Penapolense começa preparação para a Copa Paulista

cap1497466139811.png

Reunião no CT definiu o planejamento para a Copa Paulista (Foto: Silas Reche/CA Penapolense)

O Penapolense realizou uma reunião na última segunda-feira (12) no Centro de Treinamento para começar a preparação para a Copa Paulista. Já os treinamentos começaram na terça-feira (13), com o novo treinador, Claudemir Peixoto, comandando um treino no gramado principal. O treinador que chega à Penápolis estava no Andraus-PR na disputa da segunda divisão do Paranaense.

O clube ainda deve se reforçar com novos nomes com um auxílio de uma parceria, depois será a vez do treinador definir a equipe que será inscrita na competição que dá vaga na Série D do Brasileirão e na Copa do Brasil em 2018. Vale lembrar que o clube vencedor decide qual competição irá disputar no próximo ano.

O time fará sua estreia no dia 03 de julho, fora de casa, às 20h, diante do XV de Piracicaba. O atual campeão havia desistido da disputa da Copa Paulista, mas acabou ficando com a vaga do Marília, depois que o clube azulino desistiu da disputa.

A primeira partida em casa será no dia 08 de julho, às 18h30, no Tenentão, diante do Noroeste de Bauru.

Alguns jogadores que disputaram a Série A2 continuam nesse segundo semestre, são os casos dos goleiros Samuel Pires e Cleiton, o lateral Altino, o zagueiro Guilherme, os volantes Thiago Moura, Carlinhos e Jean, os meias PV e Benito e o atacante Caxito. Também já se apresentou o meia Paulinho, que estava no Batatais na disputa da A2.

Confira os grupos da Copa Paulista

Grupo 01:

Velo Clube (Rio Claro), Penapolense, Linense, Noroeste (Bauru), Ferroviária (Araraquara), XV de Piracicaba e Mirassol.

Grupo 02:

Internacional (Limeira), Taboão da Serra, Desportivo Brasil (Porto Feliz), Audax (Osasco), Rio Branco (Americana), São Paulo e Atibaia.

Grupo 03:

Santos, São Caetano, Portuguesa, Juventus, Água Santa (Diadema), Taubaté, Nacional (São Paulo) e Portuguesa Santista.

Nos pênaltis, Penapolense cai diante do Linense na semi da Copa Paulista

Linense garantiu a vaga na final da Copa Paulista depois de vencer nos pênaltis por 4 a 2.

Linense garantiu a vaga na final da Copa Paulista depois de vencer nos pênaltis por 4 a 2. (Foto: José Luis Silva/ CA Linense)

Jogando neste sábado (14) em Lins, o Penapolense foi derrotado pelo Linense no tempo normal por 1 a 0 – com o resultado, o jogo foi para a decisão por pênaltis. E o time da casa foi mais eficiente e venceu por 4 a 2, garantindo a vaga na final da Copa Paulista, diante do Ituano.

Com a eliminação, o Penapolense começa a pensar na próxima temporada, quando disputa a Série A2 do Paulistão. Já o Linense vai em busca do título que garante vaga na Copa do Brasil ou na Série D do Brasileiro.

Linense pressiona, mas não abre o placar

Jogando em casa e precisando do resultado, o Linense foi para o ataque logo no começo da partida.

Aos 9 minutos, Gedeílson cruzou para Gabrielzinho, que bateu de primeira sem muito perigo para o goleiro Samuel Pires.

Antes dos 20 minutos, o time da casa chegou mais duas vezes com Gabrielzinho que primeiro bateu perto da trave, na segunda chance, cortou dentro da área, mas acabou batendo para fora.

Aos 25 minutos, o CAL abriu o placar, com Tássio – mas o bandeira já havia marcado impedimento, anulando o lance.

Aos 43, a melhor chance do Penapolense, depois de ótima jogada de paraíba, a zaga do Linense coloca a bola para escanteio e por pouco não faz contra.

No intervalo, Moisés Egert (técnico do Linense) foi expulso por reclamação.

Pênalti polêmico no final e decisão na marca da cal

Precisando vencer, o Linense entrou no segundo tempo disposto a tirar o zero do placar. Aos 4 minutos, Gabrielzinho bem que tentou, mas foi marcado impedimento do atacante do CAL.

Aos 25 minutos, o time da casa chega novamente com perigo, depois do cruzamento, três jogadores do Linense tentam, mas não alcançam a bola para cabecear.

1 minuto depois foi a vez de Tavares tentar abrir o placar e parar em ótima defesa de Samuel Pires.

Com o jogo chegando no seu final, o Linense pressionava e o Penapolense se segurava como podia, principalmente com ótima atuação de Samuel Pires.

Aos 39 minutos, o atacante Tardelli caiu na área e o juiz marcou pênalti, para revolta dos jogadores do CAP.  Na cobrança, Thiago Humberto fez 1 a 0 para o time da casa.

Depois do pênalti, Paulinho Kobayashi acabou expulso, deixando o CAP sendo comandado por seu auxiliar nos minutos finais.

Pará e Elbis perdem e Linense garante vaga na final

Na disputa por pênaltis brilhou a estrela de Galletti, o goleiro do Linense que pegou duas cobranças e garantiu a vaga na final da Copa Paulista diante do Ituano.

Pelo Linense fizeram: Rafael Chorão, Marcelo Pé, Gedeílson e Tardelli; já pelo CAP marcaram: Neílson e Jessé e perderam: Pará e Elbis.

Crislan marca e Penapolense vence o Rio Claro

Jogando nesta sexta-feira (20), o Penapolense venceu o Rio Claro, no Tenentão, por 1 a 0, com gol de Crislan. Com o resultado, o CAP ultrapassou o time de Rio Claro e se distanciou da zona do rebaixamento. A vitória ainda coloca o time de Penápolis na disputa com o XV de Piracicaba e Capivariano por uma vaga na segunda-fase do Paulistão.

Sem chances

O Penapolense tentou tomar conta do jogo e fazer valer o mando de campo, mas esbarrava no time do Rio Claro que jogava fechado e buscava criar chances em contra-ataques.

Enquanto o time de Penápolis tocava a bola buscando um espaço, os visitantes tentavam apenas se defender, manter o bloqueio na zaga e não deixar os donos da casa chegarem perto do gol.

Abusando dos passes errados, Guaru pelo lado do Rio Claro e Sérgio Mota do lado do CAP foram inoperantes e não conseguiram fazer os times concluírem a gol, sem nenhuma chance clara.

A melhor chance do Penapolense aconteceu depois de bom lance de Diego Rosa que cruzou para Léo Melo que dentro da pequena área, bateu alto, longe do gol. Pelo lado do Rio Claro, uma cobrança de falta de Gilberto obrigou Samuel Pires a fazer boa defesa.

Na saída para o intervalo, a torcida que compareceu ao estádio Tenente Carriço vaiou o time do técnico PC Gusmão.

Crislan entra e decide (de novo)

No segundo tempo, PC Gusmão voltou com Rafael Costa e Crislan nos lugares de Fernando e Léo Melo. E a substituição deu resultado logo aos 7 minutos, depois de lançamento de Rafael Costa, Crislan ganhou dos zagueiros e bateu forte, sem chance para o goleiro adversário, fazendo 1 a 0 para o Penapolense.

Depois do gol, o Rio Claro partiu para o ataque e o Penapolense se defendeu como pode.

No final da partida, o CAP viu o Rio Claro tentar empatar, mas tirando um lance com Macena que bateu por cima do gol de Samuel Pires, o time visitante criou poucas chances claras de empatar a partida.

Próxima partida e Classificação

Com a vitória, o Penapolense chegou aos 12 pontos e assumiu a 3ª posição no Grupo 4. Na classificação geral, o time de Penápolis ultrapassou o Rio Claro – que continua com 11 pontos.

Na próxima rodada, o Rio Claro recebe o XV de Piracicaba, na próxima terça-feira, às 19h30. Já o CAP vai até a capital enfrentar o Corinthians na Arena Corinthians, na quinta-feira, às 19h30.