Milagre em São Bernardo: Penapolense vence por 2-1 e escapa do rebaixamento

Jogadores reunidos no campo após apito final que livrou as duas equipes da Série A3 (Foto: Divulgação/CA Penapolense)

O Penapolense foi até o ABC Paulista e conseguiu uma vitória importante. Com o resultado, o time de Penápolis escapou do rebaixamento na última rodada, depois de passar boa parte do campeonato no Z2. O CAP chegou a 15ª rodada na lanterna e dependia de outros resultados para conseguir escapar da Série A3. 

O placar também livrou o São Bernardo do Z2 pelo saldo de gols, o time do ABC acabou empurrando o Nacional para a 15ª posição, antes, o Linense havia perdido para o Água Santa e ficado na lanterna da competição.  

O Penapolense terminou a primeira fase em 12º lugar, com 16 pontos conquistados. Já o São Bernardo foi o 14º colocado com 15 pontos.  

Jefferson lesionado e CAP na frente 

Sem nenhuma chance clara logo nos primeiros 15 minutos, a partida acabou paralisada depois de uma lesão grave do avançado Jefferson que fraturou a perna e precisou ser levado ao hospital de ambulância. A partida ficou paralisada por 40 minutos, quando o jogo recomeçou, o Penapolense abriu o placar aos 25, Mário Sérgio cobrou escanteio e Ranielle subiu sozinho para testar e fazer 1-0 para os visitantes. 

Antes do intervalo, o CAP chegou ao 2-0, depois de cruzamento, Rafael Sayão tentou completar para o gol, o volante Fernando Aguiar tentou cortar e acabou mandando contra o próprio gol, fazendo a festa dos pouco mais de 40 capeanos presentes no Primeiro de Maio.   

Bernô consegue gol salvador e escapa da A2 

Com o atraso por conta do atendimento do jogador do Penapolense, aos 30 minutos do segundo, as duas equipes já sabiam os outros resultados e o placar de 2-0 rebaixava o São Bernardo. E o gol saiu aos 36 minutos, Léo Cereja escorou para o meio da área e Careca empurrou para o fundo das redes, deixando 2-1 no marcador.  

Com um resultado favorável para as duas equipes, tanto o CAP como o São Bernardo seguraram a bola e pouco arriscavam, com medo de tomarem o gol e irem para a terceira divisão paulista.  

Jogadores do Penapolense festejaram a permanência na Série A2 (Foto: Divulgação/CA Penapolense)

Depois do apito final, os jogadores do Penapolense foram agradecer aos torcedores que enfrentaram algumas horas de viagem até o ABC Paulista para apoiar a equipe.  

Anúncios

Penapolense fica no empate com o São Bernardo e perde a liderança da A2

sao bernardo.jpg

Penapolense e São Bernardo fazem jogo equilibrado no Tenentão (Foto: Silas Reche/ CA Penapolense)

Penapolense e São Bernardo se enfrentaram nesse domingo no Estádio Tenente Carriço pelo encerramento da 4ª rodada da Série A2 do Campeonato Paulista.

O time da casa que era líder acabou caindo para o segundo lugar da competição, o time de Penápolis tem os mesmos 10 pontos do Oeste, de Barueri, mas perde no saldo de gols. Já o Bernô chegou aos oito pontos e subiu para a terceira posição na tabela.

Love aparece e CAP sai na frente

Jogando em casa e buscando manter a liderança, o Penapolense demorou para se encontrar na partida e o que se viu no Tenentão foram vários passes errados e nenhuma chance de gol.

A primeira boa chance da partida foi do time visitante, quando Matheus Jussa bateu forte e viu a zaga desviar para escanteio.

Depois de sofrer uma pequena pressão, o Penapolense foi para o ataque e conseguiu abrir o placar aos 39 minutos, com Leandro Love, que recebeu ótimo passe e bateu sem chances para o goleiro do Bernô, fazendo 1 a 0.

Antes do apito do árbitro, o time do ABC quase empatou com Fernando Jr que acertou o travessão.

Pênalti polêmico, Lei do Ex e empate no Tenentão

Buscando o resultado, o São Bernardo partiu para o ataque desde o primeiro minuto da segunda etapa. E criou inúmeras chances de igualar o marcador.

Enquanto isso, o CAP apostava nas jogadas de velocidade para surpreender e garantir o resultado. E o estilo de jogo deu resultado até os 29 minutos, quando o zagueiro do CAP derrubou o atacante dentro da área. Na cobrança, Franscimar (que já atuou no CAP) deslocou o goleiro e deixou tudo igual, 1 a 1.

Com o empate no placar, as duas equipes bem que tentaram sair com a vitória, mas com muitos erros de passe e pouca criatividade, o placar se manteve empatado até o apito final.

Próximo jogo

O Penapolense volta a campo no próximo domingo, às 10 horas, para receber a Votuporanguense, no Tenentão, pela 5ª rodada da competição.

Ainda sem vencer, Penapolense perde para o São Bernardo por 1 a 0

Jogando no estádio Tenente Carriço, Penapolense e São Bernardo fizeram um jogo equilibrado pela abertura da rodada do Campeonato Paulista. Com poucas chances na primeira etapa, o time do ABC aproveitou um pênalti marcado e abriu o placar com Lúcio Flávio.

Na segunda parte do jogo, o técnico Narciso colocou o time no ataque, mas ainda esbarrou na forte marcação dos visitantes que seguraram o placar, apesar da pressão do time da casa.

Cavadinha e vantagem pro Bernô

Jogando em casa, o Penapolense partiu para o ataque desde o começo da partida, mas mesmo com três alterações – Dimba no lugar de Diego Rosa, Fernando no lugar de Washington e Bruno Smith no lugar de Wellington Bruno – o time continuou tendo problemas com a armação das jogadas.

Com o São Bernardo jogando fechado e apostando nos contra-ataques, o time visitante chegou a dominar o primeiro tempo e teve algumas chances de abrir o marcado.

Em um desses contra-ataques, Lúcio Flávio sofreu um pênalti, cobrou e abriu o placar do time visitante, fazendo 1 a 0 no final da primeira etapa.

Penapolense aperta, mas gol não sai

Com duas mudanças logo de cara, Diego Rosa e Washington nos lugares de Gilmak e Bruno Smith, o técnico Narciso mostrou que o Penapolense partiria em busca do empate desde o primeiro minuto.

Já o time visitante se fechou ainda mais e buscava decidir a partida em contra-ataques, principalmente com Vanger.

A chance mais clara do CAP surgiu com Crislan, que recebeu na área e bateu forte, no canto, mas o goleiro Daniel fez ótima defesa e salvou o time do ABC.

No final da partida, em um bate e rebate dentro da área, Crislan reclamou um pênalti não marcado e recebeu cartão amarelo.

Após o apito final, o atacante foi reclamar com o árbitro e acabou expulso e é desfalque para a próxima partida diante do Mogi Mirim, fora de casa.

Classificação e próximo jogo

Com a vitória, o São Bernardo se mantém em terceiro lugar no Grupo A, com 7 pontos, 1 a menos que o Mogi – segundo colocado.

Já o Penapolense caiu para o quarto lugar do Grupo D, com os mesmo 2 pontos do Capivariano.

Na quinta rodada, o São Bernardo recebe o Santos, no estádio 1º de Maio, no próximo sábado, às 17h. Já o Penapolense só volta a campo na quarta-feira de cinzas, dia 18, contra o Mogi Mirim, fora de casa.

Narciso é demitido, PC Gusmão deve assumir

Depois da quarta rodada, o time de Penápolis demitiu o técnico Narciso e está perto de contratar PC Gusmão – Marcelo Martelotte é um nome que correr por fora. O próximo treinador deve estrear na próxima quarta-feira, diante do Mogi Mirim.

Penapolense e São Bernardo se enfrentam em busca de vaga no G2

Penapolense e São Bernardo estão em terceiro lugar em seus grupos e se enfrentam hoje (10), às 19h30, no Tenentão, na abertura da quarta rodada do Paulistão. As duas equipes buscam os três pontos para tentar assumir uma vaga no G2, que garantem o time nas quartas-de-final do campeonato estadual.

O CAP vem de empate em 0 a 0 com o Ituano, enquanto o Bernô empatou em 1 a 1 com o Capivariano. O time do interior chegou a dois pontos, enquanto o time do ABC tem quatro.

O técnico Narciso buscava seis pontos nas partidas em casa – diante do Ituano e São Bernardo – mas terá que buscar os pontos perdidos, nas próximas rodadas, fora de casa.

O time do ABC Paulista ficou em Lins, se preparando para a partida, e não terá Cañete e Alex Silva, poupados para a quinta rodada.

O Penapolense deve ir a campo com: Leandro Santos, Arnaldo, Jaílton, Gualberto e João Lucas, Gilmak, Washigton, Rafael Costa e Wellington Bruno, Crislan e Diego Rosa.

Já o São Bernardo começa a partida com: Luiz Daniel; Rafael Cruz, Luciano Castan, Diego Jussani e Vicente; Daniel Pereira, Magal, Marino e Jean; Felipe Zanelatto (Vanger) e Maikon.

Federação Paulista define os grupos do Paulistão 2015

Nesta segunda-feira (3), foram sorteados os grupos para o Campeonato Paulista de 2015. As 20 equipes foram divididas em 5 potes com 4 equipes cada. Os cabeça de chave – que estavam no pote 1- foram Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo. Os demais potes estavam divididos de acordo com a classificação do clube no estadual deste ano.

A primeira fase do Paulistão será de 1º de fevereiro a 8 de abril de 2015. As equipes jogam entre si, tirando as do mesmo grupo que não se enfrentam na primeira fase. Na segunda fase, os dois melhores de cada grupo se enfrentam em jogo único. Em caso de empate, a decisão será nos pênaltis.

As quartas-de-final serão dia 12 de abril; já as semifinais serão dia 19 de abril – o time de melhor campanha enfrenta a quarta melhor campanha e a segunda enfrenta a terceira.

A final será decidida em dois jogos – 26 de abril e 3 de maio. Nenhuma equipe terá vantagem por ter melhor campanha. Em caso de empate, a decisão será sempre nos pênaltis.

Confira os grupos do Paulistão 2015:

Grupo 1
São Paulo
Ituano
São Bernardo
Mogi Mirim
Red Bull

Grupo 2
Corinthians
Ponte Preta
Audax
Rio Claro
São Bento

Grupo 3
Palmeiras
Botafogo
Portuguesa
Linense
Marília

Grupo 4
Santos
Penapolense
Bragantino
XV de Piracicaba
Capivariano

Penapolense vence São Bernardo e se garante no Paulistão 2014

O Penapolense conseguiu o primeiro dos seus objetivos neste sábado – o time venceu o São Bernardo por 3 a 0, com gols de Fernando, Rodrigo Biro e Geuvânio – escapou do rebaixamento, garantindo a vaga na elite em 2014.

No primeiro tempo, o Penapolense chegou a tomar um pequeno sufoco, mas logo tomou conta da partida, e o primeiro gol não demorou a sair, aos 14 minutos, depois de escanteio, Wilson Júnior saiu mal e Fernando de cabeça fez 1 a 0 para o time da casa.

Depois do gol, o São Bernardo foi para cima, mas o “Bernô” esbarrava na zaga e no goleiro Marcelo – que mais uma vez fez boas defesas e passou segurança aos zagueiros capeanos.

Aos 34 minutos, novamente um escanteio, e novamente um gol de cabeça, dessa vez, Rodrigo Biro subiu sozinho e fez 2 a 0 para o time da casa.

No segundo tempo, o Penapolense preferiu segurar o resultado, tocando bola no meio campo e esperando o São Bernardo buscar as ações de ataque. O Bernô até tentou, mas a zaga do Penapolense continuava bem.

E as ações do São Bernardo diminuíram depois dos 20 minutos, quando o zagueiro Daniel Marques foi expulso, depois de entrada dura em Silvinho. Depois da expulsão, o Penapolense teve mais espaço e bons contra-ataques, em um deles aos 44 minutos, Geuvânio saiu sozinho na frente de Wilson Júnior e bateu sem chances, fazendo 3 a 0 e fechando o placar.

Com a vitória, o Penapolense chegou aos 20 pontos – 9º colocado – 1 pontos a menos que o Linense que é o 8º colocado.

A próxima partida do Penapolense será quarta-feira, às 22 horas, contra o Corinthians, no estádio do Pacaembu.

CBF confirma e Paulistão dará duas vagas na Série D 2013

A Confederação Brasileira de Futebol confirmou nesta quarta-feira a participação de 40 equipes na Série D do Campeonato Brasileiro de 2013. Um oficio foi divulgado no site da entidade.

Chegou a ser anunciado que o torneio contaria com apenas 32 equipes, mas a redução infringiria o Estatuto do Torcedor, que possui um prazo para divulgação das equipes que iniciam a competição.

Como o regulamento da Série D de 2013 será o mesmo de 2012, a CBF confirmou duas vagas para os clubes paulistas, que deverão ficar com os melhores clubes do Paulistão – que não disputam nenhuma outra divisão nacional – este ano, a vaga ficou com Mogi Mirim e Mirassol. O Mogi garantiu o acesso a Série C.

Em 2013, 10 equipes vão disputar as duas vagas. Confira as equipes que buscam a vaga na última divisão nacional: Atlético Sorocaba, Botafogo, Ituano, Linense, Mirassol, Paulista, Penapolense, São Bernardo, União Barbarense e XV de Piracicaba.

Para 2014, a Confederação Brasileira de Futebol já confirmou que o número será reduzido para 32 equipes, com apenas uma vaga para os paulistas.