Em casa, Penapolense perde para o São Bento e é rebaixado no Paulistão

Jogando no Tenente Carriço, o Penapolense recebeu o São Bento, em busca de uma vaga na próxima fase. Em paralelo, o time de Penápolis buscava também se manter na série A1 do Paulistão. O resultado porém foi vitória do time visitante por 1 a 0, com gol de Wanderson, combinado com as vitórias de Linense e Capivariano, decretou o rebaixamento do Penapolense.

São Bento joga bem e CAP não impõe seu ritmo

A partida começou equilibrada, com o São Bento jogando bem e mesmo sem chance de classificação ou lutando contra o rebaixamento, o time de Sorocaba dominou a primeira etapa.

Aproveitando os espaços pelo lado esquerdo, o time teve chance com Nilson, que chegou atrasado e por pouco não abriu o placar.

Precisando do resultado, o Penapolense  não conseguia acompanhar a equipe visitante e chegou pouco ao gol do adversário.

São Bento marca, Henao salva e CAP cai

No segundo tempo, o Penapolense voltou diferente e assustou logo no começo, com dois minutos, Sérgio Mota cobrou falta e obrigou Henao a fazer ótima defesa. Depois foi a vez de Crislan tentar e passar perto do gol do time de Sorocaba. Jogando sem preocupação, o São Bento assustou com Giovanni que obrigou Samuel a fazer ótima defesa.

Aos 11 minutos veio o balde de água fria, Wanderson aproveitou cruzamento e abriu o placar para o São Bento, deixando o CAP em situação complicada.

Depois do gol, o Penapolense partiu para o ataque em busca do empate, e acertou a trave com Sérgio Mota.  E o filme de terror para o torcedor penapolense piorou quando Léo Melo sentiu uma lesão e não pôde continuar em campo, deixando o time da casa com 10 jogadores.

Quando os alto-falantes do Tenentão anunciaram o gol do Linense, o time ficou tenso e partiram para o tudo ou nada. Crislan tabelou com Ronaldo Mendes e por pouco não empatou. Nos acréscimos, Henao apareceu de novo e evitou o empate, e decretou o rebaixamento dos comandados de PC Gusmão.

Classificação

Com a derrota, o Penapolense manteve os 15 pontos e ficou em 17º lugar no geral, um ponto a menos que o Linense, que se salvou do rebaixamento na última rodada. Já o São Bento chegou aos 21 pontos e ficou em 9º lugar, depois de uma série de 6 jogos sem perder.

Anúncios

Fora de casa, Penapolense perde para o Botafogo e se complica no Paulistão

Jogando em Ribeirão Preto, o Botafogo fez valer o mando de campo e venceu o Penapolense por 2 a 0, com gols de Eli Sabiá e Zé Roberto. Com o placar, o Botafogo abriu 5 pontos para a Portuguesa e está perto de garantir uma das vagas na Série D do Brasileiro, já o CAP busca a reabilitação na próxima partida, já que é a primeira equipe fora da zona de rebaixamento.

Botafogo domina e abre 2 a 0

O Botafogo jogando em casa fez o dever de casa e venceu o Penapolense – um concorrente direto na busca pela vaga na Série D. O primeiro gol saiu logo no começo da partida, com 3 minutos de jogo, o zagueiro Eli Sabiá aproveitou o escanteio e de cabeça, abriu o placar para o time da casa.

Com um gol logo no começo, o Penapolense teve que mudar seu estilo de jogo, e teve que partir para o ataque em busca do empate, deixando espaços para o time da casa, que perdeu boas chances nos contra-ataques.

Aos 30 minutos veio o castigo, depois de ir todo para o ataque, o Penapolense viu o atacante Henrique sair do campo de defesa e tocar para Zé Roberto, livre, fazer 2 a 0 para o Botafogo.

O técnico PC Gusmão mexeu no CAP ainda no primeiro tempo, colocando Crislan e Rafael Costa, mas o time pouco criou. A principal chance foi um chute de Rafael Costa que parou na boa defesa do goleiro.

CAP tenta, mas Botafogo se segura

Depois do intervalo, o Penapolense voltou diferente e tentava diminuir o placar. A primeira boa chance veio com Rafael Costa, em cobrança de falta. Na sequência, Giancarlo quase fez o terceiro do time de Ribeirão.

Diego Rosa também criou boa chance, mas bateu longe do gol de Renan Costa. Com o passar do tempo, o CAP foi cansando e o Botafogo voltou a dominar e por pouco não ampliou, primeiro com Wesley que parou na defesa de Samuel Pires.

A melhor chance do Penapolense no jogo aconteceu aos 35 minutos, quando Léo Melo bateu e a bola passou pelo goleiro, mas Roniery salvou em cima da linha. Depois do lance, o time de Penápolis tentou, mas não tirou o zero do placar.

Próxima rodada e Classificação

O Penapolense volta a campo na próxima sexta-feira (20), diante do Rio Claro, em casa, no Estádio Tenente Carriço. Já o Botafogo vai até Campinas enfrentar o Red Bull Brasil. O time de Penápolis é o quarto colocado no Grupo 4 com 9 pontos, já o Botafogo é o vice-líder do Grupo 3, com 15 pontos. Na classificação geral, o Fogo é o 8°, já o Penapolense é o 16°.

Debaixo de muita chuva, Penapolense empata com a Portuguesa

Jogando pela oitava rodada do Paulistão, a Portuguesa recebeu o Penapolense nesse sábado (7) e ficou no empate em 1 a 1. O jogo foi disputado na Arena Barueri, debaixo de muita chuva e algumas boas chances de gol dos dois times. No primeiro tempo o domínio foi da Lusa, com o gol de Léo Costa, ainda no começo da partida. Na segunda etapa, foi a vez do CAP partir para cima e empatar a partida com Léo.

Lusa domina e sai na frente

O Penapolense começou marcando em cima e dando poucos espaços para a Portuguesa tocar a bola. Essa boa marcação durou apenas 12 minutos, quando Betinho deu belo lançamento para Léo Costa, que livre de marcação bateu sem chances para o goleiro Samuel, fazendo 1 a 0 para a Lusa.

Depois de sofrer o gol, o Penapolense saiu para o jogo e deu espaço para a Lusa contra-atacar. E o time do interior ainda criou boas chances com chutes de fora da área, primeiro com Fernando e depois com Sérgio Mota. O destaque da Lusa passou a ser o goleiro Rafael Santos, que fez boas defesas.

A chuva aumentou e a Lusa tentou pressionar em busca do segundo gol, mas novamente esbarrou na boa marcação do time de Penápolis. Em outro lance muito discutido, Washington recebeu na área e foi derrubado por Valdomiro, mas o árbitro mandou seguir.

Léo aparece e o Penapolense empata

No primeiro minuto do segundo tempo, o atacante Léo recebeu ótimo lançamento, entrou na área e bateu para empatar o jogo. Com o gol de empate, o time do técnico PC Gusmão cresceu e começou a pressionar em busca da virada, mas esbarrou na boa atuação do goleiro Rafael Santos.

A Lusa chegou a buscar o gol e teve algumas chances, mas nenhum grande perigo, o Penapolense tentou o gol até o último minuto, mas esbarrou nas falhas de finalização de seus atacantes. No apito final, empate e 1 ponto para cada lado.

Classificação e Próximo Jogo

Com o empate, a Lusa foi a 11 pontos e continua na vice-liderança do Grupo 3, atrás do Palmeiras que já soma 18. Enquanto isso, o Penapolense chegou aos 6 pontos e está na 4ª posição do Grupo 4, atrás de Santos (17), Capivariano (9) e XV de Piracicaba (7).

As duas equipes voltam a campo na próxima terça-feira às 19h30, pela nona rodada, a Lusa vai até Piracicaba enfrentar o Xv, enquanto isso, o Penapolense faz clássico contra o Linense no Tenentão.