Uma realidade nada animadora

Com o título desse post quero falar um pouco sobre o futebol de Maringá, esse mesmo, que vive muito mais de hipóteses e incertezas, de boatos e de “falação”!

Esse futebol que já venceu 3 campeonatos estaduais, venceu um “Robertinho” e venceu mais algumas competições, e que hoje depende de boatos, de espaços comprados em jornais e rádios, pra alimentar o desejo do maringaense em voltar a ter uma equipe de futebol da cidade, não estou menosprezado o Maringá Iguatemi (única equipe realmente na ativa da cidade), mas o próprio presidente durante o documentário sobre a história do futebol de Maringá afirma que não tem nenhum compromisso em resgatar as conquistas da cidade.

Acho que a principal diferença entre o Maringá Iguatemi e os outros clubes que querem “surgir” ou “ressurgir”, como vocês preferirem, é exatamente essa, não ficar se apoiando em glórias do passado que não tem nada a ver com o time que está tentando voltar, cobrando mais de 200 reais por uma peneira, anunciando amistosos “fantasmas” e coisas do tipo.

Não estou dizendo que o maringaense tem que apoiar o Maringá Iguatemi, estou apenas dizendo que ele é a ÚNICA certeza de futebol para esse ano de 2010, se isso é bom ou ruim, aí é outra história. Mas pelo menos, nunca vi ninguém desta equipe querer mudar pra preto e branco e dizer que é o novo Grêmio, ou que é o Grêmio tricampeão estadual, até porque esse Grêmio não existe, um dos Grêmios foi bi campeão, e na conquista do “tri-campeonato” era outro Grêmio.

Só por essas a gente percebe que podem entender muito de picaretagem, mas de história do futebol local sabem bem pouco, ou quase nada!

Pelo jeito, o que resta para o maringaense em 2010 é torcer pelo futsal do Ciagym ou pelo Maringá Iguatemi na 3ª divisão do estadual. OU melhor ainda, torcer por um milagre no futebol local!

Anúncios