Maringá continua 100% no Estadual

Bom galera, depois de certo tempo, estou de volta, e pra variar vou falar um pouco da nossa equipe de vôlei, o time venceu os dois jogos contra Araucária e continua com 100% de aproveitamento na competição estadual, isso graças ao bom saque do time, que conseguir reverter um 5º set quase perdido no sábado (dia 5), e um 2º set totalmente apagado no domingo (dia 6), mas os jogadores mais experientes mais uma vez fizeram a diferença e acabaram colocando Maringá como líder isolado do estadual e com 100% de aproveitamento, agora com 6 vitórias em 6 jogos, contra 4 vitórias em 6 jogos de Araucária, que está na vice-liderança.

O time continua bem no estadual, mas na indefinição sobre a Superliga, alguns patrocínios já estão fechados, casos de Cesumar, Hotéis Elo e Unimed Maringá, o outro patrocinador que é o patrocínio mais forte ainda não foi fechado, e pode ser que seja um novo patrocinador e não o Purity (marca da Cocamar), mas o que existe até agora são apenas boas, duas grandes empresas também estão envolvidas nesses boatos, mas até agora pouco se sabe, mas os indícios de que Maringá continuará disputando a Superliga estão cada dia mais fortes.

Vou fazer agora um balanços dos jogadores que disputaram a última Superliga por Maringá, confira a lista, em ordem numérica:

1 – Dionísio – continua aqui
2 – Gui – tem proposta de Portugal
3 – Buticão – tá machucado, acho que tá parado
4 – Neguinho – pelo que eu to sabendo vai disputar o Eestadual “B” por Nova Esperança
5 – André Radtke – fechou com um time da Argentina
6 – Everton – continua aqui
7 – Kulaska – foi pro São Caetano
8 – Fernando – continua aqui, mas pode ir embora pra Europa
9 – João – também vai disputar o Estadual “B” por Nova Esperança
10 – China – tá em Blumenau
11 – Hudson (Tandão) – tá em BH
12 – Ricardo – foi pra Joinvile
13 – Dú – também vai disputar o Estadual “B” por Nova Esperança
14 – Rangel – continua por aqui.
15 – Juninho – não tenho noticias – ????
16 – Tarcisio – continua aqui
17 – Thiagão – foi pra Coréia
18 – Jean – tá no Pinheiros.

Bom, se eu conseguir mais alguma coisa sobre o time colocarei aqui, no sábado (dia 19) tem jogo entre Ciagym Maringá e Marechal Candido Rondon, e irei postar texto por aqui, vou reviver esse blog, que passou um certo tempo parado e que está ressuscitando aos poucos.

Obrigado a todo mundo que passa por aqui e acompanha o blog, mesmo ele estando parado por um tempo.

por Zuba Ortiz

Anúncios

Purity/Cesumar 1×3 Uniamérica/Foz do Iguaçu

Não foi a despedida que o torcedor maringaense esperava. Um time apático, cometendo erros primários, e um time de Foz jogando bem desde o começo. Esse foi o cenário visto por quem foi até o ginásio Chico Netto acompanhar o último jogo da Superliga deste ano.

Um time que nenhum torcedor no ginásio conseguiu entender, o time foi crescer apenas no 3º set, e mesmo assim, foi na base da superação. No 4º set, o time mostrou o desinteresse no jogo. Quando uma bola no fundo de quadra, com dois jogadores acompanhando e uma aposta no famoso “golpe de vista”. O resultado foi a “derrubada” do time no final do set e a vitória da equipe de Foz.

O primeiro set foi um set para ser esquecido, o time errou ataques bobos, queimou várias bolas de fundo, e tocou muitas vezes na rede, fazendo o time de Foz abrir uma boa vantagem no placar, que foi fechado em 25×19.

No segundo set novamente o time não se encontrou em quadra e mostrou novamente erros que não foram cometidos em nenhum outro jogo desta Superliga e o placar foi 25×21 novamente para a equipe de Foz.

O terceiro set foi bem disputado com o time maringaense abrindo vantagem apenas no final do set, e mesmo com um voleibol fraco e sem muito esforço, o time venceu o set e evitou uma derrota por 3×0 para a equipe de Foz que já estava rebaixada. No final do set o placar apontava 25×23 para a equipe do Purity/Cesumar.

O quarto set foi o reflexo de todo o jogo, um time sem muito esforço, mas que mesmo assim chegou a abrir 24×21 e acabou levando a virada depois de um “golpe de vista” que deu moral para a equipe do Uniamérica buscar o set e fechar em 27×25. Fazendo 3×1 no jogo.

Apesar da derrota, a equipe do Purity/Cesumar ficou com 36 pontos, na 13ª posição, uma posição acima da zona de rebaixamento, e a equipe de Foz mesmo com a vitória ficou na última posição com 34 pontos.

Apesar da desastrosa despedida, o saldo deste ano na Superliga foi positivo, afinal foram 8 vitórias e muitos jogos bons contra equipes maiores. Vale lembrar também que as duas derrotas pra Foz valeram a classificação para a segunda fase, já que o time chegaria a 38 pontos e teria um saldo de set melhor que do Universo/Uptime, equipe que ficou na 8ª posição.

Fica a sensação de dever cumprido, mas a despedida deixou uma má impressão de um time que foi aguerrido durante toda a competição mas que não teve uma despedida digna dos jogos que realizou durante a Superliga.

por Zuba Ortiz

Purity/Cesumar 2×3 Ulbra/Suzano

Um jogo emocionante, esse é o termo que melhor define o jogo deste sábado entre o Purity/Cesumar e Ulbra/Suzano.

O time maringaense, que contou com o apoio de mais de 1800 pessoas que lotaram o ginásio Chico Netto.

O 1º set foi bastante disputado, mas mais uma vez, o time do Purity/Cesumar demorou pra se encontrar no jogo, e conseguiu a reação mais pro final do set, mas não foi o suficiente para conseguir superar o time gaúcho que fechou o jogo em 27×25 em 35 minutos de jogo.

No 2º set, o time se encontrou em quadra e esteve o tempo todo a frente do time da Ulbra, e no final abriu 5 pontos de vantagem que foram mantidos até o final do set. 25×20 para o Purity/Cesumar em 30 minutos de jogo.

O 3º set foi disputado ponto a ponto, com destaque para as atuações de Thiagão e Fernando que fizeram a diferença e fecharam o 3º para o time do Purity/Cesumar por 25×23 em 35 minutos de jogo.

O 4º set teve um início arrasador do time da casa, mas depois o time vacilou em alguns detalhes e acabou tomando a virada já na parte final do jogo, fazendo o time gaúcho empatar o jogo em 2×2, e mais uma vez levando a partida pro tié-break, o placar do 4º set foi 25×22 para a Ulbra/Suzano.

No 5º set, as duas equipes estavam disputando ponto a ponto, até uma seqüência de erros da equipe maringaense, que custaram a vitória, no final os erros fizeram a diferença para a equipe gaúcha que fechou o jogo em 3 sets a 2 com 15×12 no tié-break.

Os destaques da partida novamente foram André e Thiagão. O maior pontuador da equipe de Maringá foi Thiagão com 24 pontos.

Na próxima rodada, o time do Purity/Cesumar vai até Florianópolis enfrentar o time do Cimed que é líder da competição, em mais um jogo que promete fortes emoções para a torcida maringaense.

A última rodada dessa 1ª fase será no dia 25/03 contra a equipe de Foz do Iguaçu que folgou nesta rodada.
Com a derrota, o Purity/Cesumar mais uma vez caiu e agora está na 12ª posição empatado com 33 pontos, 1 a menos que o 8º colocado que é a equipe FÁTIMA/UCS/MULTISUL.

Purity/Cesumar X Ulbra/Suzano  Purity/Cesumar X Ulbra/Suzano  Purity/Cesumar X Ulbra/Suzano  Purity/Cesumar X Ulbra/Suzano  Purity/Cesumar X Ulbra/Suzano  Purity/Cesumar X Ulbra/Suzano Purity/Cesumar X Ulbra/Suzano  Purity/Cesumar X Ulbra/Suzano  Purity/Cesumar X Ulbra/Suzano

por Zuba Ortiz

Purity/Cesumar 1×3 Sada Betim

Jogando no ginásio Chico Netto lotado com 1450 pessoas, graças a transmissão televisiva e a entrada ser um kilo de alimento, o time correspondeu, mas acabou sucumbindo diante de uma equipe que possui uma defesa mais bem armada.

Com o apoio da torcida a equipe maringaense não conseguiu repetir o jogo de quinta feira e acabou não mostrando um voleibol tão regular como o do meio da semana, e acabou perdendo o 1º set por 25×23, mostrando um vôlei de qualidade, mas com problemas na hora da recepção, o que acabou fazendo a diferença no set.

No 2º set, o time maringaense começou bem, mas acabou levando a virada do time do mineiro e perdeu o set em 25×22, deixando a impressão de que o jogo caminhava pra mais uma derrota por 3×0, repetindo o placar que aconteceu em Minas Gerais contra o Sada.

Porém, no 3º set, o time do Purity/Cesumar mostrou um voleibol acima da média e conseguiu imprimir seu ritmo desde o começo, e não deixou a virada acontecer, como ocorreu no set anterior e acabou fechando o jogo por 25×21, dando a impressão que chegaria com força total no 4º set.

No 4º set, o time não repetiu a boa atuação dos sets anteriores, e acabou errando muitos saques e recepções que fizeram com o que placar ficasse mais “dilatado” que os sets anteriores, o time mineiro acabou fechando em 25×18, e fez 3×1 no jogo.

Os destaques da equipe maringaense foram Thiagão com 25 pontos e Fernando com 10 pontos, sendo 5 deles de bloqueio.

A rodada foi péssima para a equipe maringaense, pois seus concorrentes diretos pelo rebaixamento venceram seus jogos e diminuíram a diferença, agora o time maringaense tem 24 pontos, Foz do Iguaçu tem 23 e São Caetano chegou aos 22.

Na próxima rodada, o time do Purity/Cesumar recebe o lanterna da competição o São Caetano/Tamoyo e precisa da vitória para afastar o fantasma do rebaixamento.

por Zuba Ortiz