Purity/Cesumar 2×3 Universo/Uptime

Depois de uma série de jogos fora de casa, o time maringaense do Purity/Cesumar voltou a jogar em casa diante do Universo/Uptime, e o time mostrou o poder de reação que todos os torcedores já estão acostumados, mas mostrou também que continua sofrendo da síndrome do tié-break, e dessa vez o time deixou o jogo escapar depois de perder o tié-break por 15×11.

No 1º set o time de Minas Gerais começou melhor e não deu chance de reação ao time da casa no decorrer do set, e acabou fechando o 1º set em 25×16.

Já o 2º set, foi marcado por um duelo ponto a ponto das equipes, com a vitória no final da equipe da casa, que desde o começo do jogo vinha sendo apoiada pela torcida que compareceu no ginásio Chico Netto.

O 3º set foi marcado por confusões aonde o jogador de número 9 da equipe do Universo/Uptime, Adriano, acabou reclamando e sendo expulso e arrumando briga com o jogador do Purity/Cesumar, Ricardo, mesmo assim a equipe visitante, venceu o 3º set por 25×23. Fazendo 2×1 no placar.

No 4º set, o time de Maringá foi superior durante todo o jogo e fechou o set até com certa facilidade, por 25×19. Dando a impressão que chegaria com moral para o tié-break, mas a história se repetiu pela 5ª vez nessa Superliga.

O time do Purity/Cesumar entrou no 5º set, perdido em quadra e deixou o time mineiro abrir 5×1 no placar, depois o time foi buscar a reação e chegou a fazer 13×11, deixando a torcida novamente animada, mas depois em dois erros “infantis” a equipe de Maringá saiu derrotada de quadra pela estréia nesse 3º torneio.

O próximo jogo da equipe será no sábado, dia 9 de fevereiro, contra o Telemig/Minas, que venceu hoje a equipe da Uniamérica/Foz do Iguaçu por 3×0 em Foz.

por Zuba Ortiz