Federação Paulista divulga fórmula e participantes da Copa Paulista 2017

xv.jpg

XV de Piracicaba foi campeão em 2016 e este ano abriu mão da competição (Foto: Divulgação)

A Federação Paulista de Futebol divulgou nesta sexta-feira (28), a fórmula de disputa e os participantes da Copa Paulista 2017. O último campeão – XV de Piracicaba – desistiu do torneio e preferiu focar na Série D do Campeonato Brasileiro. Repetindo o que aconteceu na edição de 2016, Santos e São Paulo vão participar da competição com times sub-20 ou sub-23.

Serão 7 clubes da Série A1, 7 clubes da Série A2 e 9 clubes da Série A3.

O regulamento prevê que os 23 clubes inscritos serão divididos em três grupos regionalizados, um com 7 equipes e dois com 8. Na primeira fase, os times jogam dentro do próprio grupo em jogos de ida e volta, os quatro melhores de cada grupo avançam para a próxima fase.

A segunda fase, contará com as 12 equipes divididas em 3 grupos de 4 clubes, as equipes se enfrentam em turno e returno e os dois melhores de cada grupo e os dois melhores 3º colocado passam para a terceira fase.

A partir da terceira fase, os clubes se enfrentam em sistema “mata-mata”, até a grande final, que tem data prevista para 19 de novembro e 26 de novembro.

Serão 26 datas com jogos que se iniciam em julho e tem previsão de término para novembro.

Confira os clubes confirmados na Copa Paulista 2017:

Água Santa
Atibaia
Audax
Desportivo Brasil
Ferroviária
Inter de Limeira
Juventus
Linense
Marília
Mirassol
Nacional
Noroeste
Penapolense
Portuguesa
Portuguesa Santista
Red Bull Brasil
Rio Branco
Santos
São Caetano
São Paulo
Taboão da Serra
Taubaté
Velo Clube

Penapolense goleia o Votuporanguense e dispara no Grupo 01

Na abertura da rodada do Grupo 01, o Penapolense recebeu o Votuporanguense no Tenentão e venceu por 4 a 0; com gol de Robert (2x), Caíque e André Cunha.

Com mais três pontos, o time de Penápolis disparou na liderança do grupo, abrindo 5 pontos do Votuporanguense, que ainda é vice-líder com 12 pontos. O estádio capeano recebeu mais de 1600 torcedores que apoiaram o time da casa.

SEM TEMPO PARA RESPIRAR

O Penapolense entrou em campo ligado em campo com 17 minutos já estava vencendo por 3 a 0. Aos 3 minutos, Robert aproveitou a falha da zaga e fez 1 a 0 para o time da casa. 9 minutos depois, Robert apareceu de novo e fez 2 a 0.

Aos 17 minutos, Caíque aproveitou o cruzamento e bateu sem chances, fazendo 3 a 0, sem chances para o goleiro do time visitante.

E o Penapolense só não ampliou o placar por conta da grande atuação de Gatti que fez pelo menos duas grandes defesas e evitou uma goleada ainda no primeiro tempo.

A única chance do Votuporanguense aconteceu aos 45 minutos, quando Paulo Josué recebeu dentro da área e bateu fraco para defesa de Renan.

CAP AMPLIA VANTAGEM

Na etapa complementar e com o resultado praticamente definido, o CAP tocou a bola e tentou explorar os contra-ataques, e para coroar a bela apresentação, André Cunha fez um belo gol aos 10 minutos, de cobertura, após perceber que Gatti estava adiantado.

Depois do 4º gol, o Penapolense diminuiu o ritmo e só administrou a partida, ainda assim, Pimenta quase fez o quinto, a bola passou rente a trave.

No final da partida, a torcida do Penapolense chegou a gritar olé quando a equipe da casa tocava a bola.

PRÓXIMOS JOGOS

O Penapolense volta a campo no dia 6, fora de casa, diante do Mirassol, às 20h00. Já o Votuporanguense entra em campo no sábado, às 15h00, em Marília para enfrentar o time da casa.

Fora de casa, Penapolense bate Catanduvense e continua invicto na Copa Paulista

O Penapolense continua em boa fase na Copa Paulista, o time venceu o Catanduvense por 1 a 0, no Estádio Silvio Salles, em Catanduva pela 9ª rodada da primeira fase. O gol do CAP saiu aos 5 minutos do primeiro tempo.

Com a vitória, o Penapolense chegou aos 14 pontos e se manteve na liderança do Grupo 1. Tem dois pontos de vantagem para o Votuporanguense, segundo colocado e próximo adversário. Já o Catanduvense continua com três pontos e em quinto lugar – fora da zona de classificação.

CAP sai na frente

O Penapolense começou a partida saindo para o ataque e não demorou para abrir o placar com Rafael, aos 5 minutos, depois de boa jogada, bateu forte e a boa passou por baixo do goleiro André, fazendo 1 a 0 para o time visitante. Depois do gol, o Catanduvense equilibrou as ações do jogo e tentou buscar o empate.

Catanduvense tenta, mas não consegue o empate

A Catanduvense tentou a jogada aérea com Leandro Love, mas encontrou dificuldades para sair da marcação do zagueiro João Victor. O CAP recuou e deu espaço para o time da casa.

Apostando no contra-ataque, o time teve duas boas chances com André Cunha, que invadiu a área e bateu por cima do gol.

O Catanduvense chegou a marcar o gol de empate com Fabinho, mas o bandeira assinalou impedimento do jogador. O time da casa ainda tentou furar a retranca do CAP, mas esbarrou em uma partida muito boa defensivamente.

Próximos jogos

O Catanduvense volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Marília, às 16 horas, no Estádio Bento de Abreu, fora de casa. No sábado, o Penapolense recebe o Votuporanguense, às 18h30, no Estádio Tenente Carriço, em Penápolis.

De virada, Penapolense bate Marília e mantém liderança na Copa Paulista

O Marília recebeu o Penapolense no estádio Bento de Abreu neste sábado e acabou derrotado por 2 a 1, de virada, pela 7ª rodada da Copa Paulista. O MAC saiu na frente no primeiro tempo e teve um pênalti desperdiçado, no segundo tempo, o CAP virou justamente numa cobrança de pênalti, no final da partida. Com a vitória, o Penapolense abriu vantagem na liderança do Grupo 1, com 11 pontos, mantendo 3 pontos sobre o Mirassol. Já o MAC continua na lanterna, sem vencer, com apenas 1 ponto somado.

MAC sai na frente e perde penalti

Em casa, o Marília entrou com vontade de vencer e conseguiu fazer um primeiro tempo melhor que o CAP. Aos 28 minutos, Luciano Gigante recebeu a bola e não perdeu a chance de abrir o placar, fazendo valer a lei do ex.  Aos 40 minutos, Raul cruzou da esquerda para Luciano Gigante que foi tocado por Léo, dentro da área. Douglas foi para a cobrança, mas parou em Samuel Pires, que fez ótima defesa. Depois da defesa, o CAP cresceu na partida, mas continuou vendo Samuel Pires fazer defesas e salvar o time visitante.

Penapolense vira com pênalti no final

O jogo começou a mudar na segunda etapa, enquanto o MAC tentava se fechar para garantir o resultado, o Penapolense partiu para o ataque. O time visitante apostava nas jogadas aéreas e tentou diversas vezes até que aos 33 minutos, João Victor acertou uma cabeçada e empatou o jogo.

Depois do gol, o Marília se perdeu e o CAP cresceu na partida; aos 41 minutos, a bola pegou na mão do defensor e o árbitro marcou pênalti. A cobrança foi de André Cunha que não perdeu a chance e virou a partida para o Penapolense.

Próximos Jogos

As equipes do Grupo 1 estarão de folga na próxima rodada, mas voltam na 9ª rodada. O Penapolense enfrenta o Catanduvense, fora de casa, no sábado 20 de agosto, no Silvio Salles. Já o MAC vai até Olímpia enfrentar o time da casa, no domingo, às 10h00.

Penapolense empata com Olímpia e mantém liderança do Grupo 1

O time de Penápolis perdeu a chance de se isolar na liderança, neste sábado, o time empatou com o Olímpia no Tenentão. O time da casa abriu o placar com André Cunha e sofreu o empate nos minutos finais da partida com Robinho. O Penapolense continua na liderança do Grupo 1, com oito pontos em 4 jogos, com o Votuporanguense na cola, com 6 pontos. Enquanto isso, o Olímpia também chegou aos 6 pontos, mas está em terceiro por conta do saldo de gols.

Penapolense sai na frente

Com a partida bastante disputada, os dois times se estudaram bastante no meio campo, em busca de espaços para chegar bem em busca do gol. O Penapolense abusava das jogadas aéreas, já o Olímpia se defendia bem e buscava os contra-ataques em velocidade.

A primeira chance clara só aconteceu aos 35 minutos, quando Cassinho bateu de fora da área e Mumu fez boa defesa.

O primeiro gol saiu aos 43 minutos, quando Fio recebeu dentro da área e bateu forte, o goleiro Mumu deu rebote e André Cunha chegou para empurrar para o fundo das redes. Depois do gol, o time visitante partiu em busca do gol, mas o CAP soube segurar o resultado.

No final, Olímpia consegue o empate

No segundo tempo, o Penapolense continuava melhor e criando boas chances de gol, enquanto o time visitante se defendia e buscava velocidade para chegar ao gol do CAP, mas não tinha muito sucesso.

Aos 22 minutos, Fio ficou perto de fazer 2 a 0, o atacante recebeu ótimo lançamento e bateu forte, mas o goleiro fez ótima defesa.

Apesar das poucas chances, o Olímpia conseguiu o empate aos 39 minutos, Marcos Bahia arriscou de fora da área, o goleiro Samuel Pires deu rebote e a bola sobrou para Robinho que não desperdiçou e empatou a partida.

No fim da partida, as duas equipes estavam em busca da vitória, mas não conseguiram tirar o empate do placar.

Próximos jogos

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, para a disputa da sétima rodada do Grupo 1. Às 10 horas da manhã, o Olímpia recebe o Votuporanguense, no Estádio Maria Tereza Breda. Já a tarde, às 16h00, o Penapolense encara o Marília, fora de casa, no Bento de Abreu.

André Cunha marca e garante a vitória do Penapolense diante do Mirassol

13692764_1444916385523861_5200364305762529713_o

André Cunha foi o nome do jogo e mais uma vez foi decisivo para o Penapolense (Foto: Silas Reche/C.A. Penapolense)

Pela quarta rodada da Copa Paulista, o Penapolense recebeu o Mirassol no Tenente Carriço. O time da casa venceu por 1 a 0, com gol de André Cunha e continua na liderança do Grupo 1. O CAP continua invicto, com duas vitórias e um empate, somando 7 pontos. Já o Mirassol continua sem vencer e é o 4º colocado, com dois pontos.

MUITA VONTADE E POUCAS CHANCES

Com muita vontade e com um ritmo forte, Penapolense e Mirassol fizeram um primeiro tempo equilibrado, com o time da casa com mais posse de bola e o visitante buscando chances em erros do adversário.

Com muitas faltas e poucos lances de perigo, o melhor momento da primeira etapa foi uma cabeçada de André Cunha, que parou em ótima defesa do goleiro do Mirassol.

PENAPOLENSE TENTA ATÉ ABRIR O PLACAR

Diferente do primeiro tempo, o Mirassol adiantou a marcação e teve a primeira chance de perigo. Alex Reinaldo acertou um belo chute, obrigando Samuel a fazer boa defesa.

Na sequência, André Cunha apareceu bem e por pouco não abriu o placar, mas a bola desviou na zaga e foi para fora.

E de tanto tentar, André Cunha conseguiu abrir o placar aos 9 minutos, depois de cruzamento de Fio, fez a finta no zagueiro e bateu para marcar 1 a 0 para o CAP.

Depois do gol, o Penapolense continuou apertando e acertou o travessão aos 35 minutos.

PRÓXIMOS JOGOS

Pela 6ª rodada, o Penapolense recebe o Olímpia, no Tenentão, no sábado, às 18h30. Já o Mirassol joga em casa diante do Marília, na terça-feira (02/08), às 20h.

No sufoco, Penapolense vence o Catanduvense pela estreia da Copa Paulista

cap_Fotor

Penapolense venceu o Catanduvense na estreia com gols de Fio e Gilsinho (Foto: Silas Reche/C.A. Penapolense)

Na estreia do Penapolense na Copa Paulista, o time da casa recebeu o Catanduvense no Tenente Carriço e conseguiu uma importante vitória por 2 a 1, com gols de Fio e Gilsinho; Fabinho descontou para o Catanduvense. Apesar dos 3 pontos, o time de Penápolis levou um sufoco no final, com direito a bola na trave.

CAP sai na frente e domina o 1º tempo

Jogando em casa e querendo os 3 pontos, o Penapolense partiu para o ataque e por pouco não abriu o placar no começo do jogo com Fio, que parou em ótima defesa de Wendel.

Na segunda chance, o atacante do CAP não bobeou e abriu o placar, André Cunha fez ótima jogada e tocou para Fio, que bateu sem chances para Wendel, fazendo 1 a 0.

Depois do gol, o time visitante foi em busca do empate e deixou espaços para o CAP. A melhor chance antes do intervalo saiu e novo dos pés de André Cunha, que bateu falta e viu Fio obrigar Wendel a novamente salvar o Catanduvense.

Catanduvense empata, mas CAP consegue a vitória

Depois do intervalo, o Catanduvense voltou melhor e aproveitou a chance para empatar a partida logo aos 4 minutos. Tabarana cobrou falta, Samuel Pires espalmou, o rebote ficou com Leandro Love que acertou a trave, na terceira chance, Fabinho empurrou para as redes fazendo 1 a 1.

10 minutos depois, Carlinhos perdeu a bola no meio-campo para Fio, que puxou o contra-ataque e tocou para Gilsinho fazer 2 a 1 para o Penapolense.

Aos 28 minutos, Rufino foi expulso após receber o segundo amarelo depois de fazer falta dura no meio campo, deixando o Catanduvense com 10 jogadores.

Depois de um pé alto de André Cunha, o Catanduvense teve a chance de empatar em falta em dois lances que Fabinho acertou o travessão.

Próximo Jogos

O Penapolense volta a campo no próximo sábado contra a Votuporanguense, às 15 horas, em Votuporanga. No mesmo dia, o Catanduvense recebe o Marília, no Silvio Salles, em Catanduva às 16h00.