se não entregar os laudos necessários para a Federação.

Debaixo de muita chuva, Penapolense empata com a Portuguesa

Jogando pela oitava rodada do Paulistão, a Portuguesa recebeu o Penapolense nesse sábado (7) e ficou no empate em 1 a 1. O jogo foi disputado na Arena Barueri, debaixo de muita chuva e algumas boas chances de gol dos dois times. No primeiro tempo o domínio foi da Lusa, com o gol de Léo Costa, ainda no começo da partida. Na segunda etapa, foi a vez do CAP partir para cima e empatar a partida com Léo.

Lusa domina e sai na frente

O Penapolense começou marcando em cima e dando poucos espaços para a Portuguesa tocar a bola. Essa boa marcação durou apenas 12 minutos, quando Betinho deu belo lançamento para Léo Costa, que livre de marcação bateu sem chances para o goleiro Samuel, fazendo 1 a 0 para a Lusa.

Depois de sofrer o gol, o Penapolense saiu para o jogo e deu espaço para a Lusa contra-atacar. E o time do interior ainda criou boas chances com chutes de fora da área, primeiro com Fernando e depois com Sérgio Mota. O destaque da Lusa passou a ser o goleiro Rafael Santos, que fez boas defesas.

A chuva aumentou e a Lusa tentou pressionar em busca do segundo gol, mas novamente esbarrou na boa marcação do time de Penápolis. Em outro lance muito discutido, Washington recebeu na área e foi derrubado por Valdomiro, mas o árbitro mandou seguir.

Léo aparece e o Penapolense empata

No primeiro minuto do segundo tempo, o atacante Léo recebeu ótimo lançamento, entrou na área e bateu para empatar o jogo. Com o gol de empate, o time do técnico PC Gusmão cresceu e começou a pressionar em busca da virada, mas esbarrou na boa atuação do goleiro Rafael Santos.

A Lusa chegou a buscar o gol e teve algumas chances, mas nenhum grande perigo, o Penapolense tentou o gol até o último minuto, mas esbarrou nas falhas de finalização de seus atacantes. No apito final, empate e 1 ponto para cada lado.

Classificação e Próximo Jogo

Com o empate, a Lusa foi a 11 pontos e continua na vice-liderança do Grupo 3, atrás do Palmeiras que já soma 18. Enquanto isso, o Penapolense chegou aos 6 pontos e está na 4ª posição do Grupo 4, atrás de Santos (17), Capivariano (9) e XV de Piracicaba (7).

As duas equipes voltam a campo na próxima terça-feira às 19h30, pela nona rodada, a Lusa vai até Piracicaba enfrentar o Xv, enquanto isso, o Penapolense faz clássico contra o Linense no Tenentão.

Federação Paulista define os grupos do Paulistão 2015

Nesta segunda-feira (3), foram sorteados os grupos para o Campeonato Paulista de 2015. As 20 equipes foram divididas em 5 potes com 4 equipes cada. Os cabeça de chave – que estavam no pote 1- foram Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo. Os demais potes estavam divididos de acordo com a classificação do clube no estadual deste ano.

A primeira fase do Paulistão será de 1º de fevereiro a 8 de abril de 2015. As equipes jogam entre si, tirando as do mesmo grupo que não se enfrentam na primeira fase. Na segunda fase, os dois melhores de cada grupo se enfrentam em jogo único. Em caso de empate, a decisão será nos pênaltis.

As quartas-de-final serão dia 12 de abril; já as semifinais serão dia 19 de abril – o time de melhor campanha enfrenta a quarta melhor campanha e a segunda enfrenta a terceira.

A final será decidida em dois jogos – 26 de abril e 3 de maio. Nenhuma equipe terá vantagem por ter melhor campanha. Em caso de empate, a decisão será sempre nos pênaltis.

Confira os grupos do Paulistão 2015:

Grupo 1
São Paulo
Ituano
São Bernardo
Mogi Mirim
Red Bull

Grupo 2
Corinthians
Ponte Preta
Audax
Rio Claro
São Bento

Grupo 3
Palmeiras
Botafogo
Portuguesa
Linense
Marília

Grupo 4
Santos
Penapolense
Bragantino
XV de Piracicaba
Capivariano

Copinha: Com 9 jogadores, Penapolense consegue empate nos acréscimos

Nesta terça-feira, o Penapolense fez sua segunda partida pela Copa São Paulo de Futebol Júnior, e empatou em 2 a 2 com a Portuguesa.

Com o resultado, os dois times somaram seu primeiro ponto na competição e praticamente deram adeus às chances de classificação.

O jogo começou disputado e com o time da casa buscando a vitória, o primeiro gol saiu aos 29 minutos, com Henrique, fazendo 1 a 0 para o Penapolense. Depois do gol, a Lusa foi para cima mas não conseguiu o empate até o final do primeiro tempo.

No segundo tempo, a Portuguesa conseguiu a virada, primeiro com Diego aos 39 minutos e depois com Gean aos 43 minutos. Já nos acréscimos, Maicon de pênalti fez o 2º da equipe de Penápolis.

Copinha: Penapolense é derrotado pelo Náutico na estreia

O Penapolense realizou seu primeiro jogo na história da Copa São Paulo de Futebol Júnior neste domingo, e a primeira impressão não foi das melhores para os torcedores do Penapolense. Debaixo de um sol escaldante e jogando às 14 horas, o time foi derrotado pelo Náutico por 3 a 0, com gols de Renato (2) e Lineker.

No primeiro tempo, com o calor muito forte, o time começou melhor e chegou a ameaçar o goleiro adversário com chutes de fora da área. Mas com o passar dos minutos, o time sentiu o cansaço e terminou o primeiro tempo tomando sufoco, que deu resultado aos 36 minutos, quando Renato abriu o placar para a equipe pernambucana.

No segundo tempo, o time voltou sem ritmo de jogo e tomando pressão e não levando qualquer perigo para o goleiro adversário, logo aos 6 minutos, Renato marcou novamente, fazendo 2 a 0. Aos 35 minutos, Lineker fez bela jogada, com direito a drible da vaca no zagueiro capeano e fez o 3º.

O Penapolense volta a campo na próxima quarta-feira, às 18h00, contra a Portuguesa – que também foi derrotada, pelo Juventude-RS, na rodada de abertura por 3 a 0.

Resultados
Penapolense 0 x 3 Náutico
Juventude 3 x 0 Portuguesa

Classificação
1- Juventude: 3
2- Náutico:  3
3- Portuguesa: 0
4- Penapolense: 0

2ª RODADA – 09/01 – Quarta-feira
18h- Penapolense x Portuguesa
20h- Náutico x Juventude

Penapolense cai em grupo complicado na Copa São Paulo 2013

A Federação Paulista de Futebol divulgou os grupos e os 96 clubes que disputam a 44ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior, que acontece no mês de janeiro de 2013.

Pela primeira vez na história, a cidade será sede da competição. O time da casa mandará os jogos em Penápolis e está em um grupo que conta com Naútico-PE, Portuguesa-SP e Juventude-RS.

As datas dos jogos ainda não foram divulgadas.

Balanço da 1ª rodada do Paulistão

A 1ª rodada do campeonato Paulista deste ano não teve lá muitas surpresas, dos times considerados grandes, apenas o Santos não venceu na estréia, o time da Vila jogou com a Portuguesa no Morumbi, e acabou sendo derrotado por 2×0, gols de Christian e Marcelo. Jogando na Rua Javari, o time do Juventus que agora conta com Vampeta, não saiu de um empate em 1×1 com o Noroeste de Bauru, o gol do Moleque Travesso foi marcado por Vinícius, já o gol do time do interior paulista foi de Otacílio Neto, que jogou o último Brasileirão pelo Figueirense. Já a Ponte Preta não tomou conhecimento do time do Ituano e aplicou uma goleada por 4×2, o time de Itu que já foi rebaixado no Brasileirão -Série B ano passado, corre o risco de cair no Paulistão neste ano. Os gols do jogo foram: Eduardo Arroz, Wanderley, Elias e Leandro para a Ponte, Márcio Alemão e Eduardo Arroz (contra) descontaram para o time de Itu. A maior surpresa até aqui foi a vitória do Mirassol sobre o Grêmio Barueri por 2×1, os gols do Mirassol foram marcados por Anderson Lobão e Xuxa, Alex Maranhão descontou pro time de Barueri. O Paulista de Jundiaí é outro clube que estava em queda livre no ano passado e continuou o ano da mesma forma que terminou 2007, com derrota, desta vez o time perdeu de 2×0 para o Rio Claro, os gols do Rio Claro foram marcados por Chumbinho e Mirandinha. Na Quinta-Feira, os outros grandes clubes paulistas estrearam no Paulistão, e nenhum quis fazer feio, o Palmeiras venceu o Sertãozinho por 3×1 com 2 gols de Alex Mineiro e 1 de Willian, o ex atacante do Atlético Paranaense fez sua estréia com o pé direito no time do Palestra Itália. Já o São Paulo, atual campeão Brasileiro, terminou o 1º tempo perdendo, mas no 2º outro estreante brilhou e deu a vitória ao time do Morumbi, Adriano, ele mesmo, fez os dois gols do time e deu a vitória por 2×1 contra o time do Guaratinguetá, que saiu na frente em cobrança de falta de Renato. O Corinthians também não quis saber de brincadeira na estréia e venceu o Guarani por 3×0 com 2 gols do artilheiro da “Fiel”, Finazzi, o outro gol do time de Parque São Jorge foi marcado por Dentinho. O Marília venceu o Bragantino por 2×0 e mostrou que chega para o Paulistão deste ano, o time marcou com Wellington Silva e Gum. Para finalizar a rodada, São Caetano e Rio Preto jogaram e acabaram empatando em 2×2, Paulo Roberto e Jorginho fizeram os gols do Rio Preto, Rafinha e Douglas descontaram para o São Caetano, dando números finais ao jogo.


por Zuba Ortiz