Penapolense vence o São Caetano na despedida da A2

penapolense

Leandro Love fez o segundo gol do CAP e foi um dos destaques do time na Série A2 (Foto: Silas Reche/CA Penapolense)

Jogando neste domingo (23), pela última rodada da primeira fase da Série A2 do Campeonato Paulista, o Penapolense venceu o São Caetano por 3 a 2 e evitou que o time do ABC fosse o primeiro colocado nessa primeira fase.

O Penapolense chegou aos 27 pontos e ficou na 9ª posição, enquanto isso, o São Caetano ficou com 34 na segunda posição.

O time de Penápolis chegou na última rodada sem disputar nada, não caia para a Série A3 e também não tinha mais chance de conquistar uma vaga na semifinal. Já o Azulão já tinha garantido a classificação e acabou perdendo em casa.

Penapolense abre o placar e Azulão empata

Com os dois times jogando em ritmo de treino e sem muita vontade, as chances apareceram aos poucos. A primeira foi com Thiago Mouro, que aos 11 minutos subiu de cabeça e desviou para fazer 1 a 0 para o CAP.

Em desvantagem no placar, o São Caetano saiu para o jogo, dando espaço para contra-ataques e deixando a partida mais animada.

O empate saiu aos 40 minutos, com Régis aproveitando o rebote de Samuel Pires e deixando tudo igual.

São Caetano passa à frente, mas CAP consegue a vitória

Sabendo que perderia a liderança por conta da goleada do Água Santa, o São Caetano partiu para o ataque e pressionou o CAP. A virada saiu aos 18 minutos, com Lincom, fazendo valer a lei do ex, e virando a partida.

Dois minutos depois, Leandro Love empatou a partida de pênalti, fazendo 2 a 2 e deixando o jogo animado para o final.

Aos 28 minutos, Gilvan usou a cabeça para virar a partida e colocar o CAP em vantagem, fazendo 3 a 2.

Depois do gol, o São Caetano partiu para o ataque e criou boas chances, enquanto isso, o Penapolense apostava nos contra-ataques e também teve boas chances, mas não conseguiu mudar o placar.

Próximos jogos

Como já estava classificado, o São Caetano (2º) agora enfrente o Rio Claro (3º), em busca de uma vaga na final e do acesso à elite paulista. Já o Penapolense deu adeus à competição e agora pensa na Copa Paulista, no segundo semestre.

 

Anúncios

Penapolense garante empate com o Azulão

12698416_1309211929094308_4462820302248745684_o.jpg

Fio garante o empate diante do São Caetano (Foto: Silas Reche/CA Penapolense)

Jogando em casa, o Penapolense conseguiu um empate diante do São Caetano pela quarta rodada do Paulistão A2. A partida terminou empatada em 1 a 1. Os gols foram marcados por Fio para o Penapolense e Matheuzinho para o Azulão. Com o resultado, o São Caetano continua no G8, enquanto o CAP continua no Z6.

São Caetano pressiona e Samuel Pires salva o CAP

Parecia que o time da casa era o São Caetano, que tomou a iniciativa do jogo e dominou o Penapolense, no Tenentão.

O time do ABC teve ótimas chances, mas Samuel Pires fez ótimas defesas, evitando o primeiro gol do Azulão. E quando o goleiro não conseguiu segurar, contou com o impedimento no gol de Sandoval.

Mesmo adiantando a marcação, o Penapolense dava espaço para o São Caetano, que abusava das jogadas pelo lado direito do campo. Antes do apito, Dominguinhos recebeu lançamento de Neílson e bateu frente à trave de Renan Rocha.

Azulão abre o placar e Fio empata a partida para o CAP

O time do ABC voltou ligado e abriu o placar logo aos 4 minutos, depois de Matheuzinho aparece no meio da defesa e de carrinho fazer 1 a 0 para o Azulão.

Depois do gol, o Penapolense acordou e a resposta foi imediata, Zelão cabeceou à queima-roupa e Renan Rocha fez um milagre e salvou o gol de empate.

Mesmo vencendo, o São Caetano continuou pressionando em busca do segundo gol. E por pouco não fez o segundo depois de ótima jogada de Neto e conclusão de Matheuzinho. O destaque do Penapolense era o zagueiro Zelão que tenta evitar que os atacantes adversários buscassem ampliar o placar.

E buscando o contra-ataque, o Penapolense conseguiu o empate. Felipe Merlo roubou a bola e tocou para Kesley que deixou Fio em condições de empatar e o atacante não desperdiçou e deixou tudo igual no Tenentão.

Próximos jogos

Na próxima rodada, o Penapolense enfrenta o Atlético Sorocaba, às 10h, no Tenentão. Já o São Caetano recebe o Barretos, no sábado, às 16h, no Anacleto Campanella.

 

 

Confira o que mudou na Série A2 do Paulistão para 2016

A edição do Campeonato Paulista – Série A2 passará por mudanças no regulamento a partir de 2016, isso foi definido no arbitral que aconteceu na semana passada na sede da Federação Paulista de Futebol, com votação da maioria dos clubes sobre as mudanças.

A primeira mudança significativa é o número de acesso, se até 2015 eram 4 clubes que garantiam o acesso, ano que vem serão apenas 2. Além disso, o número de rebaixados sobe de 4 para 6, aumentando a preocupação dos clubes menores.

Outra mudança foi na fórmula de disputa, saem os pontos corridos e volta o “mata-mata”- a primeira fase será em turno único, com 19 rodadas, os 8 melhores se classificam para as oitavas, depois quartas e semis, os dois finalistas estarão na Série A1 em 2017. As quartas e semifinais serão disputadas em duas partidas, já a final será partida única (no dia 8 de maio).

O que continua igual é o limite de 28 jogadores inscritos por equipe (25 jogadores de linha e três goleiros). O prazo para inscrição é no dia 4 de março, ou seja, antes da décima rodada.

O calendário dos jogos só deverá ser divulgado em dezembro, um mês antes do inicio da competição.

Outra mudança que segue o que foi definido na Série A1 é que os técnicos só poderão trabalhar em um clube daquela divisão, evitando a troca de técnicos dentro da mesma série.

Dezenove clubes estão confirmados na Série A2 em 2016, 11 já disputaram a competição em 2015 (Atlético Sorocaba, Batatais, Guarani, Independente, Monte Azul, Paulista, Rio Branco, Santo André, São Caetano, União Barbarense e Velo Clube); quatro foram rebaixados da elite (Bragantino, Marília, Penapolense e Portuguesa) e quatro clubes que conseguiram o acesso (Barretos, Juventus, Taubaté e Votuporanguense).

A última vaga está entre Mirassol e Água Santa – o time de Diadema conseguiu o acesso, mas está com problemas em seu estádio e pode ficar de fora por não ter o número mínimo de lugares para receber jogos da Série A1 e assim pode continuar na Série A2, se não entregar os laudos necessários para a Federação.

Penapolense empata com o São Caetano e adia sonho da classificação

Neste sábado, o Penapolense recebeu o até então, apenas ameaçado pelo rebaixamento, São Caetano. E o resultado foi um empate em 1 a 1, péssimo para as duas equipes – pelo lado de Penápolis, a vaga nas Quartas ficou para ser definida na última rodada, diante do Santos na Vila Belmiro, já dos lados do ABC, o time foi rebaixado para a Série A2 do Paulistão.

Em busca do primeiro gol logo no começo do jogo, o Penapolense pressionou o São Caetano no início do jogo e perdeu várias chances de abrir o placar, o Azulão só se encontrou depois dos 25 minutos do 1º tempo.  E quando começou a levar alguns sustos, o Penapolense abriu o placar com Silvinho, aos 32 minutos, depois de belo passe de Guaru.

Mesmo perdendo, o São Caetano continuou atacando e dando espaço para os contra-ataques – que foram desperdiçados diversas vezes pelos atacantes do CAP. E o castigo veio aos 43 minutos, quando Rivaldo puxou contra ataque, tocou para Danielzinho que bateu, Marcelo defendeu, mas a bola sobrou nos pés de Jobson, que bateu sem chances e empatou o jogo e ainda provocou a torcida de Penápolis.

No 2º tempo, o São Caetano sabia que precisava da vitória para não ser rebaixado e o Penapolense buscava a vitória que daria uma vaga inédita nas quartas de final do Paulistão.  Depois de 10 minutos, os dois times diminuíram o ritmo e o Penapolense apesar de não se classificar para a próxima fase, deixa o clube dependendo apenas de suas forças para isso.

Já para o São Caetano, a situação era pior a cada minuto, o time tentou um “abafa” nos últimos minutos, mas abriu espaço para o contra-ataque e por pouco Silvinho não fez o 2º do time da casa.

Com o empate, o Penapolense vai até Santos, enfrentar o time da casa, no próximo domingo, às 16 horas – todos os jogos serão as 16 horas.

Santos vence e chega com moral para o Clássico contra o Palmeiras

Depois de uma quarta feira recheada de gols pelo estadual, o Santos jogou na Vila mais famosa do mundo e conseguiu mais um bom resultado. Venceu o São Caetano por 2×0, com dois gols do jovem Róbson que entrou no 2º tempo, depois de ver Lúcio Flávio não fazer um bom jogo. Desta vez Kléber Pereira não marcou.

Ainda no campeonato Paulista, o Guaratinguetá, que foi destaque ano passado, venceu o Mogi-Mirim do presidente Rivaldo, por 2×1. E agora começa a respirar neste campeonato, saindo da zona do rebaixamento e chegando aos 5 pontos no torneio. Já o “Sapão” continua mal com 3 pontos em 5 jogos.

Se o Paulistão terminasse hoje os confrontos das semifinais seriam: Corinthians x Santos e Palmeiras x Barueri. Mas só foram  5 rodadas, faltam 14 rodadas para definir esses confrontos de mata-mata.

Próximos jogos:

SÁBADO:

17:00 – Corinthians x Portuguesa – Corinthians tem tudo para se manter na liderança, mas a Lusa vem numa crescente e pode complicar a vida do Timão. Empate.

18:30 – Santo André x Marília – O Santo André vem bem melhor que o Marília e deve passar pela equipe do interior sem muita dificuldade.

19:10 – Bragantino x Paulista – O Bragantino vem mal, está na zona do rebaixamento. O Paulista não vem bem mas quase complicou a vida do Corinthians na última rodada. Aposto no Braga por jogar em casa.

19:10 – Mirassol x Ituano – Mirassol perdeu em casa na última rodada pro Santo André e vai com tudo para cima do Ituano que vem complicando para os grandes, mas diante dos pequenos não tem feito muita coisa. Aposto no Mirassol.

DOMINGO:
11:00 – Oeste x Noroeste – O duelo dos desesperados, Oeste joga em casa, mas acredito que o Norusca tem mais time que o time de Itápolis.

17:00 – Palmeiras x Santos – Clássico não tem favoritos, o Palmeiras está 100% em 2009, e o Santos vem bem no estadual, é o 4º colocado no Paulistão.

17:00 – Botafogo-SP x São Paulo – Mesmo jogando no interior, o São Paulo é forte e deve passar pelo Botafogo sem nenhuma dificuldade.

19:10 – Guarani x Ponte Preta – Dérbi de Campinas, Ponte vem de goleada sobre o MAC, e o Guarani perdeu para o Botafogo em Ribeirão. Ponte chega mais forte, mas é um clássico.

19:10 – Mogi Mirim x Barueri – Na minha opinião, Mogi caminha a passos largos para a série A-2 e nem deve complicar a vida do Barueri que com a vitória deve continuar no G4.

19:10 – Guaratinguetá x São Caetano – O Guara venceu a primeira e deve chegar animado, mas o São Caetano tem um time mais entrosado que o Guará, o Azulão deve vencer mesmo jogando fora de casa.

Purity/Cesumar 3×1 Shopping ABC/Santo André

Com a torcida apoiando desde o primeiro set e com 970 pessoas no ginásio Chico Netto, a equipe maringaense do Purity/Cesumar venceu o time do Shopping ABC/ Santo André por 3 sets a 1 em 1 hora e 59 minutos de jogo. A equipe de Santo André está no confronto direto na luta contra o rebaixamento e acabou sendo ultrapassada pela equipe maringaense na classificação geral.

O resultado deu tranqüilidade para a equipe do Purity/Cesumar trabalhar com calma para os próximos jogos, fora de casa contra Bento Gonçalves e Caxias, os dois times foram superados pelo Purity/Cesumar no 1º torneio da Superliga dentro do Chico Netto. Nos últimos jogos o time tem se saído bem, dos 4 jogos seguidos que fez em casa o time conseguiu 3 vitórias contra adversários direto pela luta contra a degola.

No 1º set, o time maringaense demorou pra encontrar seu ritmo de jogo, deixou o time adversário abrir uma vantagem grande, e no final tentou reagir, mas a reação não foi suficiente, e o set acabou em 25×22 para o time do ABC paulista.

O 2º set foi totalmente diferente do 1º, o time de Maringá começou o set encaixando seu jogo desde o começo e não deu a menor possibilidade para a equipe de Santo André reagir, fechando o set em 25×16, o placar refletiu o que foi o set, com imensa superioridade do time da casa.

No 3º set, o time do Purity/Cesumar também imprimiu seu ritmo mas acabou errando bolas bobas, mas nada que preocupasse a torcida, que viu o placar final do 3º set apontar 25×20 para o time da casa.

O 4º set, talvez seja o set mais bem jogado pelo time na Superliga até agora, salvando bolas impossíveis, não errando saques e conseguindo muitos contra-ataques e bloqueios, o time acabou fechando em 25×17. E fazendo 3×1 no jogo, e assim passando a equipe do ABC na classificação geral, agora o time ocupa a 12ª posição entre as 15 equipes que disputam a Superliga Masculina.

Os destaques do time maringaense foram o Gui, que hoje mostrou vontade e raça e foi o maior pontuador da equipe com 18 pontos, outro destaque foi André que recebeu o troféu Viva Vôlei de melhor em quadra e ainda anotou 15 pontos durante a partida.

Na próxima rodada o time maringaense vai até Bento Gonçalves, enfrentar o time da casa, num jogo que pode garantir a permanência na elite do voleibol brasileiro, dependendo dos resultados dos jogos de Foz e São Caetano, que enfrentam respectivamente, Fátima/UCS/Multisul em Caxias do Sul e o Universo/Uptime em Belo Horizonte. Em caso de derrotas das duas equipes e vitoria do time maringaense, as chances de rebaixamento serão quase nulas.

por Zuba Ortiz

Purity/Cesumar 3×2 São Caetano/Tamoyo

Jogando para um público de 900 pessoas, o time maringaense, começou o jogo de forma arrasadora, mas acabou deixando o ritmo cair e mais uma vez passou sufoco, mas venceu o lanterna da competição por 3 sets a 2 em 2 horas e 39 minutos.

No primeiro set, o time maringaense mostrou um voleibol de time grande com uma variação muito boa de jogadas, e a superioridade maringaense se refletiu no placar, o 1º set ficou em 25×13 para o Purity/Cesumar.

No segundo set, o time mostrou aquele famoso poder de reação e acabou fechando o set em 32×30, num set disputado e muito “catimbado” por parte do time do ABC, no final o time conseguiu encaixar o seu ritmo de jogo e fechou o set, dando a impressão de que o jogo seria 3×0 para a equipe local, mas doce ilusão.

Em um 3º set totalmente apático com uma reação no final o time não pode evitar a derrota por 25×23, levando o jogo para o 4º set.

No 4º set a história se repetiu, um bom início, uma queda de rendimento, e reação no final, mas não o suficiente para evitar a derrota no set, levando o jogo para o ainda preocupante tié-break

No 5º set, o que se viu foi uma equipe determinada e lutando a cada ponto pela vitória, o jogo permaneceu igual até o time do Purity/Cesumar conseguir fazer 9×7, depois disso, foi um teste pro coração do torcedor maringaense, que ainda tem certo trauma do 5º set, mas no final deu a lógica, o Purity/Cesumar venceu por 15×12, e deixou o time de São Caetano bem perto do rebaixamento, até por que o time da Uniamérica/Foz do Iguaçu venceu o Shopping ABC/ Santo André e continua apenas 1 pontos atrás da equipe maringaense.

Os destaques da partida foram Ricardo, que recebeu o troféu Viva Vôlei de melhor em quadra e anotou 22 pontos para o time maringaense e Thiagão que mais uma vez foi o maior pontuador do jogo com 32 pontos na partida sendo 3 deles em saque.

A equipe maringaense recebe no próximo sábado o Shopping ABC/ Santo André no ginásio Chico Netto às 19 horas, o time do ABC está apenas um ponto e uma posição na frente da equipe local, e o confronto será encarado como uma final pelas duas equipes.

por Zuba Ortiz