Penapolense faz 3 a 1 no Linense e afunda o rival

Jogando no Tenentão lotado, o Penapolense conseguiu um ótimo resultado, o time venceu o Linense por 3 a 1 e saiu da zona de rebaixamento do Paulistão e ainda empurrou o rival para a vice lanterna do estadual.

Os destaques da partida foram o meia Sérgio Mota – que deu dois passes para gol – e o atacante Crislan – que fez o terceiro gol, no momento em que o Linense pressionava em busca do empate.

CAP perde muitos gols, mas Diego Rosa abre o placar

Jogando com o apoio da torcida que lotou o estádio, o Penapolense atacou desde o primeiro minuto de jogo, e se mostrava disposto a decidir o jogo ainda no primeiro tempo. Antes de abrir o placar, o time criou várias chances de gol e pecou nas finalizações.

Mas aos 28 minutos, Diego Rosa recebeu cruzamento de Sérgio Mota e de cabeça, abriu o placar para o CAP. Enquanto isso, o Linense não se encontrava em campo e deixava espaços para o time da casa dominar todas as ações do jogo.

Mesmo depois de abrir o placar, o CAP buscava ampliar a vantagem e perdeu algumas chances antes do árbitro apitar o fim do primeiro tempo.

Samuel Pires aparece e Crislan define a vitória

O segundo tempo nem começou e o torcedor capeano soltou o grito de gol logo aos 2 minutos, depois de falta cobrada por Sérgio Mota, o zagueiro Luiz Gustavo tocou e fez o segundo do CAP.

Depois do segundo gol, o Linense cresceu e começou a criar chances para diminuir, em vários lances esbarrou na boa atuação de Samuel Pires. Mas aos 15 minutos, nem mesmo a boa defesa do goleiro, depois de chute de Bruno salvou o CAP, que viu William Pottker sozinho no rebote, diminuir a vantagem. Os jogadores do Penapolense reclamaram muito do lance, já que a cobrança foi rápida e pegou a zaga ainda se organizando.

Depois do gol, o Linense cresceu ainda mais e esbarrou em Samuel em algumas oportunidades. Foi aí que brilhou a estrela do técnico PC Gusmão e do atacante Crislan.

Aos 18, o time de Penápolis respondeu e mostrou que não deixaria a vitória em casa no clássico escapar. Depois de desvio de Diego Rosa, o goleiro Anderson não alcançou e Crislan completou para as redes, fazendo 3 a 1 e dando números finais à partida.

Próxima rodada e classificação

O Linense volta à campo no próximo sábado, para enfrentar o Bragantino, em Lins, às 18h30. Já o Penapolense terá pela frente o Botafogo de Ribeirão, fora de casa, na terça-feira, às 19h30.

Anúncios

Penapolense divulga lista de 23 jogadores para o Paulistão 2015

O Penapolense apresentou na última semana alguns jogadores que farão parte do elenco para a disputa do Paulistão 2015. Mas o elenco ainda não está completo, já que muitos dos nomes que vestirão a camisa do CAP em 2015 ainda estavam disputando a Série A e B do Campeonato Brasileiro. A lista divulgada pelo clube na última sexta-feira possui 24 nomes, faltando ainda 4 jogadores para completar os 28 que podem ser inscritos no Campeonato Paulista do ano que vem.

Confira a lista:

Goleiros: Leandro Santos (remanescente), Samuel (remanescente) e Cleiton (remanescente)

Laterais: Arnaldo (ex-Portuguesa), João Lucas (ex-Ponte Preta) e Dener (ex-Coritiba)

Zagueiros: Jailton (remanescente), Gualberto (remanescente), Malcon (ex-Paulista) e Léo (ex-Icasa)

Volantes: Gilmak (ex-Náutico), Fernando (remanescente), Diego Oliveira (ex-Cuiabá) e Jonatas (remanescente)

Meias: Wellington Bruno (ex-Fortaleza), Rafael Costa (ex-Criciúma), Sérgio Mota (remanescente) e Ronaldo Mendes (ex-Criciúma)

Atacantes: Arthur (ex-Paraná Clube), Crislan (ex-Náutico), Léo (ex-Corinthians), Alex Terra (ex-Ponte Preta e Bahia) e Diego Rosa (ex-CRB).

Pintado não continua no comando do Penapolense para a Série D

O torcedor capeano terá que se acostumar com a ideia de que boa parte dos jogadores que fizeram parte da histórica campanha no Paulistão 2013 não irão vestir a camisa do clube na Série D do Brasileirão. Além disso, a comissão técnica também deve ser outra, o técnico Pintado afirmou que a 2ª partida da final do Troféu do Interior vai marcar sua despedida do time de Penápolis.

“Só tenho a agradecer à diretoria que confiou no nosso trabalho e a esta torcida maravilhosa que nos acolheu muito bem. Tenho certeza que estou de partida, mas deixando as portas abertas. Por isso, sonho em me despedir com um título, que seria um feito histórico no clube”, afirmou Pintado em entrevista a um site.

O treinador chegou depois da demissão de Edison Só, em fevereiro, e fez sua estreia diante do São Paulo no Tenentão. E ficou marcado na história do clube depois de levar o time de Penápolis até as quartas-de-final do estadual.

Depois de ser sondado pelo Guarani e continuar em Penápolis, a expectativa era que o comandante fosse o responsável pela reformulação do elenco para a disputa da Série D. Pintado confirmou que já foi procurado por clubes da Série A e B e por clubes de fora do país – dos Estados Unidos e do México.

A última partida de Pintado no comando do Penapolense será sábado, às 18h30, contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli. Em caso de vitória, o treinador sai com a conquista do título do interior.

Além do treinador que se despede nesse sábado,  já deixaram o Penapolense: Silvinho que foi transferido para o São Paulo, Sérgio Mota e Jaílton que foram para o América-MG, Rodrigo Biro que acertou com a Ponte Preta, Guaru que vai para o Fortaleza e Marcelo que foi contratado pelo Paysandu, a lista deve aumentar ainda mais nos próximos dias.

Sérgio Mota e Baggio são os novos reforços do Penapolense

O Penapolense continua reformulando seu plantel, apesar do 9º lugar no Paulistão. Depois de anunciar a demissão de Edison Só e negociação de Viola e Francismar, o clube liberou também Didi e Tiago Gaspareto (que nem chegou a estrear). O último acertou com o CRB, de Alagoas.

Mas não é só de “dispensar” que vive o Penapolense, o clube também trouxe mais dois jogadores, o meia Sérgio Mota – que estava no Santo André – e Baggio – zagueiro que estava defendendo o Novo Hamburgo.

O Penapolense volta a campo no domingo, quando recebe o São Paulo, no Tenentão, às 18h30, em Penápolis.